Alemanha está a preparar-se para um possível acidente nuclear na Bélgica

maol / Flickr

Central nuclear de Tihange 3, na Bélgica

Central nuclear de Tihange 3, na Bélgica

As autoridades alemãs estão a aumentar as suas reservas de Iodo, como medida preventiva, para diminuir o impacto da radiação caso ocorra uma fuga nuclear em alguma das centrais nucleares da sua vizinha Bélgica.

As autoridades de saúde do estado da Renânia-Vestfalia, no oeste da Alemanha, estão preocupadas com a falta de segurança das centrais nucleares belgas, motivo pelo qual terão decidido criar reservas de medicamentos contra os efeitos da radiação nuclear.

Segundo a agência Deutsche Welle, o estado adquiriu para já um primeiro lote de cápsulas de iodo, mas planeia adquirir no outono milhões de unidades adicionais, para garantir a segurança dos cidadãos em caso de acidente nuclear nas proximidades.

As centrais belgas de Tihange 2 e Doel 3 não se encontram muito longe da fronteira com a Alemanha. Tihange 2 está a apenas 60 quilómetros de Aachen, cidade renana com cerca de 240 mil habitantes.

(dr) Deutsche Welle

mapa de instalações nucleares na Bélgica

Mapa de instalações nucleares na Bélgica

Estas duas centrais deveriam ter encerrado em 2015, mas as autoridades belgas prolongaram o seu período de exploração por mais 10 anos, até 2025, para manter os postos de trabalho – decisão que despertou fortes críticas na Alemanha.

A tensão entre os dois países aumentou após a divulgação de relatórios segundo os quais alguns componentes de ambas as centrais começaram a dar sinais de fadiga dos metais, fenómeno de ruptura progressiva de materiais sujeitos a ciclos repetidos de tensão ou deformação.

Peritos alemães citados pela Deutsche Welle consideram que esta decisão “pode causar um desastre nuclear, motivado pelo desgaste dos materiais e metais usados na construção das duas centrais”.

E um desastre nuclear pode provocar uma fuga radioactiva.

As preocupações alemãs são ainda agravadas pelos recentes atentados terroristas em Bruxelas, havendo receios de que os terroristas possam em qualquer altura desviar as suas atenções para as centrais nucleares belgas.

Mais ainda depois de as autoridades belgas terem considerado, em dezembro de 2014, que a causa da paragem do reactor Doel 4, numa central nuclear no norte do país, e que obrigou ao seu encerramento, foi um acto terrorista de sabotagem.

No mesmo mês, um incêndio obrigou à paragem do reactor da central de Tihange 3, elevando para quatro o número de reactores nucleares então encerrados por motivos de segurança na Bélgica.

Bruxelas rejeita no entanto os argumentos alemães, garantindo que as duas centrais “cumprem os mais estritos requisitos de segurança”.

seanbonner / Flickr

O iodeto de potássio protege a tiróide contra a radiação nuclear, porque a glândula absorve o iodo do sal em vez do iodo radioactivo

O iodeto de potássio protege a tiróide contra a radiação nuclear, porque a glândula absorve o iodo do sal em vez do iodo radioactivo

As garantias belgas parecem não ter convencido as autoridades da vizinha Renânia-Vestfalia, que, demasiado longe do mar, demasiado perto das centrais, decidiram abastecer as suas reservas de iodo.

O uso do iodo – mais concretamente, de iodeto de potássio, KI – contra a radioactividade é uma estratégia utilizada para evitar as lesões causadas pela radiação nuclear.

O iodeto de potássio administrado preventivamente protege a tiróide da forma radioactiva de iodo libertada por acidentes nucleares.

Os lotes de iodo já adquiridos destinam-se a mulheres grávidas ou lactantes, crianças até 14 anos ou adultos maiores de 45 anos que residam na Renânia-Vestfalia.

Estes grupos populacionais deverão tomar o medicamento como medida preventiva, antes de um hipotético acidente nuclear.

Se o impensável acontecer mesmo, o procedimento será estendido a toda a população, em todo o território alemão.

Por cá, neste jardim à beira-mar plantado, resta esperar que as nuvens radioactivas nunca cheguem – e se tal acontecer, que o iodo que absorvemos nas nossas santas praias seja suficiente.

AJB, ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. SIM SIM! Até porque nós nem temos uma central nuclear a 100 km da nossa fronteira, que já ultrapassou o tempo de vida normal e mesmo assim continua em funcionamento..

