Milhares de apps Android acedem à nossa localização sem autorização

Mais de mil aplicações Android acedem à nossa localização, mesmo quando não lhes é concedida autorização. Os criadores das apps arranjaram formas de contornar o sistema de proteção da privacidade dos consumidores.

É uma prática comum as aplicações dos telemóveis com sistema operativo Android pedirem permissão para aceder a certas funcionalidades, como por exemplo, a localização. Quando escolhemos não conceder permissão para isto, não esperamos que a aplicação ignore a nossa ordem e o faça de qualquer maneira — mas a verdade é que isso acontece com milhares de apps.

A notícia avançada pela CNET tem como base as descobertas da uma equipa de investigação, que descobriu que milhares de aplicações ignoram as restrições impostas e acedem à nossa localização precisa. Caso já tenhamos concedido autorização a uma app, ela pode partilhar essa informação com outra aplicação.

Estas violações de privacidade permitem às empresas tecnológicas reunir grandes quantidades de informação relativa a onde vamos, com quem vamos e o que vamos fazer.

Apesar dos esforços da Apple e da Google em proteger a privacidade das pessoas ao obrigar as aplicações a pedir autorização para aceder à nossa localização, as apps continuam a arranjar formas de contornar este sistema. A Google irá lançar, ainda este ano, o Android Q, que promete resolver este tipo de problemas.

“Fundamentalmente, os consumidores têm muito poucas ferramentas e dicas que podem usar para controlar razoavelmente a sua privacidade e tomar decisões sobre isso”, disse Serge Egelman, investigador no International Computer Science Institute. “Se os criadores de aplicações podem apenas contornar o sistema, pedir permissão aos consumidores é relativamente inútil“.

As 1325 aplicações que violavam as permissões usavam soluções alternativas escondidas no seu código, que recolhiam dados pessoais através do Wi-Fi e de metadados armazenados nas fotografias.

A Disney, uma das empresas apanhadas pelos investigadores, não respondeu ao contacto feito pela CNET, enquanto a Shutterfly, uma aplicação de edição de fotos, negou aceder à localização dos dispositivos dos utilizadores sem autorização — apesar do que os investigadores descobriram.

A lista das 1325 aplicações que infringem a privacidade dos consumidores será divulgada na apresentação do estudo na Usenix Security Conference, em agosto.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É o que dá a Google Play Store ter controlo de qualidade 0. É por estas e por outras que prefiro iPhones e iPads, entre muitas outras razões.

  2. Tenho android e devo dizer que a Apple é a empresa que mais se esforça em proteger o utilizador a Google é disfarçadamente o oposto!

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …