“A que se deve esta ausência?”. Artistas escrevem carta aberta a António Costa

Hugo Delgado / Lusa

Artistas e entidades culturais portugueses escreveram uma carta aberta ao primeiro-ministro a criticar o facto de não haver uma proposta de investimento na Cultura no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

“As Entidades da Cultura subscritoras verificaram que no Plano de Recuperação e Resiliência a apresentar em Bruxelas, trazido a público para consulta no dia 16 deste mês, não existe qualquer proposta relativa ao investimento na Cultura”, lê-se na carta divulgada na sua totalidade pelo jornal Público.

A carta é assinada por artistas como Camané, Miguel Lobo Antunes, Pilar del Río e Sérgio Godinho, entre outros. Além disso, várias entidades culturais, como a APTA – Associação Portuguesa de Técnicos do Audiovisual e a APR – Associação Portuguesa de Realizadores, estão entre as signatárias.

Segundo o Governo, o PRR é um documento no qual “estão plasmadas reformas estruturais fundamentais para assegurar a saída da crise pandémica e garantir um futuro resiliente para Portugal”.

No entanto, os artistas questionam a ausência de investimento na cultura neste plano e exigem que a oportunidade seja aproveitada.

“Estranhamos, portanto, que a Cultura não esteja presente, nas suas variadas áreas – criação, património, fruição, acesso, e necessárias dimensões de capacitação tecnológica, infraestruturas e internacionalização. A que se deve esta ausência? Está este Governo, e o seu Primeiro-Ministro, a assumir que não vê na Cultura um motor fundamental de desenvolvimento e coesão nacional? Significa esta decisão uma desresponsabilização do Governo relativamente a este sector tão vasto, diverso e que gera um inegável valor?”, lê-se ainda na carta aberta.

Os signatários falam ainda de um “crónico sub-financiamento, precariedade e falta de investimento estrutural”, assim como da “assimetria no acesso aos bens culturais e às infraestruturas entre as diferentes regiões do país”. Estas “fragilidades históricas” apenas serão agravadas pela pandemia, deixando a recuperação e resiliência deste setor “ameaçadas”.

A falta de intervenção do Governo “terá consequências económicas, sociais e políticas de larga escala”, garantem os artistas.

“Por estes motivos, vimos por este meio exigir a inclusão de um plano para a Cultura que aproveite a oportunidade que se nos apresenta, revitalizando de forma estruturante este sector tão central ao futuro da nossa vida nacional”, escrevem, por fim.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Alunos carenciados com desempenho inferior aos dos mais favorecidos

Mesmo tendo acesso a meios digitais, o desempenho dos alunos carenciados foi sempre “inferior” aos dos seus colegas oriundos de meios mais favorecidos.  Segundo noticia o Público, esta é uma das principais conclusões a que chegou …

José Rendeiro condenado a três anos e seis meses de prisão efetiva

Embaixador jubilado Júlio Mascarenhas acusa o BPP de o ter convencido a investir num produto com juros e capital garantido num momento em que o banco já atravessava sérias dificuldades. O antigo presidente do Banco Privado …

Cantor R. Kelly declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual

O cantor norte-americano R. Kelly foi esta segunda-feira declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual, após um julgamento em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), que decorreu durante seis semanas, no qual …

"A FIFA engloba 211 países e 133 nunca estiveram num Mundial"

Arsène Wenger apresenta argumentos para defender a realização de um campeonato do mundo de dois em dois anos. O novo calendário FIFA continua a originar reacções e entrevistas. Arsène Wenger falou sobre as propostas - a …

Responsáveis do Lar do Comércio acusados por 67 crimes de maus tratos

O Ministério Público (MP) imputou 67 crimes de maus tratos, 17 deles agravados por resultarem em morte, a um ex-presidente e a uma diretora de serviços do Lar do Comércio, em Matosinhos. Num processo em que …

Sporting: espanhóis analisam o "maior" Haaland

Avançado do Borussia Dortmund apresenta recordes que, nem Messi, nem Cristiano, tinham. O Sporting entra em campo para a segunda jornada da Liga dos Campeões, diante de um Borussia Dortmund que tem no seu plantel uma …

Escola proíbe alunos de levarem almoço de casa. Ministério da Educação fala em “recomendação”

Interpretações distintas das normas emitidas pelo Ministério da Educação e a inexistência de equipamentos para aquecer as refeições em linha com as recomendações de segurança motivadas pela covid-19 podem estar na origem da decisão. Os alunos …

Autárquicas foram prova de vida para o CDS. Rodrigues dos Santos respira, Melo põe-se à espreita

Nuno Melo já se tinha colocado em posição de ataque na corrida interna, mas terá de esperar. O CDS "está vivo" e as autárquicas foram prova disso. O CDS decidiu apoiar Carlos Moedas e não se …

Explosão suspeita em complexo de edifícios na Suécia causa mais de 20 feridos

Mais de 20 pessoas ficaram feridas, três delas com gravidade, após uma explosão num complexo de edifícios no centro de Gotemburgo, na Suécia. A polícia está a investigar as causas do incidente e admite a …

Costa pode remodelar Governo após choque eleitoral (com Medina à cabeça)

António Costa pode estar a preparar uma remodelação no Governo, com Fernando Medina à cabeça. António Costa já veio negar essa possibilidade. O primeiro-ministro António Costa está preparado para fazer uma remodelação no Governo, após a …