Nova arma do exército americano pode ter reconhecimento facial

O novo fuzil do exército americano pode vir equipado com uma tecnologia de reconhecimento facial. A arma terá também um sensor de vento e um software de identificação de alvo.

A utilização de tecnologia em armamento é cada vez mais comum e o exército americano não quer ser exceção. Tanto que o próximo fuzil usado pelos soldados pode vir equipado com uma tecnologia de reconhecimento facial e outras funcionalidades inovadoras.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos, segundo o Tech Explorist, abriu um concurso para que empresas criassem um protótipo para uma nova arma que seria usada pelo exército norte-americano. Reconhecimento facial, sensor de vento e software de identificação de alvo foram impostos pelo departamento.

O protótipo de arma escolhido será testado pelo exército durante 14 meses e, caso agrade aos americanos, será assinado um acordo com a empresa para a produção de armamento com estas tecnologias.

Com esta iniciativa, o exército dos Estados Unidos pretende que os seus soldados cometam menos erros e que se evite o “fogo amigo”, que ilustra o ato de ferir ou matar um soldado aliado. As armas serão produzidas em versões semi-automáticas e automáticas e poderão substituir as atuais M4A1 e M249.

Estas são armas já “desatualizadas”, sendo que o exército americano começou a usá-las em 1994 e fins dos anos 80, respetivamente. O Departamento de Defesa pede também que seja incluída uma tecnologia que mostra, nos óculos dos soldados, o ponto exato que a bala vai atingir.

Não só as situações de “fogo amigo” acidentais seriam corrigidas, como também a pontaria dos soldados subiria exponencialmente. O casamento entre tecnologia e armamento continua e o exército deseja um sistema de comunicação sem fios, que permita o registo de dados estatísticos e mostre informações como a distância para o alvo, balas no carregador e a temperatura da arma.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • fu·zil
      4. Arma de fogo, portátil, composta de um tubo ou cano metálico longo montado numa coronha, geralmente de madeira, para apoiar no ombro. = ESPINGARDA
      “fuzil”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

      fu·zi·lei·ro
      1. Soldado armado de fuzil ou espingarda.
      2. Soldado de uma companhia de infantaria da Marinha (ex.: fuzileiro naval).
      “fuzileiro”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

          • Sim, em Portugal ninguém escreve/diz “fuzil”; quer a população em geral, quer principalmente quem lida com armas!!
            Bizarro é o ZAP usar palavras estranhas só porque estão no dicionário, não tendo em conta o facto de serem completamente desconhecidas do grande publico (a quem, supostamente, um portal de notícias quer chegar).
            No meu corrector ortográfico, a palavra “fuzil” até aparece sublinhada como erro!
            .
            Espingarda vs. Fuzil
            “Em Portugal o termo Espingarda designa uma arma de fogo portátil de cano longo. Abrange o que no Brasil é designado por fuzil, termo que não é usado em Portugal.”
            pt.wikipedia.org/wiki/Fuzil

  1. talvez seja old school ,mas em uma situaçao de vida ou morte ,nao gostaria de depender de equipamento que o funcionamente fosse comprometido por ter as baterias ou pilhas descarregadas,em particular em situaçao nao urbana ,em que muitas vezes escasseiam recursos

RESPONDER

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …