Milhares de apps Android acedem à nossa localização sem autorização

Mais de mil aplicações Android acedem à nossa localização, mesmo quando não lhes é concedida autorização. Os criadores das apps arranjaram formas de contornar o sistema de proteção da privacidade dos consumidores.

É uma prática comum as aplicações dos telemóveis com sistema operativo Android pedirem permissão para aceder a certas funcionalidades, como por exemplo, a localização. Quando escolhemos não conceder permissão para isto, não esperamos que a aplicação ignore a nossa ordem e o faça de qualquer maneira — mas a verdade é que isso acontece com milhares de apps.

A notícia avançada pela CNET tem como base as descobertas da uma equipa de investigação, que descobriu que milhares de aplicações ignoram as restrições impostas e acedem à nossa localização precisa. Caso já tenhamos concedido autorização a uma app, ela pode partilhar essa informação com outra aplicação.

Estas violações de privacidade permitem às empresas tecnológicas reunir grandes quantidades de informação relativa a onde vamos, com quem vamos e o que vamos fazer.

Apesar dos esforços da Apple e da Google em proteger a privacidade das pessoas ao obrigar as aplicações a pedir autorização para aceder à nossa localização, as apps continuam a arranjar formas de contornar este sistema. A Google irá lançar, ainda este ano, o Android Q, que promete resolver este tipo de problemas.

“Fundamentalmente, os consumidores têm muito poucas ferramentas e dicas que podem usar para controlar razoavelmente a sua privacidade e tomar decisões sobre isso”, disse Serge Egelman, investigador no International Computer Science Institute. “Se os criadores de aplicações podem apenas contornar o sistema, pedir permissão aos consumidores é relativamente inútil“.

As 1325 aplicações que violavam as permissões usavam soluções alternativas escondidas no seu código, que recolhiam dados pessoais através do Wi-Fi e de metadados armazenados nas fotografias.

A Disney, uma das empresas apanhadas pelos investigadores, não respondeu ao contacto feito pela CNET, enquanto a Shutterfly, uma aplicação de edição de fotos, negou aceder à localização dos dispositivos dos utilizadores sem autorização — apesar do que os investigadores descobriram.

A lista das 1325 aplicações que infringem a privacidade dos consumidores será divulgada na apresentação do estudo na Usenix Security Conference, em agosto.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É o que dá a Google Play Store ter controlo de qualidade 0. É por estas e por outras que prefiro iPhones e iPads, entre muitas outras razões.

  2. Tenho android e devo dizer que a Apple é a empresa que mais se esforça em proteger o utilizador a Google é disfarçadamente o oposto!

RESPONDER

Diferendo entre Galp/REN e ERSE pode custar 179 milhões de euros aos consumidores

As empresas de gás da Galp e da REN Portgás voltaram a impugnar as tarifas reguladas publicadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e avançaram com o décimo processo judicial. Caso vençam, os clientes …

Salário mínimo de 700 euros "é perfeitamente razoável", diz líder da CIP

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é "perfeitamente razoável" que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura. “Parece-me tão razoável como pode parecer outro …

Descoberto caminho de peregrinos mandado construir por Pôncio Pilatos em Jerusalém

Um caminho em pedra que terá sido usado há cerca de 2000 anos por peregrinos e mandado construir por Pôncio Pilatos foi descoberto perto do Monte do Templo, em Jerusalém, com uma centena de moedas …

Canadá. Trudeau luta por segundo mandato depois de meses de casos polémicos

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, corre o risco de perder a maioria nas legislativas de segunda-feira, tornando-se o primeiro chefe de governo canadiano apoiado por uma maioria parlamentar a falhar a reeleição desde 1935. Para …

Exumação de Francisco Franco já tem data marcada

Os restos mortais do ditador espanhol serão trasladados, esta quinta-feira, da Basílica do Vale dos Caídos, em Madrid, para o cemitério Pardo, nos subúrbios da capital espanhola. Em comunicado, o Governo espanhol adianta que, esta quinta-feira, …

"Sabe a muito pouco." Costa não tem "um Governo de combate"

No habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes disse que o novo Governo de António Costa não é novo, mas antes um "remodelação do anterior". "O primeiro erro político de António Costa" é, para …

A terceira eliminatória da Taça de Portugal deixou a sua "elite" ainda mais reduzida

Sete equipas da I Liga de futebol tombaram na terceira eliminatória da Taça de Portugal. A próxima ronda vai ter mais equipas do Campeonato de Portugal do que da "elite". A terceira eliminatória da Taça de …

Brexit volta a jogar-se no Parlamento. Presidente dos Comuns poderá travar nova votação

O Governo britânico, liderado pelo primeiro-ministro Boris Johnson, vai tentar aprovar o acordo alcançado para o Brexit no Parlamento esta segunda-feira, mas o Presidente da Câmara dos Comuns pode bloquear a nova votação. O sábado passado …

Ministério Público sabia quem era o informador do caso de Tancos (mas não disse a Ivo Rosa)

O Ministério Público pediu ao juiz de instrução Ivo Rosa que autorizasse escutas telefónicas a dois suspeitos de um assalto que ainda não tinha acontecido, mas omitiu um facto. O MP, de acordo com o semanário …

Presidente do Chile decreta estado de emergência e diz que país está "em guerra" contra grupos de "criminosos"

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, afirmou que o país está "em guerra" contra os "criminosos" responsáveis pelos protestos violentos que causaram vítimas mortais e que levaram o Governo a decretar o estado de emergência …