Ateus consideram viagem de Marcelo ao Panamá “atentado à neutralidade religiosa do Estado”

Paulo Novais / Lusa

A Associação Ateísta Portuguesa garante que respeitaria a deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa caso esta tivesse sido realizada “a título particular e a expensas próprias”.

A Associação Ateísta Portuguesa (AAP) repudiou este domingo a deslocação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, à Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, considerando “um grave atentado à neutralidade religiosa do Estado laico”.

“A título particular e a expensas próprias, caberia a esta Associação respeitar e ignorar tamanha devoção”, lê-se num comunicado citado pela Lusa.

“Participar em jornadas da Juventude, onde manifestamente a idade não o recomenda, ir à missa e assistir à benzedura de um templo católico, é um assunto que a AAP ignoraria se o enviado fosse um membro da Conferência Episcopal, mas que considera um grave atentado à neutralidade religiosa do Estado laico, quando perpetrado pelo Presidente da República.”

Em comunicado, a associação refere ainda que tomou conhecimento da deslocação ao Panamá, durante três dias, para participar na JMJ, assistir a uma missa papal e estar presente na bênção da restauração de um edifício religioso.

O anúncio na página oficial da Presidência da República, adianta a AAP, “convenceu a associação de que é de caráter oficial a viagem, atitude que, a ser assim, merece o seu maior repúdio por ser em representação do país”.

A Associação Ateísta Portuguesa afirma que não se revê nas frequentes manifestações de fé que o Presidente da República explicita publicamente e “lamenta a reincidência de Sua Excelência em manifestações pias, que ofendem gravemente a laicidade do Estado comprometem a neutralidade religiosa a que Constituição obriga”.

“Sem perda do respeito que é devido ao PR, a AAP sente-se profundamente ofendida quando vê o PR de joelhos ou curvado perante o clero de qualquer religião. O país não é um bando de beatos e não merece tal ofensa” acrescenta a associação em comunicado.

O presidente da República deslocou-se ao Panamá para participar nas XXXIV Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), a convite do seu homólogo panamiano Juan Carlos Varela.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Marcelo Rebelo de Sousa claramente não tem noção de que ao participar num evento religioso em representação de um estado laico, está a violar a própria constituição. Portugal não é uma teocracia, e voltar a viver na idade das trevas não interessa a ninguém, independentemente das pessoas serem religiosas ou não. Basta pesquisar os factos históricos, em que mesmo dentro da religião católica, muitas pessoas foram queimadas nas fogueiras, apenas por expressarem uma opinião diferente dos teocratas dominantes. Eu prefiro um estado laico que proteja todos os cidadãos e não favoreça qualquer religião ou falta dela. E você?

    • Não defendo os erros da igreja, abomino fundamentalistas, sejam eles de que religião ou ideologia forem,
      mas acredito que este papa tem feito um bom trabalho no caminho da paz entre as nações, e isso deveria ser o mais importante, para todos, católicos ou não.
      Convites à Paz, à União, não ao racismo religioso ou de outro tipo qualquer.
      Participaria sim, tal como o Presidente, porque não?

  2. Pior do que isso foi ver as declarações do Marcelo, todo contente por ver a máfia da Igreja Católica a escolher Portugal para vir espalhar a sua propaganda e com a vinda do Papa – mais esse prejuízo para os portugueses, quando ainda estamos a pagar a sua última visita (que nos custou uns bons milhões e dava, por exemplo, para fazer uma nova ala do IPO)!…
    Esses parasitas da Igreja, não pagam impostos e ainda tem apoio do Estado para enganar o povo!…
    O pior é que estamos em 2019 e ainda há que acredite nessas estorias da carochinha!….

  3. Portuga antes de mais é e sempre foi um país católico desde a sua fundação que uma pequena minoria quer transformar num estado laico ou ateu. Assim se o presidente representa todos os portugueses o Marcelo foi na representação da grande maioria da nação católica que o elegeu para o cargo.

    • Em que ficamos? “Representa todos os portugueses” ou “representa a maioria da nação católica”? É que nem ele me representa, nem eu sou católico… E que maioria católica é essa? Quantos são? Existem estatísticas? Mas mesmo assim, ele deveria ter ido a expensas pessoais e não como PR de um Estado laico, quer os beatos gostem ou não. Esta viagem por conta dos contribuintes portugueses, foi ao arrepio da Constituição da República Portuguesa e sendo ele um Professor de Direito e PR, deveria saber disso melhor que ninguém…

Responder a Ana Cancelar resposta

Aeronave autónoma é uma alternativa acessível aos satélites (e já fez o seu primeiro voo)

A empresa Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA, desenvolveu uma alternativa acessível aos satélites: uma aeronave autónoma de alta altitude e longa resistência. Já nasceu a alternativa acessível aos satélites: chama-se …

Reservas naturais chinesas salvaram os pandas da extinção (mas "esqueceram-se" dos leopardos)

Uma nova investigação revela que os esforços da China para salvar os pandas gigantes foram bem sucedidos, mas os mesmos falharam na proteção de outros animais que partilham o mesmo habitat, como é o caso …

Comunidade científica critica Trump por dizer que NASA estava "morta"

Na quarta-feira, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou no Twitter que "a NASA estava fechada e morta" até que o próprio fez com que voltasse a funcionar, afirmação que gerou consternação na …

É "bastante provável" que chegue à Europa uma Cybertruck de menores dimensões

É "bastante provável" que uma Cybertruck de menores dimensões venha a ser produzida e chegue depois ao mercado europeu, revelou Elon Musk, CEO da Tesla, empresa que produz estas pickups elétricas. Questionado na rede social …

Mais seis mortos e 131 novos casos em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais seis mortos e 131 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. O número de pessoas internadas é de 366, mais nove …

"Erro" do Instagram favoreceu conteúdo de Trump face ao de Biden

Um "erro" da rede social Instagram favoreceu durante dois meses o conteúdo gerado pela campanha de reeleição do atual Presidente norte-americano, Donald Trump, quando comparado com as publicações de Joe Biden, candidato democrata que está …

Fotografia partilhada nas redes sociais levou à suspensão de alunos nos Estados Unidos

Pelo menos dois alunos da North Paulding High School, no estado da Georgia, dizem ter sido suspensos depois de terem partilhado nas redes sociais uma fotografia na qual é possível ver um corredor da escola repleto …

Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha

Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Os últimos números de casos e óbitos registados devido a Covid-19 …

Turistas voltam a viajar, mas optam pelo low-cost

Mesmo num contexto de pandemia mundial o desejo de ir de férias continua vivo. Os turistas voltaram a procurar voos, contudo as opções recaem em percursos de curta distância e mais económicos. Ao longo dos últimos …

Ventura anuncia recandidatura ao Chega e só sai do parlamento quando “metade daquela esquerda" sair

André Ventura anunciou esta noite a recandidatura à liderança do Chega, numa cerimónia em Leiria em que disse que só vai sair do parlamento “quando metade daquela esquerda sair”. “Estamos a fazer uma revolução democrática e …