Ataque químico em Ghouta foi encenado, diz general russo

Mohammed Badra / EPA

Numa conferência de imprensa, o general do Estado-maior russo, Viktor Poznikhir, acusou a oposição de ter encenado o ataque com armas químicas contra Douma.

O general russo Viktor Poznikhir afirmou esta quarta-feira que a situação em Ghouta Oriental, último grande bastião rebelde na Síria, “está completamente estabilizada” e acusou a oposição de ter encenado o alegado ataque com armas químicas contra Douma.

“As forças armadas russas estão a concluir a sua operação humanitária maciça conjuntamente com as forças governamentais sírias” na região, disse o general do Estado-Maior russo numa conferência de imprensa.

Poznikhir disse que os últimos combatentes rebeldes “estão neste momento a sair de Douma” e “não houve nenhum disparo ou confronto nos últimos cinco dias” em toda a região de Ghouta, nos arredores de Damasco. No total, 41.213 pessoas, incluindo 3.354 rebeldes e 8.642 familiares de rebeldes, deixaram Douma com a ajuda das forças russas, afirmou.

Nesta fase, precisou, a partir de quinta-feira, a Rússia vai destacar as suas unidades de polícia militar para Douma para garantir a segurança da cidade. “Uma unidade da polícia militar russa vai ser destacada a partir de quinta-feira para garantir a segurança, manter a ordem e organizar a assistência aos habitantes de Douma”, disse.

O general disse por outro lado que o ataque químico contra Douma, que a oposição e países ocidentais atribuíram às forças do regime, foi “encenado para as câmaras” pelos “capacetes brancos”, organização de voluntários que resgata vítimas das zonas controladas pelos rebeldes.

“Operando exclusivamente nas fileiras dos terroristas, os capacetes brancos encenaram mais uma vez para as câmaras um ataque químico contra civis na cidade de Douma”, disse o general numa conferência de imprensa. Segundo Poznikhir, oficiais russos recolheram amostras em Douma nas quais não foi detetado qualquer vestígio de um ataque químico.

Segundo Poznikhir, oficiais russos recolheram amostras em Douma, nas quais não foi detetado qualquer vestígio de um ataque químico.

Além disso, afirmou, médicos de um hospital local disseram aos comandantes russos que não trataram nenhuma vítima do alegado ataque e residentes de Douma disseram-lhes não ter tido conhecimento de qualquer funeral de vítimas de um ataque químico.

O general insistiu que as alegações contra as forças sírias são “falsas” e repetiu a disposição da Rússia para garantir a segurança de peritos independentes que se deslocam à zona para investigar o ataque.

500 pessoas com sintomas de exposição a ataque químico em Douma

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, citada pela TSF, 500 pessoas apresentaram sintomas consistentes com a exposição a ataques químicos.

A OMS condenou o alegado ataque químico do regime de Assad e pediu acesso imediato a Douma para assistir as vítimas. O regime sírio é acusado de ter usado armas químicas em ataques no sábado na cidade de Douma, nos arredores de Damasco.

No entanto, o regime de Assad continua a negar o uso de qualquer arma química. A OMS citou relatórios que confirmam a morte de, pelo menos, 70 pessoas devido à exposição a elementos químicos.

À BBC, Peter Salama, da Organização Mundial de Saúde, exigiu “com caráter imediato o acesso irrestrito aos afetados, de forma a avaliar os impactos na saúde e fornecer uma resposta abrangente de saúde pública”.

Casa Branca desmente iminência de ataque: “Há outras opções”

Depois de na terça-feira, Donald Trump ter ameaçado a Rússia dizendo que os mísseis “suaves, novos e inteligentes” estavam a chegar à Síria, o Presidente dos EUA veio agora afirmar que tem “outras opções” em cima da mesa.

Assim, a Casa Branca desmente a iminência de um ataque, que levou até a Rússia a dizer estar pronta para abater qualquer míssil dos Estados unidos que tenha como destino o território sírio.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, assegurou que os mísseis “não são a única opção. Há outras sobre a mesa”.

Sanders assegurou ainda que o Presidente não estabeleceu uma “janela de tempo” concreta e sublinhou que durante a manhã Trump reuniu-se com os seus conselheiros de Segurança para estudar todas as “possibilidades”.

