Artistas sul-coreanos e uma banda K-pop foram a Pyongyang actuar para Kim Jong-un

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e a mulher, Ri Sol-ju, assistiram este domingo ao primeiro espetáculo de artistas sul-coreanos em Pyongyang em mais de uma década, segundo a agência noticiosa sul-coreana Yonhap.

O evento acontece num período de apaziguamento entre as duas Coreias, iniciado nos recentes Jogos Olímpicos de Inverno, após cerca de dois anos de uma escalada devido à realização de testes nucleares e balísticos por parte do regime de Pyongyang.

Cento e vinte artistas sul-coreanos, incluindo a popular girls band K-pop Red Velvet, dançarinos e praticantes de artes marciais, chegaram no sábado à capital do país. O espectáculo, que contou com a presença do líder norte-coreano, Kim Jong-Un, aconteceu este domingo no grande teatro de Pyongyang leste, com capacidade para 1.500 pessoas.

Segundo a imprensa sul-coreana, Kim Jong-Un assistiu ao espectáculo ao lado da mulher, Ri Sol-ju. A imprensa de Seul diz ainda que a irmã mais nova do líder, Kim Yo-jong, e outros altos funcionários norte-coreanos estiveram também presentes.

Kim Jong-un ficou profundamente comovido e de coração inchado ao ver a resposta entusiástica do público norte-coreano, avança a agência de notícias KCNA, citada pela BBC. O líder norte-coreano terá aplaudido e apertado a mão aos artistas sul-coreanos durante o evento, e após o espectáculo terá ficado a tirar fotografias com os músicos.

“Kim Jong-un demonstrou muito interesse, e fez perguntas sobre as músicas e as letras”, afirmou o ministro da Cultura sul-coreano, Do Jong-whan, aos repórteres.

KCNA / YONHAP

Kim Jong-un e o ministro da Cultura sul-coreano cumprimentam artistas sul-coreanos em Pyongyang

Esta postura coincide com a do ministro da Cultura sul-coreano, que lidera a delegação de 190 pessoas – entre as quais responsáveis políticos do país – que viajou para Pyongyang. Do Jong-whan defendeu o regresso a projectos conjuntos e intercâmbios culturais e desportivos entre as duas Coreias para uma coexistência pacífica na região.

Na terça-feira, os sul-coreanos vão juntar-se a artistas norte-coreanos para actuar no complexo desportivo de Ryugyong Jong Ju Yong, que pode receber 12 mil pessoas.

No próximo dia 27 de abril, está previsto um encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o recém eleito presidente sul-coreano, Moon Jae-in. Esta será a primeira cimeira entre as duas Coreias em 11 anos.

Para maio é aguardada uma cimeira inédita entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos.

Em outro sinal de pacificação, os exercícios militares anuais conjuntos da Coreia do Sul e dos EUA, que começaram hoje e que todos os anos são encarados por Pyongyang como uma manobra de provocação, foram este ano encurtados para um mês.

Este ano, os dois aliados optaram pela não utilização de armas estratégicas, enquanto Kim Jong-un afirmou compreender o compromisso assumido por Seul e Washington para a realização destes exercícios militares.

ZAP // Lusa / Deutsche Welle

PARTILHAR

RESPONDER

As vacas leiteiras têm relações complexas (que se alteram quando mudam de grupo)

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Chile e dos Estados Unidos concluiu que as vacas leiteiras vivem em redes sociais complexas que se alteram quando estes animais são movidos para outros grupos.  Para …

Virgin Galactic quer desenvolver avião comercial supersónico (que promete superar a velocidade do som)

A Virgin Galactic vai aliar-se à Rolls-Royce para criar um avião comercial supersónico, ainda mais rápido do que o mítico Concorde. A empresa de turismo espacial Virgin Galactic anunciou uma parceria com a Rolls-Royce para desenvolver …

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …