Anúncio de emprego falso para CEO do Google foi publicado no LinkedIn

pestoverde / Flickr

Sundar Pichai, atual presidente executivo do Google

Uma falha no sistema do LinkedIn permitiu que utilizadores criassem anúncios de emprego sem autorização das empresas em questão. O problema já foi resolvido.

Um anúncio de emprego falso para o cargo de presidente executivo, cargo atualmente ocupado por Sundar Pichai, foi publicado na quinta-feira no LinkedIn.

De acordo com o Público, o anúncio falso foi criado propositadamente pelo fundador de uma empresa de recrutamento holandesa, com o objetivo de demonstrar uma falha no sistema da rede social que permite aos utilizadores criar anúncios de emprego falsos sem a autorização da empresa em questão.

“O problema foi causado por um bug na nossa experiência profissional online que permitia aos membros editar [o campo da] empresa após um [anúncio de] emprego já ter sido publicado. O problema já foi resolvido“, esclareceu, em comunicado enviado ao Mashable, Paul Rockwell, dirctor do departamento de segurança do LinkedIn.

Foi Michel Rijnders, fundador da empresa holandesa de recrutamento online Flexwerven, quem alertou a rede social para a questão, através de uma denúncia no próprio LinkedIn. “Qualquer pessoa pode anunciar empregos atribuídos a qualquer empregador à sua escolha”, escreveu.

Para demonstrar a falha no sistema, Rijnders criou anúncios falsos, que estiveram temporariamente disponíveis, para o cargo de CEO do Google e do próprio LinkedIn, cujo presidente executivo é Jeff Weiner.

Após ter publicado o anúncio, Rijnders recorreu ao Twitter para revelar que o anúncio falto que tinha criado para CEO da Google tinha aparecido nas pesquisas do próprio serviço Google Jobs – ou seja, o Google agregou o anúncio falso à sua própria plataforma de procura de emprego.

Através de um URL externo, o bug permitia ainda redirecionar as pessoas que submeteram candidaturas para outros websites. Segundo Rijnders​, estas falhas estavam já a ser exploradas por plataformas para procurar emprego, como a Jooble.

Além da possibilidade de criar anúncios falsos, Rijnders alerta para potenciais riscos como phishing, uma forma de fraude eletrónica que permite aceder a informação pessoal dos utilizadores, e a usurpação de identidade.

O anúncio já foi removido do LinkedIn e o diretor de segurança, Paul Rockwell, garante que a rede social está a trabalhar para resolver a questão.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …