Ana Gomes diz que diretiva europeia sobre branqueamento de capitais é aplicável a Rui Pinto

Tiago Petinga / Lusa

A embaixadora e ex-MPE, Ana Gomes

A ex-eurodeputada socialista Ana Gomes disse hoje em Lisboa que pode aplicar-se ao ‘hacker’ Rui Pinto a diretiva europeia sobre branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo, sem esperar pela transposição de legislação sobre o estatuto de denunciante.

Ao ser questionada pelos jornalistas sobre a demora na transposição para o ordenamento jurídico nacional do estatuto do denunciante, Ana Gomes lembrou que apesar de esse estatuto ser “muito importante”, o Governo tem dois anos para o poder trabalhar.

Ana Gomes considerou, no entanto, que essa diretiva não é a que se aplica ao caso de Rui Pinto, mais sim uma outra que já está em vigor na legislação portuguesa, que é a 4.ª diretiva contra o branqueamento de capitais e o financiamento do terrorismo.

A também antiga embaixadora em Jacarta, referiu que essa diretiva diz, no artigo 38.º, que os Estados-membros ”têm a obrigação de proteger os indivíduos que dentro ou fora das organizações reportem crimes de branqueamento de capitais e financiamento de terrorismo” e que, “sem dúvida, Rui Pinto, quer através do caso Football Leaks, quer através do Luanda Leaks, reportou crimes de branqueamento de capitais e o tipo de criminalidade subjacente, como crimes fiscais e outros”.

Ana Gomes defendeu que a diretiva do estatuto de denunciante obriga a que este pertença a uma organização, e que no caso de Rui Pinto a 4.ª diretiva alarga a obrigação de proteção de denunciante a todas as pessoas que reportem crimes de branqueamento de capitais e criminalidade conexa.

“Essa diretiva já está em vigor, é a que deve de ser utilizada pelos agentes da justiça em Portugal para olhar para o caso de Rui Pinto”, disse a antiga eurodeputada à margem de uma cerimónia comemorativa do quinto aniversário e inauguração da sede do Observatório das Crianças – 100 Violência”, que foi presidida pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e que contou a com a presença do secretário de Estado da Justiça e do presidente da associação, o magistrado Rui Pereira.

Ana Gomes disse que na cadeia onde está em prisão preventiva, Rui Pinto está sob proteção das autoridades, mas que “devia era estar livre, porque esta prisão preventiva é insuportável, é seletiva”.

“Não conheço mais nenhum caso de pessoa que esteja acusada de extorsão em forma tentada que tenha sido preso preventivamente. Mesmo até casos de extorsão em que houve condenações tiveram penas suspensas, portanto devia estar em liberdade, naturalmente com segurança, visto que foi da responsabilidade das autoridades portuguesas trazê-lo para Portugal, a aguardar julgamento e a colaborar com as autoridades e espero que seja isso que seja compreendido pelas autoridades judiciais portuguesas”, declarou.

Ana Gomes admitiu que os crimes que possam ser imputados a Rui Pinto, como, por exemplo, de acesso ilegal, “são crimes que têm de ser apreciados em julgamento”, mas o facto de Rui Pinto ser um ‘hacker’ não impede que seja também um denunciante com estatuto de denunciante e que deva de ser protegido.

“O que é completamente absurdo é a interpretação das autoridades portuguesas de que, porque os ‘leaks’ foram obtidos por acesso ilegal eventualmente, elas têm que o desconhecer, não. Nos termos do princípio da legalidade o Ministério Público (MP) desde que tenha notícia de um crime tem de investigar e as notícias dos ‘leaks’ são óbvias e retumbantes e o MP não o pode desconhecer”, sublinhou.

A antiga eurodeputada sublinhou que “não foram as autoridades que cometeram qualquer crime de obtenção de provas proibidas “ e que “não é isso que está em causa, pois o acesso ilegal é uma questão cuja responsabilidade se verá, mas uma coisa é certa: uma vez que há notícia no domínio público, não interessa como as provas foram conseguidas, é impossível as autoridades desconhecerem-nas e é por isso que existe a contradição das autoridades a dizerem que não e não fizeram nada relativamente ao Football Leaks, mas em relação ao Luanda Leaks não podem desconhecer porque inclusivamente estão a ser solicitadas pelas autoridades angolanas no quadro de cooperação bilateral”.

“Têm de olhar para elas e agir, é preciso que ajam e ajam rápido”, enfatizou.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. PT é uma Coreia do Norte, China um Regime Macaco.
    O Junckers já disse aberta e claramente que a UE começa em Espanha. E sabe porquê, porque PT não cumpre na integra o DIreito Comunitario, cumpre o que lhe apeteçe o resto contorna ou simplesmente não aplica.
    A Lavagem de Cerebro dos Marxistas e dos trolhas é que fazem as pessoas acreditar que isto é um “espetáculo” de País quando é o contrario.

RESPONDER

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …

"Ronaldo foi abandonado pela equipa". Imprensa italiana arrasa Juve e elogia CR7

O Lyon tirou partido do fator casa e surpreendeu a octocampeã italiana, Juventus, em França, e ganhou esta quarta-feira uma vantagem importante - embora ténue - na eliminatória com os bianconeri para a Liga dos …

Costa desaconselha viagens de finalistas. Associação de pais diz que "não vale o risco"

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu esta quinta-feira que Portugal acabará por ter casos de coronavírus "mais cedo ou mais tarde". No entender líder do Executivo, que falava aos jornalistas em Bragança à margem da primeira …

Esquerda está contra, PSD não dá a mão. Montijo está em risco (mas "não há drama")

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, vai respeitar a decisão da maioria do Parlamento. "Acataremos, não há drama". Esta quarta-feira, Pedro Nuno Santos respondeu às críticas da esquerda acerca da vontade do Governo …

Reino Unido admite abandonar negociações com a União Europeia

O Governo britânico admite abandonar as negociações com a União Europeia (UE) para um acordo pós-Brexit se não houver progressos até junho, refere um documento publicado esta quinta-feira com a posição do Reino Unido. Num documento …

Bancos avisam: Proibir comissões vai levar a fecho de balcões e despedimentos

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) é contra a proibição de comissões bancárias ou a sua limitação em valor e em número, no MB Way e nos contratos de crédito. As propostas vão ser discutidas …

Juiz Vaz das Neves usou Relação de Lisboa para ganhar 280 mil euros com julgamento privado

O juiz Luís Vaz das Neves, ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, usou o salão nobre do tribunal para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros. De acordo com o jornal Público, …

Sergio Ramos é rei e senhor dos cartões vermelhos. Domina em todas as provas

O central Sergio Ramos foi esta quarta-feira expulso pela 26.ª vez na derrota do Real Madrid no Bernabéu frente ao Manchester City (2-1), na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O futebolista espanhol …

Covid-19. Há oito novos casos suspeitos em Portugal (e vieram todos de Itália)

A Direção-Geral da Saúde confirmou 25 casos suspeitos, 18 dos quais tiveram resultados negativos depois de realizados testes laboratoriais. Nas últimas 24 horas, foram registados oito novos casos suspeitos. Dos novos casos suspeitos, cinco no Hospital …

SC Braga eliminado da Liga Europa. FC Porto e Benfica obrigados a vencer

O Sporting de Braga perdeu esta quarta-feira por 1-0 na receção aos escoceses do Rangers, em jogo da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, sendo eliminado da competição europeia. O …