“Muito malabar”, diz Daniel Bessa sobre Costa

O antigo ministro da Economia, Daniel Bessa, considerou anedótica a descida do IRC para 12,5% no interior – medida recuperada pelo atual governo no Orçamento de Estado -, comparando o primeiro-ministro, António Costa a um malabar.

Segundo noticia a Renascença, o economista disse, durante as jornadas parlamentares do PSD que decorrem na guarda, que a medida é só para quem acredita em vacas que voam, comparando ainda o primeiro-ministro a um “malabar”.

“Se formos capazes de nos rirmos de nós próprios, com alguma capacidade de autocrítica – não é só de crítica -, se pensarmos bem nessa medida em vigor, é uma anedota”, lamentou o antigo ministro.

Malabar é um adjetivo utilizado para descrever algo relativo a malabarismos, espetáculo em que se fazem habilidades de equilíbrio e acrobacias, sendo também uma região da Índia.

Daniel Bessa continuou a reforçar as críticas ao primeiro-ministro, recordando a rábula das vacas que voam durante a apresentação do programa Simplex.

“Dizer que vamos fazer não sei bem o quê com os 12,5%, que o primeiro-ministro que acredita em vacas que voam, nisso se distinguindo, muito malabar, muito malabar, vacas que voam”, afirmou o economista.

“Se lhe ocorresse isso com a sua forma particular de estar, agora, a nós, a mim que ando sempre com os pés no chão, a coisa mais fantástica que vi foi um porco numa bicicleta. Isso ainda concebo, é do senhor Jorge Nuno Pinto da Costa: o porco, coitado, em cima de uma bicicleta. É o máximo do extraordinário que eu acredito, agora, uma vaca a voar, eu tenho alguma dificuldade”, atirou.

O antigo ministro da Economia considerou ainda que o melhor é pintar a cara de sempre em sinal de vergonha.

“Lá está, o porco em cima da bicicleta é no chão, onde eu ando, mas que nós nos sintamos confortados com isso, eu acho um horror e acho que devíamos pintar a cara, agora não sei se de preto, mas de uma cor qualquer que mostrasse a nossa vergonha”, frisou.

Daniel Bessa foi ministro da Economia do XIII Governo Constitucional, liderado por António Guterres, entre outubro de 1995 e março de 1996.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Como foi possível que este “malabar” tenha conseguido chegar a ministro ?
    Não é compreensivel a argumentação que fez para justificar a discordãncia com este governo.
    Seria mais útil e inteligente se apresentasse os números e as contas onde provasse que as medidas deste governo não estavam correctas ou contestasse os números apresentados pelo governo que provam a melhoria da situação económica do país face á trajectória que a politica “PASSOS e PORTAS & Companhia” tinha deixado.

RESPONDER

Terceiro estado de emergência? "É preciso em abril preparar um maio, maduro maio"

O Presidente da Assembleia da República já deixou antever que o Parlamento irá ter de debater, na próxima semana, uma segunda renovação do estado de emergência. Em declarações ao semanário Expresso, Eduardo Ferro Rodrigues cita uma música do …

Mourinho e jogadores do Tottenham apanhados a quebrar regras de isolamento

O técnico português José Mourinho e três jogadores do Tottenham foram apanhados a quebrar as regras de isolamento social decretadas no Reino Unido, segundo avança o diário britânico The Guardian. De acordo com fotografias e vídeos …

Infetados que furem quarentena podem arriscar prisão preventiva

Em Portugal, o crime de propagação de doença tem uma moldura penal que pode ir até oito anos de prisão, admitindo ainda medidas de coação privativas da liberdade, como é o caso da prisão preventiva. Assim, …

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …