Após nove anos como deusa viva, Matina está de volta à escola

(dr) Green Peace Co-ed School

A ex-Kumari Matina Shakya vai à escola

Depois de viver como deusa viva “Kumari” durante nove anos em Katmandu, capital do Nepal, Matina Shakya regressou à escola na qual estudou antes de ser entronizada e espera agora viver como uma estudante comum.

Em setembro, Trishna Shakya, de 3 anos, foi escolhida como a nova deusa viva do Nepal e levada para o Kumari ghar. A nova Kumari de Katmandu sucede a Matina Shakya, de 12 anos, Kumari há nove anos.

Em 2008, com cerca de três anos de idade, Matina foi escolhida pelo clã budista Shakya para ser a reencarnação da deusa hindu Taleju, através de um rigoroso processo liderado por sacerdotes e astrólogos.

De acordo com a tradição, Matina foi então entronizada como “Kumari”, ou deusa viva, até ter a sua primeira menstruação – altura em que, segundo a tradição nepalesa, a deusa deixa o corpo de menina para se tornar uma mulher.

Para ser ungida como Kumari Real, a menina precisa de ter 32 características consideradas características de perfeição. Entre elas, tem de ter uma pele sem manchas, cabelo negro, olhos expressivos, voz clara e braços longos e delgados.

Além disso, a transformação de menina em deusa reverenciada tem um alto custo. A menina deve estar isolada, longe da família e dos amigos. Deve também permanecer calma, de forma a que nunca expresse qualquer tipo de emoção.

Os seus pés não podem tocar no chão e deve usar sempre vermelho, cabelo preso e ter o olho de fogo pintado na testa, símbolo dos seus poderes de perceção.

Agora que deixou de ser deusa viva, Matina Shakya tenta adaptar-se à vida de uma estudante comum e ao seu novo quotidiano em casa. Depois de nove anos de restrições, a transição de volta à vida social normal é difícil.

A sociedade continua a temer ou a reverenciar a menina. Para além das dificuldades do dia-a-dia, a menina precisa de saber lidar, no seu futuro, com a superstição de que quem se casar com uma Kumari, morrerá seis meses após o casamento.

A ex-Kumari Rashmila Shakya, que escreveu a autobiografia “From Goddess to Mortal: the True Life Story of a Former Royal Kumari“, tentou mudar estas perceções e sensibilizar sobre a realidade de viver como uma deusa.

No seu livro, Rashmila enfatiza a pouca educação recebida pelas Kumaris e descreve os desafios de voltar à escola sem o conhecimento necessário para ter êxito.

Matina, a agora ex-Kumari Real, recebeu educação particular dentro do templo Kumari Ghar, a residência da deusa viva, até retornar à escola Green Peace Co-Ed School como uma criança comum.

Surendra Sthapit, diretora da instituição, explicou que Matina tinha aulas com um professor que a visitava na sua residência. Dadas as circunstâncias, “Matina é uma menina inteligente que se adaptou muito bem”.

Apesar de todos terem pensado que a adaptação iria ser difícil para Matina, a menina provou que estavam todos errados pouco tempo depois de ter iniciado as aulas na Green Peace Co-ed School, em Ganabahal. Trocou a carruagem pela lambreta do pai para ir todos os dias para a escola, comenta o fotojornalista Sunil Sharma.

A vida na Terra não é fácil. Nem mesmo para uma ex-deusa viva.

PARTILHAR

RESPONDER

Misterioso vírus recentemente descoberto desafia evolução

https://vimeo.com/368044917 Cientistas japoneses descobriram um novo tipo de vírus que pode desafiar e redefinir a nossa compreensão dos vírus e do processo como se espalham e propagam. Uma equipa de cientistas da Universidade de Agricultura e Tecnologia …

SpaceX quer enviar mais 40.000 satélites para o Espaço

Depois de um primeiro lançamento em meados de maio, a Space X pretende agora colocar mais 30.000 pequenos satélites em órbita, revelam documentos apresentados pela empresa de Elon Musk às autoridades de telecomunicações. De acordo …

Bola de fogo que sobrevoou o Japão em 2017 é um fragmento de um asteróide que pode atingir a Terra

Na madrugada de 28 de abril de 2017, uma pequena bola de fogo passou pelo céu de Quioto, no Japão. Agora, graças a dados da SonotaCo, os invetivadores determinaram que a rocha espacial era um …

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …