Antiga vice-primeira-ministra do Canadá revela ter sido violada por deputado

Juan Manuel Herrera, OAS / Flickr

Sheila Copps, ex-vice-primeira-ministra do Canadá

Sheila Copps, ex-vice-primeira-ministra do Canadá

Uma antiga vice-primeira-ministra do Canadá revelou esta segunda-feira ter sido violada há “mais de 30 anos” e agredida sexualmente por um deputado, numa altura em que cresce no país o número de denúncias destas agressões.

Sheila Copps afirmou, em artigo publicado no semanário político The Hill Times, que foi “violada há mais de 30 anos por alguém que conhecia”.

Na altura fez queixa à polícia, mas esta apenas avisou o agressor para se manter à distância, por entender que era “impossível conseguir obter um veredito de culpado“.

Esta revelação acontece depois de terem sido conhecidos dois casos nos últimos dias, que voltaram a colocar em destaque o tema da violência sobre as mulheres.

Um animador vedeta da rádio pública CBC, Jian Ghomeshi, foi despedido depois de pelo menos nove mulheres alegarem que foram vítimas de violência da sua parte.

Através de um longo texto que publicou no Facebook, Ghomeshi contrapôs que as relações sexuais foram consentidas, admitindo que era adepto de práticas sadomasoquistas.

broadbentinst / Flickr

Vedeta da rádio pública CBC, Jian Ghomeshi foi despedido após acusações de assédio sexual

Vedeta da rádio pública CBC, Jian Ghomeshi foi despedido após acusações de assédio sexual

Na semana passada, dois deputados canadianos foram também suspensos pelo Partido Liberal do parlamento de Otava, no seguimento de queixas de assédio sexual por parte de duas deputadas de outro partido.

Sheila Copps, que também foi deputada, afirmou igualmente que tinha sido agredida sexualmente por um dos seus pares, no início da sua carreira parlamentar.

Coops recordou que estava a fazer uma série de consulta sobre a “violência feita sobre as mulheres“, no início dos anos 80, quando foi agredida por um colega deputado.

A ex-vice-primeira-ministra tinha então 28 anos e estava há menos de um ano no parlamento da província de Ontário, para onde tinha sido eleita em 1981.

“Ele procurou empurrar-me contra a parede e abraçar-me“, escreveu.

Depois de o ter afastado, “ao dar-lhe um pontapé onde dói“, o agressor parou. Na época, não apresentou queixa à polícia, por considerar que se tinha tratado apenas de “um gesto deslocado”.

O caso que envolve Jian Ghomeshi ganhou dimensão com os testemunhos diretos de algumas mulheres agredidas, como a jornalista do Guardian Ruth Spencer, vítima das violências do animador quando mantinha com ele uma relação platónica. A polícia de Toronto está a investigar as alegações.

Inspiradas por estes testemunhos, duas conhecidas jornalistas, Sue Montgomery, do diário The Gazette, de Montreal, e Antonia Zerbisias, do Toronto Star, também quebraram o silêncio, ao contarem as suas histórias de agressão sexual na rede social Twitter, convidando outras vítimas a fazerem o mesmo.

Milhares de outros casos, alguns dos quais envolvendo pessoas conhecidas, têm sido revelados no Canadá, onde o fenómeno se tornou viral, sob as palavras-chave “#BeenRapedNeverReported” e “#AgressionNonDénoncée”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …

Hackers expõem na cloud dados que roubaram de utilizadores do Spotify. Foi um acidente

Um grupo de piratas informáticos compilou uma base de dados com cerca de 250.000 palavras-passe do Spotify e armazenaram os dados na cloud. No entanto, esqueceram-se de proteger o armazenamento com uma palavra-passe. De acordo com …

Disney vai colocar em lay-off mais de 30.000 trabalhadores em 2021

A gigante norte-americana Walt Disney Company anunciou esta semana que vai colocar em regime de lay-off 32.000 trabalhadores no primeiro semestre de 2021 devido às quebras financeiras causadas por causada da pandemia de covid-19. A …

Ventura responde a Rodrigues dos Santos (e os ânimos à direita tornam-se cada vez mais ácidos)

Depois de Francisco Rodrigues dos Santos ter afirmado, em entrevista ao Sol, que o CDS "não fará alianças políticas com o partido Chega", André Ventura reagiu em tom irónico: "Como é que o Chega conseguirá …