Arranca a II Liga, a primeira sem equipas que desceram

Estoril e Arouca inauguram o primeiro campeonato profissional que inicia uma temporada nestes tempos estranhos. Arouca e Vizela subiram sem chegar à fase final do Campeonato de Portugal.

Esta quinta-feira, 10 de setembro, é o dia que marca o início da primeira época completa do futebol profissional em “tempos de corona”. A II Liga começa uma semana antes do escalão maior, com uma particularidade: pela primeira vez na história, este campeonato não vai contar com qualquer equipa que esteve na I Liga, na temporada anterior.

O contexto é conhecido: no campo, Portimonense e Desportivo das Aves desceram e supostamente estariam nesta II Liga mas, por razões diferentes (que no fundo é a mesma), nenhum destes emblemas vai participar na segunda divisão nacional.

O Portimonense desceu mas ficou. O penúltimo classificado da última I Liga beneficiou da despromoção do Vitória de Setúbal ao Campeonato de Portugal, devido a incumprimentos financeiros. Pelo mesmo motivo, o Desportivo das Aves também está proibido de jogar nos campeonatos profissionais na presente temporada e, por isso, estará no Campeonato de Portugal.

Subir no meio da contestação

Precisamente do terceiro escalão subiram Vizela e Arouca, sem precisarem de jogar a fase final. Numa época em que não houve campeão no Campeonato de Portugal (tal como em todas as provas nacionais, excetuando a primeira), o torneio acabou quando estavam decorridas 25 jornadas da primeira fase.

Nessa altura, em março, o Vizela tinha 60 pontos na Série A e o Arouca somava 58, na Série B – Olhanense e Real, ambos na Série D, ficaram muito perto da subida precoce, já que ambos tinham 57 pontos.

Olhanense e Real foram precisamente dois dos clubes que protestaram a decisão que colocou Vizela e Arouca na II Liga. Este movimento juntou ainda outras quatro equipas Praiense, Benfica e Castelo Branco, Lusitânia de Lourosa e Fafe – todas ocupavam lugares cimeiros, em março. Em Olhão o protesto repetiu-se e até parou o trânsito.

Protestos na Feira

Protestos houve também em Santa Maria da Feira. O Feirense, terceiro classificado quando os campeonatos foram interrompidos, foi o emblema que publicamente mais se insurgiu contra o final antecipado da II Liga, tal como o Estoril.

O Feirense, que volta a ser um dos candidatos à subida, vai protagonizar o segundo jogo da temporada, na sexta-feira, quando receber o Desportivo de Chaves. Estoril e Académica podem ser incluídos na lista de maiores pretendentes à subida de divisão mas, como habitualmente, a II Liga é imprevisível.

O Estoril-Arouca vai inaugurar a II Liga e vai também inaugurar a presença de uma mulher na equipa de arbitragem, enquanto árbitra assistente. Vanessa Gomes vai fazer história, ao ser a primeira árbitra num jogo de um campeonato profissional de futebol masculino em Portugal.

Nuno Teixeira NMT, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …