As lagostas canadianas preferem Pepsi

(dr) Karissa Lindstrand

A lagosta tatuada foi encontrada ao largo de New Brunswick, no Canadá

Uma pescadora canadiana encontrou um lavagante com o logótipo da Pepsi “tatuado” numa das suas pinças. Os pescadores ainda não sabem como é que o logo foi impresso no crustáceo.

Karissa Lindstrand, uma pescadora canadiana, encontrou um lavagante, crustáceo semelhante a uma lagosta, que tinha impresso numa das pinças o logótipo da Pepsi. Karissa estava a colocar as bandas de segurança nas patas dos crustáceos quando se apercebeu da insólita tatuagem que decorava o animal.

Karissa, que bebe umas 12 latas de Pepsi por dia, não demorou muito tempo e perceber a semelhança. “Foi tipo, ‘olha, uma lata de Pepsi‘, mas depois percebi que era uma tatuagem, parecia que tinha sido impressa diretamente na pinça do lavagante”.

Capturado ao largo da ilha Grand Manan, em New Brunswick, no Canadá, o crustáceo gerou uma discussão sobre as consequências da poluição nos oceanos, já que muitos acreditam que o lavagante pode ter crescido em torno de uma lata.

Os pescadores ainda não chegaram a consenso sobre como é que o logótipo foi impresso no crustáceo. Ainda assim, acreditam que este insólito é consequência da poluição e que a lata, de algum modo, possa ter ficado presa no animal.

Karissa não é exceção e associa este fenómeno à quantidade de lixo existente no mar. “Já não o vemos a flutuar à nossa volta. O lixo aparece ao longo da costa e é levado para as praias e para as falésias”, explica a pescadora ao The Guardian.

Embora Karissa não saiba como ocorreu este fenómeno, a pescadora não tem dúvidas de que é uma prova da poluição que se está a acumular nos oceanos, nomeadamente no fundo do mar.

De acordo com o The Guardian, que avança com dados de investigações recentes, 18 toneladas de plástico foram encontradas num recife de corais inabitado a leste do sul do Pacífico.

Anualmente, são despejadas entre 5 e 13 milhões de toneladas de plástico nos oceanos. Segundo a velejadora britânica Dame Ellen MacArthur, a este ritmo, em 2050 “o mar poderá ter mais plástico do que peixes“.

A poluição nos oceanos não é uma preocupação recente. A acumulação de resíduos no Pacífico, por exemplo, cresce a um ritmo alarmante face à negligência de vários países.

Em maio deste ano, um grupo de cientistas identificou o local de todo o mundo com a maior densidade de lixo plástico de que há conhecimento, e o vencedor do infame prémio de caixote do lixo dos oceanos é uma pequena ilha desabitada do Oceano Pacífico.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, astrónomos encontraram um exoplaneta sem atmosfera

Nos últimos anos, investigadores descobriram um tesouro de planetas rochosos que orbitam anãs vermelhas, pequenas estrelas com um raio 60% menor que o nosso Sol. Apesar do seu tamanho, estas estrelas são muito ativas - tanto …

Investigadores descobrem esqueletos adolescentes do século V. Um dos cientistas é português

Um grupo de investigadores, do qual também faz parte o português Daniel Fernandes, descobriu três esqueletos do período das migrações bárbaras numa vala em Osijek, na Croácia. "Deformação craniana e diversidade genética em três indivíduos masculinos …

Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês. A SolarCity, …

Rui Fonte regressa ao Sporting de Braga e assina por três épocas

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, oficializou ontem a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas. O jogador, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, …

YouTube remove vídeos de luta entre robôs por violarem políticas contra crueldade animal

O YouTube removeu na segunda-feira vídeos de robôs a lutar entre si da sua plataforma, justificando que estes violavam as políticas de exibição contra crueldade com animais. Depois do sucedido, a empresa informou que os …

Há uma piscina natural no meio do deserto mais quente do mundo

https://vimeo.com/355369476 Um casal a viajar pela Etiópia aventurou-se no deserto e experimentou nadar numa piscina natural num dos lugares mais quentes do planeta. A neozelandesa Bridget Thackwray e o namorado, Topher Richwhite formam a Expedition Earth, a …

The Rock é o ator mais bem pago do mundo

A revista Forbes revelou esta quarta-feira a sua lista anual dos atores mais bem pagos do mundo. O primeiro lugar é ocupado por um repetente. Dwayne "The Rock" Johnson voltou a ser o ator mais bem …

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …

Zumba. O negócio milionário que começou com uma distracção de um colombiano

Foi uma distracção que levou o bailarino colombiano Beto Pérez a criar a zumba e a construir um dos negócios actuais com mais sucesso em todo o mundo, avaliado em mais de 450 milhões de …