Argentina e Uruguai estiveram completamente às escuras no domingo

Uma avaria deixou sem energia, este domingo, praticamente todo o território da Argentina e do Uruguai, além de partes do Brasil e do Paraguai, anunciaram as empresas fornecedoras de eletricidade.

“Uma falha maciça no sistema de interconexões deitou toda a Argentina e Uruguai sem eletricidade”, anunciou a companhia elétrica argentina, Edesur, no Twitter. O corte registou-se antes do amanhecer em Buenos Aires, cerca das 7h00 locais (11h00 em Portugal Continental), segundo a imprensa argentina.

A companhia uruguaia UTE anunciou pouco depois que às “7h06 uma avaria na rede argentina atingiu o sistema interconectado, privando do serviço todo o território nacional e várias províncias do país vizinho”. Em conjunto, as populações da Argentina e do Uruguai somam cerca de 48 milhões de pessoas.

O corte, segundo um comunicado da secretaria argentina de Energia citado pelo jornal Clarín, foi consequência de um “colapso do sistema de interconexão”, de causas “ainda não determinadas”, e o restabelecimento do serviço pode demorar “algumas horas”.

O subsecretário da Proteção Civil Daniel Russo precisou à televisão TN que o restabelecimento do serviço pode levar “entre seis e oito horas”. Russo adiantou que, embora as causas da avaria ainda estejam a ser investigadas, era admitida a hipótese de estarem “relacionadas com um fenómeno meteorológico”. O país está a ser afetado por fortes chuvas desde o início de sábado.

Além de residências, a avaria afeta a sinalização de tráfego e a circulação ferroviária, e pode interferir na realização das eleições locais previstas para este domingo em algumas províncias da Argentina, segundo a BBC.

No domingo à noite, foi anunciado que o apagão elétrico que afetou a Argentina e países vizinhos teve origem numa conexão de transporte de eletricidade na costa leste do país, entre as hidroelétricas de Yacyretá, sob gestão argentino-paraguaia, e de Salto Grande (argentino-uruguaia).

A primeira dessas barragens, localizada no curso do Rio Paraná, é administrada pela Argentina e pelo Paraguai, e a segunda, no curso médio do Rio Uruguai, está localizada a montante das cidades de Concórdia (Argentina) e Salto (Uruguai) e é operada pelos dois últimos países.

Segundo o Ministério da Energia argentino, o apagão ocorreu após o colapso do Sistema Argentino de Interconexão (SADI), que produziu um “corte massivo de energia em todo o país.

Entretanto, a Edesur adiantou que o serviço foi restaurado para dois milhões de clientes, o equivalente a 80% de sua área de cobertura, e a Distribuidora e Comercializadora Norte (Edenor), responsável pela área noroeste da capital, disse que a eletricidade foi restaurada para 90% dos seus assinantes. O Presidente argentino, Mauricio Macri, qualificou a falha na rede elétrica no país “sem precedentes”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …

Cientistas observaram pela primeira vez porcos a usar ferramentas

Uma equipa de cientistas registou pela primeira vez uma família de javalis das Visayas, num jardim zoológico em Paris, a usar paus para cavar e construir ninhos. Os porcos não gostam só de chafurdar na lama …

Transição verde: o mundo tem muito a aprender com uma pequena cidade na Islândia

Uma pequena cidade no norte da Islândia tornou-se quase neutra em dióxido de carbono (CO2). Uma equipa de cientistas viajou até ao país insular nórdico para descobrir como podemos aprender com esta cidade. Atualmente, as cidades …

Adolfo Mesquita Nunes não será candidato à liderança do CDS

Adolfo Mesquita Nunes anunciou este domingo que não será candidato à liderança do CDS. A garantia foi deixada pelo próprio, na sua página pessoal de Facebook, depois de ter sido desafiado por António Pires de …

Afastado desde a noite eleitoral, Rui Rio volta para lançar suspeitas sobre a RTP

Afastado dos holofotes desde a noite eleitoral e sem dizer se se vai recandidatar à liderança do PSD, Rui Rio recorreu ao Twitter para comentar as suas suspeitas sobre a RTP. O líder social-democrata recorreu às …