Rússia anuncia que as tropas sírias controlam a cidade de Douma, na Síria

O ministério da Defesa da Rússia anunciou que o exército sírio tomou o controlo total de Douma, a maior cidade de Ghouta Oriental e última fortaleza dos rebeldes na periferia de Damasco.

Em comunicado, o ministério da Defesa destaca que “a partir de hoje vão estar na cidade unidades da polícia militar das Forças Armadas da Rússia”. Na nota é também referido que a polícia militar russa, é “garante da preservação da ordem pública na cidade” da Síria.

Os “últimos rebeldes” da cidade de Douma, último reduto dos arredores de Damasco, depuseram as armas e o líder do grupo Jaich al-Islam abandonou a zona dirigindo-se para o norte do país, indica uma organização não-governamental.

“Os combatentes do grupo Jaich al-Islam entregaram as armas à Polícia Militar russa hoje em Douma”, refere o Observatório Sírio dos Direitos do Homem. O líder do grupo, Issam Bouwaydani, saiu da zona e dirige-se para o norte da Síria.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Então tiveram de Usar bastantes figurantes para esta encenação: 500 pessoas!
    Por ventura, até deve de ter estado lá algum realizador de cinema famoso! Mas, deve de ser russo ou sírio!

RESPONDER

Os antigos egípcios tinham um segredo para fazer pão. Milénios depois, eis a receita

Ninguém sabia como é que os antigos egípcios faziam pão, até uma investigadora ter posto – literalmente – as mãos na massa e descoberto qual era o seu segredo. "A produção de pão no Egito faraónico …

Afinal, Messi pode mesmo ficar em Barcelona

O internacional argentino Lionel Messi, que no verão passado admitiu publicamente que queria deixar o FC Barcelona, poderá continuar no clube. A informação é avançada este sábado pelo jornal espanhol Marca, que dá conta que …

Governo vai começar a executar o PRR pela área da saúde e apoio aos idosos

O Governo quer começar a executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) pela área da saúde e combate às vulnerabilidades sociais. Em declarações ao jornal Público, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira …

Testes alargados a todas as escolas e passam a contemplar amostras de saliva

Os testes ao novo coronavírus vão abranger todas as escolas de Portugal continental e contemplar a amostra de saliva para a realização dos rastreios laboratoriais, segundo a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) …

Poeira de asteróide encontrada na cratera Chicxulub encerra caso da extinção dos dinossauros

Uma equipa de investigadores acredita ter encerrado o caso da extinção dos dinossauros após ter encontrado poeira de asteróide na cratera que Chicxulub terá criado há 66 milhões de anos. Desde os anos 1980 que a …

CDS recebeu com "alegria e entusiasmo" candidatura de Moedas a Lisboa

O presidente do CDS-PP afirmou, esta sexta-feira, que o partido recebeu com "grande alegria e entusiasmo" a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, considerando que é "um nome forte" e uma "ótima notícia" …

Nem Pote, nem Porro. As estatísticas mostram que Manafá tem sido o melhor em Portugal

O índice de desempenho de uma ferramenta de scouting usada por grandes clubes europeus aponta Wilson Manafá como o jogador em melhor forma da Liga NOS. Não é tecnicamente dotado, nem um favorito dos adeptos. O …

TAP avança com lay-off de um ano a partir de segunda-feira

A TAP vai avançar com um processo de lay-off clássico, que passará por uma redução dos períodos normais de trabalho ou suspensão de contratos, a partir da próxima segunda-feira e durante 12 meses. De acordo com …

Os tigres estão em risco e podem precisar de um "resgate genético"

Os tigres estão sob ameaça e um novo estudo sugere que estes felinos podem precisar de um "resgate genético". O acasalamento entre diferentes subespécies é uma opção. Fragmentação do habitat, conflito entre humanos e vida selvagem, …

Há estranhas nuvens que brilham à noite (e já sabe o que são)

Uma equipa de cientistas usou um pequeno foguete lançado pela NASA para estudar a natureza de um tipo indescritível de nuvens que brilham no escuro, criando uma artificialmente. Desde o final dos anos 1800 que …