Angolana Nadir Tati apresentou “arte africana” na ModaLisboa

Miguel A. Lopes / Lusa

Lisbon Fashion Week: Nadir Tati

A angolana Nadir Tati apresentou este domingo em Lisboa a sua coleção para a próxima primavera/verão que é “arte africana”, mantendo a assinatura da designer de moda que passou de convidada a parte integrante do calendário da ModaLisboa.

A coleção, explicou Nadir Tati à Lusa no final do desfile no Pavilhão Carlos Lopes, “é arte africana” e “quando se fala em arte africana fala-se nos tecidos”. Para a próxima primavera, a designer angolana apostou na utilização da capulana, tecido tipicamente africano.

Nesta coleção, como em anteriores, Nadir Tati tentou manter a mesma linha.

“Tenho uma assinatura e é nela que me mantenho e que faço com que as pessoas acreditem no continente africano”, afirmou, referindo que quando fala em “continente africano” se refere “a todas as dificuldades que existem no continente no que diz respeito à indústria têxtil”.

O material utilizado na coleção, tal como as ideias para a conceber, foi busca-los, “naturalmente, aos países vizinhos [de Angola]: Nigéria, Congo, Gana e Camarões”.

Todo o trabalho concentrado na coleção que apresentou este domingo é “muito programado” e “feito ao detalhe, pensado ao detalhe, para poder dar resposta a todo este público, todos estes olhos que nunca mais acabam”.

Miguel A. Lopes / Lusa

Lisbon Fashion Week: Nadir Tati

Nadir Tati apresentou pela primeira vez uma coleção na ModaLisboa em março de 2015, como criadora convidada, e desde então é presença assídua, agora como um dos nomes do calendário oficial.

“Sei que quando apresento um trabalho aqui tenho a globalização, um conjunto de pessoas viajadas e que conhecem um pouco da história de África. É uma honra ter uma sala tão bonita e saber que não só os PALOP e o continente africano, mas todas as pessoas que ali estão e se orgulham e estão contentes com aquilo que tenho apresentado”, afirmou.

Nas próximas coleções, Nadir Tati irá “continuar com foco na globalização, na internacionalização e na mistura”. “Para que não só os africanos, mas Portugal e o continente europeu se sintam livres para usar os nossos tecidos e perceber a nossa forma de pensar”, referiu.

Desde a primeira vez que apresentou na ModaLisboa sente-se “mais à vontade em Portugal”. “Comecei como convidada e hoje faço parte do calendário. É muito bom. Se passear pelas ruas já sinto um carinho diferente, um número grande de pessoas vem dar os parabéns e dizer que de alguma forma tem acompanhado o meu trabalho”, contou.

A 49.ª edição da ModaLisboa termina hoje.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Colaborador de Macron investigado por agredir manifestante

A justiça francesa anunciou a abertura de uma investigação preliminar após a transmissão de imagens de um colaborador do Presidente Emmanuel Macron a agredir um manifestante no 1º de maio. A investigação também tem como alvo …

Mbappé vai doar todo o dinheiro que ganhou no Mundial

O jogador francês Kylian Mbappé prometeu oferecer os ganhos financeiros obtidos no Mundial 2018. E vai mesmo cumprir com a sua promessa. Kylian Mbappé prometeu e vai cumprir. O jogador da seleção francesa vai oferecer a totalidade …

MP abre inquérito sobre alegadas irregularidades na reconstrução de casas de Pedrógão

O Ministério Público abriu um inquérito para investigar alegadas irregularidades na reconstrução de casas afetadas pelos incêndios de Pedrógão Grande, em junho de 2017, disse à agência Lusa fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR). "Confirma-se a …

Bruxelas quer passageiros portugueses a pagar taxa aeroportuária em Lisboa

A Comissão Europeia considera que ao cobrar esta taxa apenas a não residentes, Portugal está a discriminar em função da nacionalidade. A Comissão Europeia enviou, esta sexta-feira, um parecer fundamentando a Portugal reclamando que a taxa …

Justiça espanhola recusa extradição de Puigdemont apenas por peculato

O Tribunal Supremo espanhol decidiu cancelar o mandado europeu de detenção do ex-presidente do Governo catalão, recusando-se a julgar o independentista em fuga apenas pelo alegado delito de peculato e não pelo de rebelião. O juiz …

Militante envolvido na falsificação de fichas do PS nomeado para administrador de saúde

Um dos novos administradores que o Governo nomeou para o Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro, António João Paredes, é um militante que esteve envolvido no processo de fichas falsas do PS de …

Francisco J. Marques constituído arguido no caso dos e-mails

Francisco J. Marques foi interrogado pela PJ a em março deste ano, na qualidade de arguido, no âmbito do chamado caso dos e-mails, relacionado com a divulgação, no Porto Canal, de correio eletrónico do Benfica. O …

Facebook vai banir notícias falsas e violência (mas não a negação do Holocausto)

O Facebook vai remover informações falsas publicadas na rede social que possam contribuir para atos de violência iminente, anunciou a empresa, que já testou a medida no Sri Lanka, recentemente abalado pelos conflitos inter-religiosos. “Estamos a …

João Benedito formaliza candidatura à presidência do Sporting

O antigo guarda-redes e ex-capitão da equipa de futsal do Sporting apresentou, esta quinta-feira, a sua candidatura às eleições do Sporting. João Benedito, o mais recente candidato à presidência do Sporting, apareceu juntamente com a sua …

China lança centro de investigação para clonar primatas

A China lançou um centro de investigação para clonar primatas, na cidade de Xangai, que permitirá avançar no diagnóstico e tratamento de doenças celebrais, informou esta quinta-feira a imprensa local. O centro, que faz parte de …