“É uma anomalia que Portugal e Espanha não sejam um mesmo Estado”

Edward the Confessor / wikimedia

O escritor espanhol Arturo Pérez-Reverte.

O escritor espanhol Arturo Pérez-Reverte assume-se “profundamente iberista” e considera que “é uma anomalia que Portugal e Espanha não sejam um mesmo Estado”. Diz também que uma “Federação Espanha-Portugal seria uma potência indiscutível”.

Posições assumidas pelo escritor em entrevista ao Diário de Notícias (DN) no âmbito do lançamento do seu livro “Uma História de Espanha” em Portugal.

“É uma anomalia que Portugal e Espanha não sejam um mesmo Estado ou que não formem um mesmo território político”, atira Pérez-Reverte, frisando que, nos que dias que correm, “essa separação é uma sorte para os portugueses porque estão distantes do desastre político, económico e social em que Espanha se converteu”.

“A fronteira entre Portugal e Espanha é uma fronteira artificial que somente a história traçou”, acrescenta o escritor, notando que se “durante os anos em que foi rei de Portugal”, Felipe II “tivesse mudado a capital do mundo ibérico para Lisboa, teríamos feito todos, portugueses e espanhóis, uma Ibéria atlântica e não uma Espanha estupidamente sangrada na Europa, e seria sido muito diferente a nossa história e a do mundo”.

“Se houvesse uma federação Espanha-Portugal, esta contaria com a influência de Portugal no Brasil e em África e de Espanha na América, o que se fôssemos dirigidos por governantes inteligente e com sentido de história, de dignidade e de futuro, nos tornaria uma potência indiscutível“, acredita também Pérez-Reverte.

O escritor espanhol confessa-se “profundamente iberista” à imagem do “grande amigo” José Saramago, “tanto que me sinto em Portugal tão na minha casa como em Cartagena ou na Andaluzia”, realça.

“Conheço bem a história de Portugal, que também é amarga em muitos sentidos, mas os portugueses agora estão a salvo porque não existe uma confederação ibérica. Assim, tenho um lugar para me refugiar quando a Espanha se tornar insuportável”, sustenta ainda.

Nesta entrevista ao DN, Pérez-Reverte diz que já não acredita que essa União Ibérica ainda seja possível. “E lamento porque Espanha está demasiado concentrada na sua própria desgraça e divisão, e não imagino os espanhóis a melhorar”, sublinha.

“O grande erro político, social e histórico dos espanhóis é que nunca tenham olhado para Portugal sem estarem de costas voltadas para ele”, considera por fim.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Coitado! Viu-se ao espelho e encontrou uma anomalia. Tanto assim, que se contradiz ao ponto de defender o iberismo e, simultaneamente, dizer que estamos a salvo de Espanha. Tivemos uma experiência de 60 anos que chegou e sobrou. Portugal junto a Espanha seria mais um retalho naquilo que já é, e sempre foi, uma manta de retalhos. Obrigadinho mas já temos problemas que chegue! A única vantagem é que são nossos, não são problemas com catalães, bascos e o que mais houver.

  2. Desde que me lembro, de x em x anos lá vem uma “notícia” destas a pedido do movimento iberista para dizer que ainda estão vivos. O que é uma anomalia é Espanha ser um só estado, dada a pluralidade de nações que o integram. À força, mas integram. Claro que isto não pode ter boas consequências para as nações colonizadas pela nação dominante, e Castela é assim a besta negra da Galiza, País Basco e Catalunha. Já nem falo de Leão e Aragão, que já foram há séculos integradas em Castela e perderam entretanto todos os seus traços distintivos. Portugal livrou-se de boa, se fizesse parte de Espanha seria apenas uma província pobre, negligenciada e explorada como a Galiza.

  3. Qual Espanha e qual Portugal ? Ambos já não existem tirando para o futebol, são duas nações perdidas e subjugadas ao poder de Bruxelas, muitos dos aqui comentam armados em nacionalistas são os mesmos que no 25 de abril saem a rua a comemorar uma data que significa o fim da presença portuguesa em África, o abandono dos territórios que faziam parte de Portugal, coitados de todos vós cuja restia de patriotismo se resume a estes momentos nas redes sociais! A Ibéria foi subjugada, deste vez não pela força das armas como nós tempos romanos mas pela força do dinheiro, da corrupção dos traidores.

    • Oh alminha, de que buraco saíste tu??
      Então antes do 25 de Abril, com o “orgulhosamente sós”, com o povo todo na miséria e a tentar fugir, com uma taxa de analfabetismo brutal, sem cuidados de saúde, etc, etc, que nação existia??
      Enfim…
      A ignorância não pode ser desculpa para tudo – ainda por cima em pleno ano 2020 e com acesso à Internet!!

RESPONDER

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …