Alemanha suspende investigação do assassinato de família de Einstein por comando das SS

(dr)

Albert Einstein, Prémio Nobel da Física em 1921

Albert Einstein, Prémio Nobel da Física em 1921

A Procuradoria de Frankenthal, no oeste da Alemanha, suspendeu a investigação aberta à morte de vários familiares do Prémio Nobel de Física Albert Einstein, assassinados por um comando nazi há quase 70 anos.

A procuradoria informou que, depois de profundas investigações, foi colocada de parte a possibilidade de acusar os soldados da unidade especial que alegadamente participou nos factos, e que ainda se encontrem vivos, pelos assassínios realizados. Tanto o comandante da unidade, como outros presumíveis envolvidos nos assassínios, já morreram.

Os factos ocorreram a 03 de agosto de 1944 em Rignano sull’Arno, localidade italiana da província de Florença, onde se tinham refugiado Robert Einstein, primo de Albert Einstein, e a sua família.

Robert era procurado pela sua origem judia e, consciente disso, tinha-se escondido nas proximidades da casa, quando um batalhão de tropas nazis estacionado na região irrompeu na habitação.

Os soldados alemães encontraram a sua esposa e filhas, de 18 e 27 anos, e fuzilaram-nas depois de as acusarem de espionagem. O primo de Albert Einstein suicidou-se no ano seguinte.

A Procuradoria alemã começou a investigar o caso em 2007, depois de a Comissão Central de Investigação dos Crimes do Nacional-Socialismo, uma organização criada em 1958, ter reunido novas provas do homicídio.

Albert Einstein, Prémio Nobel da Física em 1921, abandonou a Alemanha depois da ascensão ao poder de Hitler, nos anos 30, aceitando o convite do Instituto de estudos Avançados, da Universidade de Princeton, para ir viver nos Estados Unidos.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ALbert Einstein mudou-se para a América depois de se divorciar (abandonar) a sua mulher Servia e o filho de ambos, deficiente profundo, por pressão da sua mãe judia que pressionou este abandono para que o filho casasse com uma americana judia muito rica. Daí a sua mudança para a América.
    A sua prolixa actividade científica enquanto casado com a primeira mulher cessou, repentinamente, quando a abandonou e se mudou para aquele continente, onde, consta, nada fez de notável.
    Daqui se influi que os trabalhos científicos publicados em artigos e assinados por si e pela servia, não eram mais do que produção da mulher e não seus. À parte imensos trabalhos dela que ele assinava sozinho como sendo seus.
    Inclusivé a “Teoria da Relatividade”.

    • Immanuel ,
      São uns malandros estes judeus.
      Sempre a aproveitarem-se dos outros. Só assim é que se compreende haverem tantos Prémios Nobel judeus…

RESPONDER

Pelo bem da economia, Cristas quer levar turistas a visitar o país

Assunção Cristas, líder do CDS, considera que é necessário organizar e diversificar a oferta turística e apostar na promoção turística. A presidente do CDS-PP defendeu esta quarta-feira, em Torres Vedras, uma maior promoção turística do país …

Facebook treina sistemas a reconhecer tiroteios com vídeos policiais

Para evitar casos como o que aconteceu em março na Nova Zelândia, quando um homem matou dezenas de pessoas em duas mesquitas e transmitiu o massacre em direto no Facebook, a rede social vai treinar …

Empresas que ponham trabalhadores a prazo nos quadros terão apoio até 3 mil euros

As empresas que convertam contratos a prazo em permanentes vão ter direito a um apoio até 3.050,32 euros por trabalhador, caso cumpram alguns requisitos, segundo uma portaria do Governo que será publicada esta quinta-feira. De acordo …

Bebé Matilde volta a ser operada na sexta-feira

A bebé Matilde vai voltar a ser operada na sexta-feira, depois de os médicos terem descoberto através de uma TAC que os ventrículos da criança “estão novamente aumentados". Assim, Matilde é operada pela segunda vez em …

Camiões a gás natural emitem mais óxido de azoto do que camiões a gasóleo

Os camiões movidos a gás natural liquefeito (GNL) emitem até cinco vezes mais óxido de azoto (NOx) do que os camiões a gasóleo, indicaram testes na estrada pedidos pelo Governo holandês e esta quarta-feira divulgados. Os …

França nega pedido de asilo a Edward Snowden

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Yves Le Drian, disse que não há razões para que o país mude a decisão de 2013 de recusar asilo a Edward Snowden, acusado de espionagem por ter publicado …

Ataque de milícias na República Democrática do Congo causa 14 mortos

Um ataque de milícias contra uma aldeia na região de Ituri, no leste da República Democrática do Congo (RDCongo), causou a morte de 14 pessoas, tendo outras quatro ficado feridas. A região tem sido alvo …

Morreu Ben Ali, ex-presidente da Tunísia

Ben Ali, ex-presidente da Tunísia que foi deposto em 2011 pela revolução que inspirou a Primavera Árabe, morreu esta quinta-feira na Arábia Saudita, avançou o advogado da família. Tinha 83 anos. "Ben Ali acabou de morrer …

Mulher que alegadamente pertencia ao cartel de El Chapo encontrada morta no México

Claudia Ochoa Felix, a mexicana de 35 anos que alegadamente pertencia ao cartel Sinaloa, liderado pelo narcotraficante El Chapo, foi encontrada morta numa casa em Culiacán, México, no fim de semana. Conhecida como “Kim Kardashian do …

Arábia Saudita vende prédio onde Jamal Khashoggi foi assassinado

A Arábia Saudita vendeu o edifício onde foi assassinado e desmembrado o jornalista Jamal Khashoggi. O prédio do Consulado, em Istambul, foi comprado há mais de um mês por menos de um terço do seu …