Apple lança cartão de crédito em agosto

O cartão de crédito digital da Apple, feito em parceria com a Goldman Sachs, vai ser lançado em agosto. A notícia foi revelada pelo presidente executivo da Apple, Tim Cook, durante a conferência de resultados trimestrais da empresa.

Segundo noticiou a CNBC, citada pelo Observador na quarta-feira, o Apple Card vai funcionar com a aplicação Apple Wallet e com o serviço Apple Pay, disponível em produtos da empresa e que permite fazer pagamentos com o ‘smartphone’.

Quando foi apresentado, em março deste ano, Tim Cook disse: “É a forma mais simples e segura de pagar, com um crescimento enorme”. O serviço, que vai estar disponível em mais de 40 países até ao fim do ano, “foi criado baseado em princípios de simplicidade e privacidade”, afirmou.

“O Apple Pay tornou-se na forma preferida de pagar por quase tudo, mas queríamos mais, portanto decidimos mudar o cartão de crédito”, disse Tim Cook na altura. O objetivo do Apple Card é simplificar as aplicações, eliminar os custos de transações, diminuir os juros e dar mais privacidade aos utilizadores de cartões de créditos.

A inscrição para o cartão de crédito no Apple Card é feita no iPhone, gerando um cartão digital que é aceite em “milhões de lojas físicas e ‘online'”. Os dados relativos aos gastos com o Apple Card estarão disponíveis na ‘app’ do Apple Wallet.

O programa de prémios por utilização do Apple Card vai ser o Daily Cash, um sistema que substitui os pontos por utilização por “dinheiro real” – 2% de cada compra feita com um iPhone ou Apple Watch é devolvido, podendo ser utilizado noutras compras ou transferido para outras pessoas.

Em compras feitas diretamente à Apple são devolvidos 3% dos gastos. A quantidade de Daily Cash paga pela Apple ao utilizador é ilimitada, explicou a empresa em março.

De acordo com a Apple, este cartão de crédito não vai cobrar qualquer taxa de atraso, anuidade, transferência internacional ou gasto acima do limite.

“O nosso objetivo é tornar mais fácil pagar as dívidas, não aumentá-las”, afirmou a empresa durante a apresentação. Ainda não se sabe como é que este serviço vai funcionar fora dos Estados Unidos, onde vão ser cobradas taxas entre 13,24% e 24,42% nos juros.

A Goldman Sachs vai ser o banco responsável pela emissão dos Apple Cards, colaborando com a MasterCard para que os mesmos possuam validade internacional. O cartão físico, para quem o queira ter, vai ser feito de titânio.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …