Ana Gomes defende mais financiamento para investigação ligada ao mar

European Parliament / FLickr

Ana Gomes, antiga eurodeputada do Partido Socialista

A candidata presidencial defendeu, esta terça-feira, mais financiamento para a investigação ligada ao mar, área em que considera que o país tem de passar da retórica à prática para aumentar a exploração inteligente dos recursos marinhos.

“Portugal tem que passar da esplêndida retórica sobre o mar à prática”, afirmou Ana Gomes em Peniche, defendendo a criação de meios para que o país exerça “efetiva jurisdição sobre essa tremenda zona territorial que é o mar, e a terra por baixo do mar, onde há extraordinários recursos que precisam de ser identificados, mapeados, preservados e, eventualmente, explorados, mas de forma sustentável e inteligente“.

Numa ação de pré-campanha dedicada ao mar, a diplomata e ex-eurodeputada do PS visitou o Cetemares, um centro de investigação em ciências do mar e do ambiente, onde chamou a atenção para “os recursos que ficam no mar”.

Aludindo à biodiversidade, como as algas ou peixes que “não são utilizados em Portugal, não são consumidos” e são “deitados borda fora” por não se conhecerem “as [suas] aplicações”, Ana Gomes considerou tratar-se de espécies que “hoje já poderiam ser altamente rentáveis, se fossem trabalhadas”.

Reconhecendo “a importância” de centros de ciência como o Cetemares, um polo do Instituo Politécnico de Leiria (IPL) onde “se desenvolve o conhecimento científico em ligação com o mundo empresarial”, a candidata alertou para a necessidade os institutos ligados à investigação terem “muito melhor financiamento” e maior “autonomia para desenvolver os seus projetos científicos”.

Alertada pelos responsáveis do centro para a situação de precariedade de alguns investigadores, que não viram renovadas as bolsas de investigação, a antiga dirigente socialista afirmou, em declarações aos jornalistas, tratar-se de uma situação “insustentável” e que “tem que mudar”.

No final da visita, Ana Gomes defendeu ainda uma maior aposta na aquacultura, “área de que Portugal tem uma absoluta necessidade, visto ser um país “que importa peixe (…) que poderia ser produzido cá”.

Em Peniche, a candidata às eleições presidenciais que se realizam a 24 de janeiro de 2021 visitou ainda a fortaleza onde está instalado o Museu Nacional da Resistência.

O dia dedicado ao mar prossegue na Nazaré, onde durante a tarde Ana Gomes visita o Porto de Pesca, o Forte de S. Miguel e empresas ligadas à exportação de pescado.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …