Há luas que fogem dos seus planetas (e a nossa pode fazer o mesmo)

Uma equipa internacional de investigadores propôs um novo tipo hipotético de mundo chamado “ploonet”: uma antiga lua que escapou da órbita do planeta hospedeiro e começou a circundar a sua estrela hospedeira.

Os cientistas já tinham proposto o termo “lua-lua” para descrever luas que podem orbitar outras luas em sistemas solares distantes. Agora, outra equipa de cientistas deu o nome de “ploonet” para luas de planetas gigantes que orbitam estrelas quentes. Sob certas circunstâncias, estas luas abandonam as órbitas, tornando-se satélites da estrela hospedeira. A lua “desencaixa-se” e tem uma órbita como a de um planeta.

Ploonets ainda não foram detetados. Mas podem produzir assinaturas que os telescópios caçadores de planetas poderiam identificar, de acordo com o novo estudo publicado a 27 de junho no arXiv.

Para o estudo, os cientistas criaram modelos de computador para testar cenários que poderiam transformar uma lua em órbita num ploonet em órbita. Os astrónomos descobriram que, se uma lua está a circundar um tipo de exoplaneta conhecido como “Júpiter quente” – um enorme gigante de gás perto de uma estrela – a ligação gravitacional entre estrela e planeta poderia ser suficientemente poderosa para arrancar a lua do seu planeta.

Orbitar uma estrela próxima seria stressante para um pequeno ploonet. A sua atmosfera poderia evaporar-se e o mundo perderia parte da sua massa, criando uma assinatura distinta na luz emitida pela vizinhança da estrela Essa é a assinatura que os telescópios podem detetar.

De facto, observações recentes de misteriosas emissões de luz em redor de estrelas quentes distantes poderiam ser explicadas pela aparição e mortes prolongadas de ploonets rebeldes.

Alguns poderiam sustentar as suas órbitas durante centenas de milhões de anos. Ao acumular material do disco de poeira e gás ao redor da sua estrela, um ploonet poderia até mesmo construir o seu corpo até que eventualmente se tornasse um pequeno planeta.

No entanto, a vida da maioria dos ploonets seria relativamente curta. A maioria dos objetos simulados desapareceu num milhão de anos, nunca tendo chegado a tornar-se num planeta. Em vez disso, desintegraram-se durante colisões com os seus ex-planetas, foram devorados por estrelas em atos de “canibalismo planetário” ou foram ejetados da órbita para o espaço.

A equipa acredita, de acordo com o Futurism, que os ploonets poderiam explicar vários fenómenos astronómicos incomuns. A água de uma lua gelada pode evaporar à medida que escapa da órbita do seu planeta e move-se em direção à sua estrela, por exemplo, dando ao ploonet uma cauda de cometa. A passagem do tal ploonet através da sua estrela pode explicar por que algumas estrelas parecem piscar.

Enquanto isso, um ploonet que eventualmente colidiu com seu antigo hospedeiro poderia criar detritos que poderiam explicar os estranhos anéis encontrados em torno de alguns exoplanetas. “Essas estruturas [anéis e cintilação] foram descobertas, foram observadas”, disse o investigador Mario Sucerquia ao Science News. “Acabámos de propor um mecanismo natural para as explicar”.

A nossa Lua é uma boa candidata a tornar-se um ploonet, uma vez que se afasta da Terra quatro centímetros por ano. Por outro lado, se o ritmo se mantiver constante, o nosso satélite não se soltará da órbita da Terra durante pelo menos 5 mil milhões de anos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Nada me admira que com tanta porcaria que por cá se faz que a nossa Lua comece a andar com a lua e se safe daqui para fora!

RESPONDER

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …