Asteróide semelhante ao Apophis vai passar pela Terra esta quinta-feira

Um asteróide com cerca de 330 metros de diâmetro, três vezes mais que um campo de futebol, vai aproximar-se da vizinhança da Terra esta quinta-feira a uma velocidade de 40.800 quilómetros por hora.

O asteróide, chamado 2008 A KV2, vai passar a uma distância de 6,7 milhões de quilómetros (17 vezes o que nos separa da Lua). Embora seja considerado potencialmente perigoso, não representa uma ameaça para Terra, mas sim a oportunidade para os cientistas aprenderem mais sobre esses corpos espaciais.

De acordo com a Live Science, astrónomos do Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra (CNEOS) da NASA descobriram o asteróide em 2008, mas não foi a primeira vez que nos visitou. De facto, veio com frequência no passado e continuará a fazê-lo no futuro.

A última vez que sobrevoou a Terra foi há menos de um ano, em 11 de dezembro de 2018, aproximando-se de uma distância de 0,47 unidades astronómicas ou cerca de 70 milhões de quilómetros. Agora passará a 0,04548 unidades astronómicas. A próxima vez que o asteróide visitará a Terra será uma vez em 2021 e duas vezes em 2022, de acordo com o Jet Propulsion Laboratory (JPL) em Pasadena, Califórnia.

2008 A KV2 é o que a NASA considera um Near Earth Object (NEO), uma vez que voa a menos de 50 milhões de quilómetros do nosso planeta. Devido à sua trajetória e tamanho, também é classificado como potencialmente perigoso. Os asteróides podem mudar o seu “plano de voo” pela atração gravitacional exercida pelos planetas próximos.

No caso do KV2, modifica-se sempre que passa perto da Terra e de Vénus, o que por sua vez modifica a cada ano a distância que o separa desses planetas. É por isso que, embora hoje pareça seguro, os astrónomos têm que continuar a observar esta grande rocha.

Devido ao seu enorme tamanho, semelhante ao que se acredita tenha o famoso asteróide Apophis, um impacto com a Terra teria consequências devastadoras, o equivalente à explosão de 20 mil bombas atómicas. Centenas de quilómetros ao redor da zona de impacto seriam devastados e poderiam ter repercussões no clima, alterando o modo de vida.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Porque será que tenho quase a certeza que mesmo que um dia esteja em risco de colidir com a terra o povo de classe baixa vai ser o último a saber

Peixes, pássaros e humanóides. Revelados mais 140 geóglifos de Nazca no Peru

Foram descobertos 142 novos geóglifos, que representam pessoas, animais e outros seres, nas famosas linhas na superfície de Nazca e dos seus arredores no Peru. Localizados principalmente a oeste da Pampa de Nazca, estes novos geóglifos …

Sem-abrigo morta a tiro no Brasil após pedir esmola

Uma mulher sem-abrigo foi morta no sábado, em Niterói, no estado brasileiro do Rio de Janeiro, quando pedia esmola a um transeunte, que disparou sobre ela. O crime, que ocorreu no sábado, foi filmado por câmaras …

Polícias saem à rua para reivindicar promessas do Governo. Chega e mais seis partidos vão ao protesto

Elementos das forças de segurança (PSP e GNR) manifestam-se esta quinta-feira, em Lisboa, para pressionarem o novo Governo a cumprir as reivindicações da classe e as promessas do anterior Executivo. Sob o lema “tolerância zero”, a …

Homens ficam mais stressados quando esposas ganham quase tanto como eles

https://vimeo.com/374392301 Um novo estudo sugere que o homem fica mais stressado quando a mulher ganha mais do que 40% do rendimento do casal. Em sentido contrário, ficam menos ansiosos quando a esposa ganha menos do que …

Estratégia Nacional para Sem-Abrigo prevê que ninguém fique na rua mais de 24 horas

A atual Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo está assente num modelo de intervenção em que ninguém fique na rua por mais de 24 horas e um conhecimento permanente do …

Protesto nacional de quinta-feira na Colômbia leva governo a encerrar fronteiras

A Colômbia é esta quinta-feira palco de um protesto nacional convocado por sindicatos e movimentos sociais, que levou as autoridades a adotarem várias medidas preventivas, designadamente o encerramento das fronteiras. O objetivo do Governo é assegurar …

Na Austrália, há cobras que saltam (e os cientistas querem saber porquê)

Cientistas da Virgínia, no Estados Unidos, descobriram na Austrália uma espécie de cobra comum das árvores que é capaz de saltar entre galhos e folhas. Tratam-de das cobras de árvores australianas da espécie Dendrelaphis, espécimes …

Entomólogo diz que há "abelhas" em Marte (e tem provas)

Enquanto os cientistas tentam encontrar vida em Marte com experiências no terreno, como a sonda Curiosity, o entomólogo William Romoser, professor emérito na Universidade do Ohio, nos Estados Unidos, afirma que já temos provas da …

Luas de Neptuno dançam de forma única e perpétua

De acordo com uma investigação publicada recentemente, mesmo para os padrões selvagens do Sistema Solar exterior, as órbitas estranhas das duas luas mais interiores de Neptuno não têm rival. Especialistas em dinâmica orbital estão a chamar …

O Senhor dos Anéis. Série já tem segunda temporada garantida (e a primeira ainda nem estreou)

A primeira temporada da série de O Senhor dos Anéis, produzida pela Amazon Prime, ainda nem estreou e a sua segunda temporada já está confirmada. A declaração foi feita por Jennifer Salke, da Amazon Studios, ao …