Apple lança cartão de crédito em agosto

O cartão de crédito digital da Apple, feito em parceria com a Goldman Sachs, vai ser lançado em agosto. A notícia foi revelada pelo presidente executivo da Apple, Tim Cook, durante a conferência de resultados trimestrais da empresa.

Segundo noticiou a CNBC, citada pelo Observador na quarta-feira, o Apple Card vai funcionar com a aplicação Apple Wallet e com o serviço Apple Pay, disponível em produtos da empresa e que permite fazer pagamentos com o ‘smartphone’.

Quando foi apresentado, em março deste ano, Tim Cook disse: “É a forma mais simples e segura de pagar, com um crescimento enorme”. O serviço, que vai estar disponível em mais de 40 países até ao fim do ano, “foi criado baseado em princípios de simplicidade e privacidade”, afirmou.

“O Apple Pay tornou-se na forma preferida de pagar por quase tudo, mas queríamos mais, portanto decidimos mudar o cartão de crédito”, disse Tim Cook na altura. O objetivo do Apple Card é simplificar as aplicações, eliminar os custos de transações, diminuir os juros e dar mais privacidade aos utilizadores de cartões de créditos.

A inscrição para o cartão de crédito no Apple Card é feita no iPhone, gerando um cartão digital que é aceite em “milhões de lojas físicas e ‘online'”. Os dados relativos aos gastos com o Apple Card estarão disponíveis na ‘app’ do Apple Wallet.

O programa de prémios por utilização do Apple Card vai ser o Daily Cash, um sistema que substitui os pontos por utilização por “dinheiro real” – 2% de cada compra feita com um iPhone ou Apple Watch é devolvido, podendo ser utilizado noutras compras ou transferido para outras pessoas.

Em compras feitas diretamente à Apple são devolvidos 3% dos gastos. A quantidade de Daily Cash paga pela Apple ao utilizador é ilimitada, explicou a empresa em março.

De acordo com a Apple, este cartão de crédito não vai cobrar qualquer taxa de atraso, anuidade, transferência internacional ou gasto acima do limite.

“O nosso objetivo é tornar mais fácil pagar as dívidas, não aumentá-las”, afirmou a empresa durante a apresentação. Ainda não se sabe como é que este serviço vai funcionar fora dos Estados Unidos, onde vão ser cobradas taxas entre 13,24% e 24,42% nos juros.

A Goldman Sachs vai ser o banco responsável pela emissão dos Apple Cards, colaborando com a MasterCard para que os mesmos possuam validade internacional. O cartão físico, para quem o queira ter, vai ser feito de titânio.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pensilvânia certifica vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

As autoridades da Pensilvânia certificaram, esta terça-feira, a vitória do democrata naquele estado nas eleições presidenciais norte-americanas. Na sua conta do Twitter, o governador local, o democrata Tom Wolf, escreveu que o Departamento de Estado da Pensilvânia …

Nos Países Baixos, há drive-ins para as crianças poderem visitar o Pai Natal em tempo de pandemia

Muito se tem falado de como será o Natal neste ano atípico. Contudo, há países que já começam a arranjar alternativas para a época festiva. Nos Países Baixos, os drive-ins estão a ser usados para …

Vereador da Educação de Lisboa ameaça autarca com “um par de murros”

O vereador da Educação da Câmara de Lisboa afirmou, num comentário no Facebook, em resposta a uma publicação de um vogal da Junta de Freguesia do Areeiro, estar disponível para lhe dar "um par de …

Papa Francisco critica negacionistas da covid-19 e fala da morte de George Floyd

O papa Francisco, num livro esta segunda-feira publicado, criticou os opositores ao uso de máscaras ou outras restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, sublinhando que nunca se manifestariam contra a morte do afro-americano …

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …

Estado de emergência. Maioria dos portugueses concorda com novas medidas de restrição

Uma sondagem da Intercampus para o Correio da Manhã revela que a maioria dos portugueses concorda com o regresso ao estado de emergência e com as restrições impostas pelo Governo. De acordo com o Correio da …

Taarabt é o terceiro jogador do Benfica infetado com covid-19

O internacional marroquino também testou positivo à covid-19, dois dias antes de o Benfica, que já tinha previstas oito baixas no plantel, defrontar o Rangers para a Liga Europa.  Depois de Darwin Nuñez e Julian Weigl …

Oposição israelita pedirá dissolução do parlamento e novas eleições

O líder da oposição israelita, Yair Lapid, anunciou na segunda-feira que apresentará na próxima semana uma iniciativa para dissolver o Knesset (parlamento) e convocar eleições, num contexto de tensão na coligação governamental, noticiou a agência …