Ataque promovido pelo Irão: Arábia Saudita apresenta “provas”

Stringer / EPA

O Ministério da Defesa da Arábia Saudita defende que o ataque a duas instalações petrolíferas no sábado foi “inquestionavelmente patrocinado pelo Irão”.

As tensões começam a escalar no Médio Oriente, principalmente após o ataque de sábado a duas instalações petrolíferas na Arábia Saudita, que paralisaram metade de produção de petróleo do país. Inicialmente, havia suspeitas de que os dez drones explosivos tinham sido enviados pelos rebeldes iemenitas.

Contudo, o Ministério da Defesa saudita vem agora dizer que o ataque foi “inquestionavelmente patrocinado pelo Irão” e que, ao contrário do que se sugeria, não teve origem no Iémen. “O ataque foi sistemático e intencionalmente planeado para destruir infra-estruturas civis”, disse o porta-voz do Ministério, o coronel Turki al-Malki.

De acordo com o Público, a Arábia Saudita mostrou, esta quarta-feira, destroços de drones e mísseis usados no ataque, garantindo que estes eram oriundos do Irão.

“Os iranianos estão a trabalhar para apoiar grupos terroristas por todo o mundo e não permitiremos que o façam. É da responsabilidade de toda a comunidade internacional travar e responsabilizar o Irão pelas suas ações”, acrescentou o porta-voz saudita.

Teerão nega o envolvimento no ataque às petrolíferas e acusa Washington e Riad de “mentirem”.

O príncipe saudita Mohammad bin Salman vai reunir-se com o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, de forma a “trabalhar com os Estados Unidos para enfrentar a ameaça e garantir a segurança nacional“. Entretanto, as investigações para apurar os responsáveis continuam.

Por sua vez, Donald Trump já ordenou que se aumentassem substancialmente as sanções contra o Irão. Além disso, os vistos do presidente iraniano, Hassan Rouhan, e do ministro dos Negócios Estrangeiros, Mohammad Javad Zarif, ainda não foram emitidos pelos EUA, para que estes possam participar na Assembleia-Geral da Nações Unidas, que tem lugar em Nova Iorque, já na próxima semana.

Esta quarta-feira, Pompeo classificou os ataques às instalações petrolíferas como um “ato de guerra”, atribuindo também ele as responsabilidades ao Irão.

“Este é um ataque de uma escala que nunca vimos antes. A Arábia Saudita foi a nação que foi atingida, o ataque ocorreu no território do país. Foi um ato de guerra contra o país”, atirou o secretário de Estado norte-americano, que está de visita à Arábia Saudita. Pompeo garante ainda que os ataques têm “as impressões digitais” de Ali Khamenei, o líder supremo do Irão.

Segundo o Expresso, a administração de Trump usou imagens de satélite para responsabilizar o Irão pelos ataques de sábado, através de 17 pontos sinalizados nas instalações petrolíferas.

“A precisão e sofisticação destes ataques vai mais além da capacidade dos rebeldes Houthis. Tudo indica que o ataque teve origem no norte do Golfo Pérsico e que terão sido utilizados tanto drones, como mísseis de cruzeiro”, disse um funcionário da administração americana.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Como se fosse surpreendente a noticia de que o Irao fornece armas ao Iemen ?!?!? … mas me pregunto qual pecado comete o Iemen para sofrer constante ataque a mais de 3 anos ??? e pq a AS pode atacar e não ser atacada ????, e pq os EUA podem fornecer armas e o Irão não ???

  1. Estava eu aqui a lembrar-me que à alguns anos atrás os EUA também tinham provas irrefutaveis de que um determinado país estava carregadinho de armas de destruição massiva e então invadiram-no.
    E até hoje dessas armas …….. nada.
    isto parece o mesmo tipo de filme, enredo “Temos que arranjar maneira de os invadir”.

  2. Os aliados dos americanos a colocar provas no crime …
    São os mesmo tipos que decapitaram e desmembraram um jornalista incômodo.

"O tempo das autoestradas terminou", diz Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas defendeu esta quinta-feira, durante a apresentação do Programa Nacional de Investimentos 2030, que a aposta dos “sucessivos” governos na rodovia reflete-se na condição atual da rede ferroviária. “Não temos um grande histórico …

Arcebispo russo considerado "sexista do ano" morre durante reabilitação do coronavírus

O arcebispo russo Dimitry Smirnov, conhecido por fazer comentários controversos sobre mulheres, morreu aos 69 anos durante a reabilitação do coronavírus, anunciou um porta-voz da Igreja Ortodoxa Russa na quarta-feira. No início de 2020, Dimitry Smirnov foi …

Será necessária declaração para deslocações entre concelhos

O Governo esclareceu que quem precisar de se deslocar entre 30 de outubro e 3 de novembro, quando estará proibida a circulação entre concelhos, necessita de uma declaração, sendo as exceções as mesmas que foram …

Cães conseguem detetar covid-19, mas não estão a ser usados. "Podiam salvar tantas vidas"

Um cão pode cheirar um pano que antes esteve no pulso ou no pescoço de alguém e identificar imediatamente se a pessoa contraiu o vírus até cinco dias antes do aparecimento de qualquer sintoma. Parece …

Noruega com poucos casos de infeções nas escolas. Medidas podem ser aliviadas

A Noruega mantém as escolas com o segundo nível das medidas para combate à pandemia. Contudo, pondera aliviá-las caso se confirme que as crianças não têm um papel acrescido na transmissão do vírus. As autoridades de …

Ex-SCUT com descontos para passageiros frequentes e transporte de passageiros

Os passageiros particulares frequentes e os veículos de transporte de passageiros vão ter descontos na passagem pelas portagens das antigas SCUT a partir de 1 de janeiro, anunciou esta quinta-feira o Governo. De acordo com a …

Situação "muito grave" leva a uma nova corrida ao papel higiénico na Alemanha

A Alemanha atingiu esta quinta-feira um novo máximo diário, com mais de 11 mil casos em apenas 24 horas. A nova vaga de infeções está a levar os alemães a um novo açambarcamento de papel …

Taça: todos os "grandes" defrontam equipas do terceiro escalão

FC Porto, Benfica e Sporting vão jogar em casa de formações do Campeonato de Portugal. Sporting de Braga estará na Trofa. Decorreu nesta quinta-feira o sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, a …

DGS vai comprar mais de 100.000 frascos de Remdesivir até março de 2021

A Direção-Geral da Saúde vai adquirir entre este mês e março de 2021 mais de 100.000 frascos do medicamento antiviral remdesivir, com a designação comercial Veklury, para tratamento de doentes com covid-19. A decisão foi tomada …

Utilizadores do PayPal vão poder usar criptomoeda para pagar a mais de 26 milhões de comerciantes

O PayPal anunciou que vai investir no mercado das criptomoedas, lançando um novo serviço que permitirá aos utilizadores da plataforma nos Estados Unidos comprar, guardar e vender moeda digital, já a partir de 2021. De acordo …