Atentado do Daesh em santuário xiita no Iraque faz pelo menos 30 mortos

Novo atentado do grupo terrorista em território iraquiano, desta vez na zona de Balad, fez pelo menos 30 mortos.

Pelo menos 30 pessoas morreram e 70 ficaram feridas num atentado suicida num santuário xiita a norte de Bagdade, disseram hoje as forças de segurança iraquianas.

O ataque foi feito com bombistas suicidas, armas de fogo e morteiros, segundo um comunicado do comando das forças de operações conjuntas do Iraque, citado pela AFP.

O Estado Islâmico já reivindicou o atentado através da agência Amaq, fortemente ligada ao grupo extremista.

O ataque coincide com a celebração do Aid al Fitr pelos muçulmanos, que marca o fim do mês sagrado do Ramadão, que terminou na terça-feira.

O santuário situa-se na zona de Balad, cerca de 70 quilómetros a norte de Bagdad, onde, no domingo passado, um atentado numa zona comercial fez 292 mortos e mais de 200 feridos.

Este foi o maior atentado dos últimos anos no Iraque e foi também reivindicado pelo grupo terrorista Estado islâmico.

Mais de 400 pessoas morreram este ano em atentados ocorridos durante o período do Ramadão, o mês sagrado muçulmano que se iniciou a 6 de junho e foi um dos mais sangrentos dos últimos anos.

Apenas na última semana registaram-se ataques em Bagdad, Istambul, Daca e nas cidades sauditas de Medina, Jeddah e Qatif.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Robôs substituem estudantes em cerimónia de graduação no Japão

Impedidos de estarem na sua cerimónia de graduação por causa do novo coronavírus, estudantes japoneses marcaram presença com a ajuda de robôs. Com as universidades fechadas devido à pandemia de covid-19, muitos foram os estudantes universitários …

Governo flexibiliza prescrição eletrónica de medicamentos

Esta quinta-feira, foi publicado em Diário da República o decreto-lei que cria o regime excecional de prescrição eletrónica de medicamentos durante o estado de emergência. O Governo criou um regime excecional de prescrição eletrónica de …

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …

Linhas de crédito alargadas a todos os setores de atividade

O Governo alargou os apoios "à globalidade do tecido empresarial", nomeadamente aos setores do comércio e serviços, dos transportes, do imobiliário, da construção, indústrias extrativas e transformadoras. As linhas de crédito lançadas pelo Governo para apoiar …