Nova arma do exército americano pode ter reconhecimento facial

O novo fuzil do exército americano pode vir equipado com uma tecnologia de reconhecimento facial. A arma terá também um sensor de vento e um software de identificação de alvo.

A utilização de tecnologia em armamento é cada vez mais comum e o exército americano não quer ser exceção. Tanto que o próximo fuzil usado pelos soldados pode vir equipado com uma tecnologia de reconhecimento facial e outras funcionalidades inovadoras.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos, segundo o Tech Explorist, abriu um concurso para que empresas criassem um protótipo para uma nova arma que seria usada pelo exército norte-americano. Reconhecimento facial, sensor de vento e software de identificação de alvo foram impostos pelo departamento.

O protótipo de arma escolhido será testado pelo exército durante 14 meses e, caso agrade aos americanos, será assinado um acordo com a empresa para a produção de armamento com estas tecnologias.

Com esta iniciativa, o exército dos Estados Unidos pretende que os seus soldados cometam menos erros e que se evite o “fogo amigo”, que ilustra o ato de ferir ou matar um soldado aliado. As armas serão produzidas em versões semi-automáticas e automáticas e poderão substituir as atuais M4A1 e M249.

Estas são armas já “desatualizadas”, sendo que o exército americano começou a usá-las em 1994 e fins dos anos 80, respetivamente. O Departamento de Defesa pede também que seja incluída uma tecnologia que mostra, nos óculos dos soldados, o ponto exato que a bala vai atingir.

Não só as situações de “fogo amigo” acidentais seriam corrigidas, como também a pontaria dos soldados subiria exponencialmente. O casamento entre tecnologia e armamento continua e o exército deseja um sistema de comunicação sem fios, que permita o registo de dados estatísticos e mostre informações como a distância para o alvo, balas no carregador e a temperatura da arma.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • fu·zil
      4. Arma de fogo, portátil, composta de um tubo ou cano metálico longo montado numa coronha, geralmente de madeira, para apoiar no ombro. = ESPINGARDA
      “fuzil”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

      fu·zi·lei·ro
      1. Soldado armado de fuzil ou espingarda.
      2. Soldado de uma companhia de infantaria da Marinha (ex.: fuzileiro naval).
      “fuzileiro”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

          • Sim, em Portugal ninguém escreve/diz “fuzil”; quer a população em geral, quer principalmente quem lida com armas!!
            Bizarro é o ZAP usar palavras estranhas só porque estão no dicionário, não tendo em conta o facto de serem completamente desconhecidas do grande publico (a quem, supostamente, um portal de notícias quer chegar).
            No meu corrector ortográfico, a palavra “fuzil” até aparece sublinhada como erro!
            .
            Espingarda vs. Fuzil
            “Em Portugal o termo Espingarda designa uma arma de fogo portátil de cano longo. Abrange o que no Brasil é designado por fuzil, termo que não é usado em Portugal.”
            pt.wikipedia.org/wiki/Fuzil

  1. talvez seja old school ,mas em uma situaçao de vida ou morte ,nao gostaria de depender de equipamento que o funcionamente fosse comprometido por ter as baterias ou pilhas descarregadas,em particular em situaçao nao urbana ,em que muitas vezes escasseiam recursos

RESPONDER

Governo pondera decretar recolher obrigatório e restrições em mais municípios

O Governo está a avaliar avançar com o recolhimento obrigatório e alargar as restrições impostas em Paços de Ferreira, Felgueiras e Lousada a mais municípios, recusando, no entanto, um novo confinamento geral, disse hoje o …

Gigante americana Walmart retira (temporariamente) armas e munições das prateleiras

A gigante de distribuição norte-americana Walmart decidiu retirar temporariamente armas e munições das prateleiras das suas lojas, anunciou na quinta-feira um porta-voz da cadeia. A medida preventiva foi tomada a cinco dias de uma eleição presidencial …

BE afasta para já estado de emergência e defende requisição civil na saúde

A coordenadora do BE afastou para já a necessidade de um novo estado de emergência e defendeu que o Governo utilize toda a capacidade instalada na saúde, se necessário recorrendo à requisição civil dos setores …

Sismo de magnitude 7 abala Turquia e Grécia e provoca mini-tsunami. Pelo menos 4 pessoas morreram

Quatro pessoas morreram no oeste da Turquia, depois de um forte terramoto de magnitude 7 atingir o Mar Egeu na tarde desta sexta-feira. O abalo derrubou edifícios em áreas costeiras e fez pelo menos 120 …

EDP desiste de processo contra o Estado, mas vai levar tarifa social a Bruxelas

A EDP desistiu da litigância judicial com o Estado sobre a contribuição extraordinária sobre o setor energético (CESE), mas vai pedir à Comissão Europeia uma análise sobre o mecanismo de financiamento da tarifa social a …

"Fora com os pretos". Universidades e escolas de Lisboa vandalizadas com mensagens racistas

Várias universidades e escolas secundárias da região de Lisboa foram vandalizadas com mensagens de teor racista e xenófobo. "Viva a Europa Branca" ou "Fora com os pretos" são algumas das frases escritas. Várias pessoas denunciaram esta …

Preços das casas não baixam porque há Fundos a comprar tudo

Apesar de estarmos em plena crise pandémica, os preços das casas não têm sofrido uma baixa significativa. Uma realidade que se pode explicar pelo interesse de alguns Fundos na aquisição de imóveis, com a perspectiva …

Infetados, mortes e internamentos. Portugal bate recordes diários de covid-19

Portugal bateu o recorde diário de infeções, mortes e internamentos de doentes com covid-19. Registam-se mais 4.656 casos positivos, 40 óbitos e 1.834 pacientes internados. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 4.656 casos positivos e …

CSD tem a "chave" da geringonça açoriana (mas ainda não sabe de que lado vai ficar)

Os Presidentes do PSD e do PS já se reuniram com o líder regional do CDS, Artur Lima. O dilema é entre suportar um executivo PS ou integrar uma coligação à direita. A decisão dos …

Professores "desenrolam" queixas em frente do parlamento (e pedem saída do ministro)

Dirigentes da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) colocaram esta quinta-feira grandes faixas com reivindicações junto da Assembleia da República e criticaram o ministro da Educação, que tem que “ir embora”. “Quem não sabe ter uma atitude …