App da Proteção Civil da Madeira acelera socorro às vítimas há um ano (e parece estar a resultar)

Paulo Cunha / Lusa

Um ano e nove mil downloads depois: o ProCiv Madeira, a aplicação para smartphones que tem reduzido o tempo de socorro, parece estar a ter resultados positivos.

José Dias, presidente do Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira (SRPCM), explica que esta aplicação “surgiu da necessidade de traduzir um socorro mais eficaz e eficiente”.

O ProCiv Madeira, a aplicação para smartphones que tem reduzido o tempo de socorre e ajudado os utilizadores a encurtar distâncias para os principais serviços de saúde e emergência, foi lançada em abril de 2017 e atualizada este mês de maio.

Pouco mais de um ano depois, o balanço é muito positivo. José Dias refere que situações de emergência, como operações de resgate em montanha, prolongavam-se por largas horas, mas agora, graças à aplicação, são muito mais rápidas.

Segundo o Público, entre as várias funcionalidades do ProCiv destaca-se a geolocalização. Sempre que a chamada para o 112 é realizada através da aplicação, a Proteção Civil consegue saber o local exato do pedido de socorre, uma informação especialmente útil numa região em que, anualmente, perto de uma centena de turistas se perdem ou sofrem acidentes na montanha.

Além disso, esta funcionalidade é também muito importante nos casos em que, por algum motivo, a vítima não consegue pormenorizar a sua localização, mesmo sendo uma vítima local.

Certo é que a aplicação, desenvolvida pela start-up madeirense Dobsware, tem impressionado as autoridades nacionais ligadas à proteção Civil e aumentado o interesse neste tipo de sistema de alertas automático que a app disponibiliza. David Olim, CEO da Dobsware, disse ao diário saber da existência “de alguns contactos entre a Proteção Civil nacional e o serviço regional, mas até agora não houve nada oficial“.

Em português, inglês, alemão e francês, a aplicação está disponível para os sistemas IOS (Apple) e Android (Google) e permite contactar diretamente os serviços de emergência a partir do menu inicial. Aí, é feita a triagem e o pedido de ajuda é classificado numa categoria mais específica: incêndio, ambulância, caminhadas ou geral.

Além disso, a aplicação pode fornecer dados adicionais ao 112, uma vez que permite a criação de um perfil de cada utilizador, com informações genéricas como a idade e os contactos pessoais, a detalhes mais específicos como o tipo sanguíneo ou doenças conhecidas.

“Se o perfil médico estiver preenchido, quando o utilizador contactar os serviços de emergência através da app, além de indicar a sua localização está a adiantar um conjunto de informações relevantes”, explica David Olim.

Com esta aplicação instalada, o utilizador passa também a receber os alertas emitidos pelo Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira e pelo Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) que sejam relevantes para a aérea geográfica onde se encontra.

Desta forma, passa a ter acesso a boletins informativos sobre a situação operacional nesse momento, indicações de estradas encerradas e percursos alternativos, contactos e direções para farmácias, postos florestais, centros de saúde ou hospitais, forças policiais e bombeiros, e até para o local onde está o desfibrador automático externo mais próximo.

David Olim refere que a Dobsware analisou aplicações semelhantes quando estava a trabalhar na ProCiv Madeira e uma delas foi a Prociv Azores, que começou a funcionar em março de 2016. A particularidade mais evidente desta aplicação é a atenção dadas aos sismos que, na Madeira, foi substituída pelos incêndios e acidentes em montanha.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …