Alterações climáticas podem colapsar os sistemas de saúde, alertam especialistas

(CC0/PD) _Marion / pixabay

Seca no deserto resultante do aquecimento global climático das alterações do clima

O quinto relatório anual da Lancet sobre saúde e clima revelou que todos os países enfrentam ameaças à saúde humana, “que se multiplicam e se intensificam” à medida que as alterações climáticas originam novas pandemias e tornam mais prováveis os colapsos dos sistemas sanitários.

Segundo o relatório, citado pelo Diário de Notícias, o calor extremo, a poluição do ar e a agricultura intensa abrem “as piores perspetivas para a saúde pública que a nossa geração já viu”.

Nas últimas duas décadas as mortes devido ao calor aumentaram 54% entre idosos. Ondas de calor extremas vitimizaram 300 mil pessoas só em 2018. Só França, nesse mesmo ano, morreram 8000 idosos, com um custo económico equivalente a 1,3% do PIB.

“As ameaças à saúde humana estão a multiplicar-se e a intensificar-se devido às alterações climáticas e, a menos que mudemos de rumo, os nossos sistemas de saúde correm o risco de ficar sobrecarregados no futuro”, disse Ian Hamilton, diretor executivo do relatório Lancet Countdown.

Também a exposição humana a incêndios florestais está a aumentar, tendo crescido em 128 países o número de feridos, mortos ou desalojados, desde o início de 2000. Já os aumentos projetados do nível do mar causados ​​por emissões de combustíveis fósseis, agricultura e transportes podem ameaçar deslocar até 565 milhões de pessoas até 2100.

Com mais de nove milhões de mortes por fome a cada ano, o relatório mostrou que a mortalidade ligada ao consumo excessivo de carne vermelha aumentou 70% em três décadas, sendo responsável por pelo menos 13 mil mortes em França em 2017.

A urbanização contínua, a agricultura intensiva, as viagens aéreas e os estilos de vida movidos a combustíveis fósseis tornariam pandemias como a de covid-19 muito mais prováveis no futuro, disseram os autores, que receiam que estes sejam utilizados pelos governos para impulsionar a recuperação económica.

Os investigadores pediram um “alinhamento do clima com a recuperação da pandemia” para benefícios económicos e sanitários de curto e longo prazo.

“Com centenas de milhões a ser investidos globalmente em apoio e estímulo económico, há uma oportunidade genuína de melhorar a saúde pública, criar uma economia sustentável e proteger o meio ambiente”, disse Maria Neira, diretora do Departamento de Meio Ambiente, Mudança Climática e Saúde na Organização Mundial da Saúde.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …