Apple recusa-se a desbloquear iPhone do atirador de San Bernardino

A empresa rejeita-se a cumprir a ordem do tribunal norte-americano por considerar que este desbloqueio pode pôr em risco a segurança dos seus clientes.

A Apple vai contestar a ordem judicial de um tribunal norte-americano que pretende que esta ajude o FBI a desbloquear o telemóvel de um dos atiradores do tiroteio de San Bernardino, avança a BBC.

O telemóvel em questão pertence a Syed Rizwan Farook, um dos atiradores do casal que em dezembro do ano passado matou 14 pessoas no centro de serviços sociais para deficientes mentais da região.

O FBI acredita que o aparelho pode ter informações cruciais para a investigação mas a empresa recusa-se a fazê-lo porque alega que isso pode pôr em risco a segurança dos seus clientes.

“O Governo dos Estados Unidos exigiu que a Apple dê um passo sem precedentes que pode ameaçar a segurança dos nossos clientes”, afirmou Tim Cook, atual CEO da empresa, num comunicado.

Desde setembro de 2014 que os dados contidos em dispositivos da Apple, tal como mensagens e fotografias, são encriptados. Se um certo dispositivo estiver bloqueado, é necessário introduzir um código para aceder a esses dados.

O utilizador em questão tem apenas dez tentativas para o fazer e, caso não consiga, esses mesmo dados são apagados.

O FBI pediu à empresa que faça apenas duas coisas. Em primeiro lugar, que altere o iPhone do terrorista para que exista um número ilimitado de tentativas. Segundo, quer que a Apple implemente um sistema que permita de forma rápida tentar diferentes combinações de passwords.

Face a esta situação, a Apple defende-se dizendo que nem mesmo a sua equipa consegue fazer esse tipo de coisas nos seus aparelhos.

“O FBI quer que façamos uma nova versão do sistema operativo que contorna vários meios de segurança importantes”, diz Cook.

“O Governo está a pedir-nos para hackear os nossos próprios utilizadores e para alterar décadas de avanços na segurança que protege os nossos clientes”.

“Nós não temos nenhuma simpatia por terroristas (…). Desafiamos as exigências do FBI com um profundo respeito pela democracia americana e pelo amor ao nosso país”, justifica o CEO.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …