Artista português expõe em Macau fotografias sobre icebergues da Antárctida

fb/alvaro.barbosa.5

"Drifting Ice", por Álvaro Barbosa

“Drifting Ice”, por Álvaro Barbosa

O artista português Álvaro Barbosa inaugura na sexta-feira, dia 10, uma exposição fotográfica sobre icebergues da Antárctida que resulta de uma expedição realizada em 2012 com o músico Victor Gama e que dará origem a um livro.

A exposição “Gelo à deriva: contemplando icebergues da Antárctida”, que terá lugar na Creative Macau, conta com 20 fotografias captadas na Antárctida em Janeiro de 2012, durante uma expedição de dez dias realizada com objectivos artísticos pelos dois portugueses nascidos em Angola.

“A Orquestra Sinfónica de Chicago tinha encomendado a Victor Gama uma peça sobre um teste nuclear levado a cabo pela África do Sul na Antártida nos anos 70 e, por isso, ele queria fazer uma expedição para captar imagens do local onde ocorreu esse evento. Como tínhamos começado a trabalhar juntos, ele propôs-me que o acompanhasse”, explicou Álvaro Barbosa à agência Lusa.

Os dois conheceram-se na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, onde Victor Gama estava a fazer uma residência artística e Álvaro Barbosa um pós-doutoramento em tecnologia musical.

artes/ucp

Álvaro Barbosa

Álvaro Barbosa

“Fomos à Antárctida num barco oceanográfico que realizou uma expedição com pessoas de várias áreas, como biólogos e geólogos, e nós éramos os únicos que íamos com um propósito artístico e não científico”, recordou Álvaro Barbosa.

Os dois artistas captaram sons e vídeo que serviram o propósito da peça “Vela 691” (nome do satélite norte-americano que detectou em 1979 a explosão nuclear na Antárctida), realizada por Gama e com a participação de Barbosa na parte do vídeo, que estreou em Chicago, ainda em 2012.

O material recolhido deu origem a outras peças como “Journey to the Last Frontier“, apresentada por ambos ao vivo no Porto, na abertura do Festival Black&White, e por Barbosa com a Hong Kong Music Ensemble, em Julho de 2013, na antiga colónia britânica.

“Na Antárctida, também tirámos muitas fotografias, mas fizemo-lo mais como elemento colateral, mas como estivemos em sítios que nos proporcionaram adquirir imagens fora do normal e bastante interessantes, preparei todo este material para um livro que será publicado este ano essencialmente sobre os icebergues e a Creative propôs-me também fazer uma exposição”, indicou Barbosa.

“Há uma narrativa à volta desta ideia dos icebergues, debrucei-me sobre a forma como eles surgem, como se desenvolvem e acabam por morrer, comecei a aperceber-me que existe ali um ciclo de vida, apesar de não se tratar de matéria viva, semelhante ao das espécies animais”, salientou.

A par dos icebergues, as fotografias incidem também sobre o que chama de “antarcticans”, os “animais e vegetais, que são poucos, que vivem na Antárctida”.

“Uma das coisas que mais me surpreendeu é que o imaginário que temos de uma região agreste, silenciosa, sem qualquer tipo de vida, não corresponde nada ao que existe na península, que é uma costa extensa, com muitos animais, nada silenciosa, antes muito ruidosa, com muitos cheiros, tentei, portanto capturar um pouco essa ideia da vida na Antárctida”, sustentou.

Álvaro Barbosa, de 43 anos, nasceu em Luanda, licenciou-se em Engenharia de Telecomunicações pela Universidade de Aveiro em Portugal, fez o doutoramento em tecnologia musical em Barcelona, lançou o curso de Som e Imagem na Escola das Artes da Universidade Católica do Porto e actualmente é director da Faculdade de Indústrias Criativas da Universidade de São José em Macau, filiada à Universidade Católica Portuguesa.

Vídeo: Journey to the Last Frontier

ZAP/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A icónica tapeçaria "Guernica" de Picasso foi retirada da ONU. Rockfeller pediu-a de volta

A icónica tapeçaria "Guernica", de Pablo Picasso, foi retirada do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) onde estava há mais de 30 anos. A pintura “Guernica”, considerada uma das obras-primas de Picasso …

Este robô-tartaruga não precisa de circuitos eletrónicos para andar. Basta ar

O robô macio de quatro patas, criado por uma equipa da Universidade da Califórnia, não precisa de nenhum circuito eletrónico para funcionar. Os robôs macios têm captado a atenção dos cientistas e o mais recente, criado …

Norte-americano cria secretária para manter crianças seguras durante os tiroteios nas escolas

Um norte-americano desenvolveu uma secretária à prova de bala para assegurar um lugar seguro às crianças dos Estados Unidos em situações de tiroteio. Passaram três anos desde que, a 14 de fevereiro de 2018, Nikolas Cruz entrou …

A Cidade do México proibiu tampões menstruais com aplicador. Agora, as mulheres estão furiosas

A Cidade do México já tinha proibido outros objetos compostos por plástico, como é o caso de copos e palhinhas, mas agora foi mais longe e resolveu banir os tampões menstruais que contém aplicadores. No …

Benfica 2-0 Rio Ave | Águia volta a voar

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS, três jogos depois. A formação “encarnada” recebeu e venceu o Rio Ave por 2-0, com os dois golos apontados por Haris Seferovic e Pizzi numa segunda parte …

Criança de dois anos cai do 12º andar (mas acaba por ser salva por estafeta)

No passado domingo, em Honói, na capital do Vietname, um estafeta salvou a vida de uma criança de dois anos que caiu do 12° andar de um prédio. Nguyen Ngoc Manh é agora conhecido como …

Em França, livrarias e lojas de discos são agora "comércio essencial"

O decreto de lei do Governo francês, publicado na última sexta-feira, incluiu as livrarias e lojas de discos na lista do chamado "comércio essencial", podendo permanecer abertas em caso de confinamento. Em declarações à agência France-Presse, …

Icebergue maior que Nova Iorque parte-se perto de estação de investigação na Antártida

Um icebergue gigante partiu-se esta sexta-feira na plataforma de gelo de Brunt, na Antártida, perto de um posto de investigação do British Antartic Survey (BAS). O bloco de gelo, com 1.270 quilómetros quadrados, será ainda maior …

A Greenpeace está a atirar pedras gigantes para o Mar do Norte. Eis a razão

Na semana passada, a Greenpeace atirou pedras gigantes ao mar ao redor do Reino Unido. Esta ação faz parte do objetivo da organização de acabar com os barcos de pesca de arrasto no fundo do …

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …