Cientistas descobrem uma antiga “autoestrada” gigante no fundo do oceano

Há 500 milhões de anos, um antigo mar cobria o que é hoje parte do Canadá. Acreditava-se que este fundo oceânico fosse uma zona morta, desprovida do oxigénio necessário para sustentar a vida.

Mas, ao que parece, minúsculos vermes viveram bastante felizes nestes sedimentos oceânicos – até criaram a sua própria “autoestrada” de túneis, escavando o solo.

Vestígios destes túneis fossilizados foram encontrados em rochas recolhidas há décadas nas Montanhas Mackenzie, no Canadá, nos Territórios do Noroeste. Mas os cientistas descobriram mais recentemente os minúsculos túneis, depois de reanalisá-los, relataram num novo estudo publicado na revista Geology.

A descoberta lança luz sobre os ecossistemas oceânicos da região durante a era cambriana (543 milhões a 490 milhões de anos atrás), sugerindo que estes ambientes podem abrigar mais oxigénio – e mais vida – do que o esperado.

Os túneis que os vermes deixaram na rocha não eram visíveis a olho nu e foram detetados por acaso, disse Brian Pratt, professor de ciências geológicas da Faculdade de Artes e Ciências da Universidade de Saskatchewan.

Pratt e o co-autor Julien Kimmig, gerente de coleções de paleontologia de invertebrados do Instituto de Biodiversidade e Museu de História Natural da Universidade do Kansas, encontraram os túneis enquanto colaboravam noutro estudo publicado em 2018. Pratt e Kimmig estavam a preparar amostras para o estudo de 2018 quando descobriram algo que nunca tinham visto antes.

“Eu notei uma pequena variação nas sombras”, disse Pratt. Ele humedeceu a superfície lisa de uma amostra de rocha com álcool, digitalizou-a e melhorou o brilho e o contraste da imagem. De repente, apareceu “um tumulto de tocas”. Algumas áreas foram cruzadas por apenas alguns túneis, mas outras partes da rocha foram “completamente reviradas” pelas atividades dos vermes.

As formas de túnel preservadas foram excecionalmente bem definidas e não entraram em colapso, sugerindo que o sedimento em torno delas era firme.

Em largura, os túneis mediam entre 0,5 a 15 milímetros, feitos por vermes que variavam entre cerca de um milímetro de comprimento ao tamanho do dedo, de acordo com o estudo. A maioria das tocas era minúscula, escavada por vermes que vasculhavam os sedimentos do oceano em busca de matéria orgânica para comer.

Também contidos na rocha estavam os corpos preservados de vermes e “fezes grandes” contendo fragmentos de tecidos do corpo que provavelmente pertenciam a outros vermes que foram comidos.

Esta evidência mostra um antigo habitat do fundo do mar, num ecossistema oceânico que era muito mais rico – em oxigénio e espécies – do que o esperado.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …

Governo quer desempregados e trabalhadores em lay-off a reforçar lares e hospitais

O Governo criou uma medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde com o objetivo de apoiar as entidades do setor social e solidário. De acordo com o ECO, o Governo …

Recibos verdes podem pedir apoio a partir desta quarta-feira. Será pago ainda este mês

O apoio por quebra de atividade destina-se a trabalhadores independentes que nos últimos 12 meses tenham tido obrigação contributiva em pelo menos 3 meses consecutivos. O formulário para os trabalhadores independentes pedirem apoio por redução de …

"Este mês é perigosíssimo!" Costa avisa que "não podem ir à terra" na Páscoa

"As pessoas não podem ir à terra!" O alerta é de António Costa que avisa que este mês de Abril "é perigosíssimo" por causa da Páscoa. O primeiro-ministro recomenda também aos emigrantes que não venham …

13% dos casos de covid-19 em Portugal são profissionais de saúde. Há 10 médicos nos cuidados intensivos

Um em cada oito infetados com o novo coronavírus em Portugal é profissional de saúde. O número de médicos, enfermeiros, auxiliares e outros trabalhadores de hospitais e centros de saúde que estão contagiados não pára …

Curva em Itália parece estar a aplanar. Confirmado primeiro caso num campo de refugiados grego

A Itália registou mais 4.053 casos positivos e mais 837 mortes em 24 horas, valores semelhantes aos de segunda-feira e que sugerem que a curva da covid-19 parede estar a estabilizar. De acordo com o Observador, …

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser contabilizada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …