“Asteróide do Apocalipse” poderá ser visto no céu no dia de São Valentim

NASA / Goddard / University of Arizona

Asteróide Bennu

O Bennu, ou “asteróide do Apocalipse”, será visível a olho nu no céu noturno neste dia de São Valentim (14 de fevereiro), alerta a NASA.

No dia 14 de fevereiro, também conhecido como dia de São Valentim, o “asteróide do Apocalipse” poderá ser visto a olho nu no céu noturno. O Bennu surgirá a partir do lado direito de Marte, adianta a NASA.

Há a probabilidade de este asteróide entrar em colisão com a Terra daqui a 100 anos. Se colidisse com o nosso planeta, o asteróide lançaria 80 mil vezes mais energia do que a bomba atómica de Hiroshima, sendo um dos asteróides mais perigosos nas proximidades da Terra, adianta o Express.

Atualmente, o Bennu é objeto de estudo da NASA, numa missão que conta com a OSIRIS-REx, lançada em 2016 com o objetivo de estudar e recolher amostras do asteróide Bennu.

Durante um ano, a OSIRIS-REx vai estudar o corpo rochoso, sem aterrar nele, com o propósito de selecionar um local seguro e cientificamente interessante para recolher em 2020, com o auxílio de um braço robótico, um fragmento de rocha que será enviado para análise na Terra, onde a sonda deverá regressar em 2023.

O “asteróide do Apocalipse” foi, muito provavelmente, formado no principal cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter, mas está agora mais perto do que nunca do nosso planeta.

Bennu pode conter moléculas orgânicas semelhantes às que deram origem à vida na Terra, uma vez que a sua matéria não sofreu mudanças durante milhares de anos.

A OSIRIS-REx foi lançada a partir da Terra e é a primeira sonda espacial a conseguir circular nas proximidades de um objeto espacial tão pequeno. Com pouco mais de 500 metros de comprimento, o Bennu tem apenas gravidade suficiente para manter a pequena sonda numa órbita estável.

O acrónimo OSIRIS foi escolhido em referência ao antigo deus da mitologia egípcia Osíris, o senhor da morte no submundo. Além disso, o nome foi especialmente escolhido para esta missão já que o asteróide Bennu pode atingir a Terra, causando destruição – e no pior cenário, semear a morte à face do planeta.

O corpo celeste, denominado “asteroide do Apocalipse”, está localizado entre a Terra e Marte, pesa 78 milhões de toneladas e está em órbita do Sol. A NASA acredita que há água ou moléculas similares no asteróide, que podem ajudar a revelar como foi formado o Sistema Solar.

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • Caro Vinícius,
      500 metros de comprimento de rocha, se a largura e a altura também forem de 500m, dá 125 milhões de metros cúbicos de rocha.
      A massa correcta do asteróide, segundo pudemos apurar, é de 7.8 x 10^10 kg, ou seja, 78 milhões de toneladas (não 87).

RESPONDER

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …

Alex Ferguson acusado de receber relógio após viciar jogo da Juventus

Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United durante quase três décadas entre 1986 e 2013 que venceu um total de 38 títulos pelo clube depois de se ter destacado nos escoceses do Aberdeen, foi acusado …