Estado está há quase quatro anos para contratar psicólogos e nutricionistas

Os concursos para a contratação de 40 psicólogos e 40 nutricionistas, abertos em 2018, ainda não terminaram, quase quatro anos depois.

Em agosto de 2018, o Estado abriu concursos para a contratação de 40 psicólogos e 40 nutricionistas para centros de saúde. Quase quatro anos depois, ainda nenhum profissional foi contratado, esperando-se que o processo fique concluído em maio deste ano.

O objetivo é contratar um total de 80 estagiários, com vista à obtenção do grau de especialista da carreira dos técnicos superiores de saúde, nos ramos Nutrição e Psicologia Clínica, explica o Jornal de Notícias.

A demora é justificada pelo facto de terem concorrido milhares de pessoas e, segundo as regras da contratação, todos devem ser entrevistados por um júri.

Se a situação já tinha tudo para não ser célere, a pandemia de covid-19 ainda veio suspender a fase de entrevistas, atrasando ainda mais o processo.

A colocação dos profissionais “ocorrerá após o decorrer de todas as fases necessárias à conclusão dos respetivos concursos, o que se prevê ficar concluído até ao final do mês de maio”, disse a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) ao JN.

O concurso dos nutricionistas, para o qual ficaram habilitados 988 candidatos na fase inicial, está mais adiantado. Ainda esta semana começará o processo de escolhas dos locais de estágio.

Por sua vez, o concurso dos psicólogos está com maior atraso, já que teve 2.528 candidatos na primeira fase. Estão a decorrer os procedimentos necessários para a publicação da lista de ordenação final de candidatos.

O concurso para contratar nutricionistas para as escolas abriu em janeiro e deverá ser mais rápido e menos burocrático, já que dispensa as entrevistas a todos os candidatos.

No total, concorreram cerca de 400 nutricionistas para as nove vagas abertas. Apenas os finalistas estarão sujeitos a uma entrevista presencial.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.