  2. Ora aí está uma notícia que os próprios jornalistas deveriam evitar.
    Já chegam os terroristas inteligentes que são capazes de pensar no assunto. É inútil dar ideias e inspiração aos outros – os dementes, que são os mais numerosos, como os recentes de Charleroi e Rouen.
    E, obviamente, incutir ainda maior terror nas populações. Neste caso, saber do problema não ajuda nada, porque nada se pode fazer individualmente.

  3. Ora aqui está uma notícia que os jornalistas deveriam não dar.
    É escusado dar ideias e inspirar os terroristas auto-proclamados, quase sempre malucos dementes. Já chegam os que são verdadeiramente inteligentes e capazes de pensar nestas coisas (e, infelizmente, há-os).
    Só serve para aumentar o senso de terror nas populações e ajudar os energúmenos a ganhar a guerra contra nós.
    Neste caso, saber a informação não ajuda nada, porque o indivíduo singular não pode fazer nada.

    • Caro senhor,
      Não é provável que os terroristas precisem das ideias do ZAP.
      Em contrapartida, o resto da população não devia meter a cabeça na areia – nem andar na rua de palas.

  4. Podemos não ser ricos como os belgas, espanhóis e outros, mas não fazemos porcarias destas. Aliás, no primeiro semestre do corrente ano estivemos quatro dias a consumir apenas energias renováveis.

  5. K mundo espetacular onde vivemos, em que as pessoas k mandam nisto não têm sensibilidade para tomar decisões a não ser k entre €€ no bolso!! Ainda dizem k a sociedade está a evoluir?! Discordo completamente. Trocava todos os políticos por um murro nas minhas trombas….

RESPONDER

"Onde estão as provas?". Advogado de Brueckner diz que o seu cliente "nunca" irá a julgamento no caso de Maddie McCann

Friedrich Fulscher, advogado de Christian Brueckner, disse este domingo estar "certo" de que o seu cliente, suspeito do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann no Algarve, "nunca" chegará a julgamento. "Onde estão as provas? Porque que …

Detido proprietário de jornal de Hong Kong ao abrigo da lei de segurança nacional

A polícia de Hong Kong fez buscas, esta segunda-feira, ao grupo de comunicação social Next Media, considerado pró-democracia, pouco depois da detenção do seu proprietário, ao abrigo da lei de segurança nacional. Dezenas de agentes das …

Detetado surto de covid-19 em lar do Barreiro. Há pelo menos 47 infetados

Um surto de covid-19 no Lar São José, no Barreiro, contabiliza 47 casos positivos e dois internamentos de idosos, mas a "situação está controlada", disse, este domingo, o delegado de saúde adjunto regional de Lisboa …

Índia regista recorde diário de mortes. Reino Unido atinge marca negra

O novo coronavírus continua a alastrar-se um pouco por todo o mundo. Enquanto alguns países estão a conseguir lidar com a pandemia de covid-19, outros estão a fracassar nessa tarefa. Este domingo, no total, registaram-se 6.106 …

"Um disparate". Presidente nega envolvimento na vinda de Juan Carlos para Cascais

O Presidente da República afirmou que “qualquer pessoa minimamente inteligente e sensata” perceberia que o chefe de Estado não se poderia envolver na questão do rei emérito de Espanha, classificando essa ideia como um "disparate". Em …

Plano do hidrogénio vai sair "muito caro" aos portugueses

Os fundadores da Tertúlia Energia defendem que o plano do hidrogénio do Governo tem várias lacunas e vai custar "muito caro" aos consumidores portugueses. Num artigo publicado no jonal ECO, os fundadores da Tertúlia Energia, Abel …

Governo vai lançar plano para salvar empresas viáveis em dificuldades (e perdoar juros ao Fisco)

O Governo vai lançar um plano para salvar empresas viáveis que será um novo mecanismo temporário para ajudar empresas que se encontrem em situação económica difícil ou em insolvência devido à pandemia. O plano, que se …

Fábio Silva a prazo no Dragão. Avançado deverá sair por 40 milhões

Fábio Silva deverá abandonar o FC Porto dentro dos próximos dias. O jovem avançado permitirá um encaixe de 40 milhões de euros para os cofres portistas. A saída de Fábio Silva do FC Porto parece praticamente …

"Há filhos e enteados?". Marques Mendes arrasa decisão "inacreditável" de realizar festa do Avante

Luís Marques Mendes criticou este domingo a realização da festa do Avante, considerando "inacreditável" que a habitual festa comunista seja realizada no atual contexto da pandemia de covid-19 em Portugal. No seu habitual espaço de …

Varandas só tem espaço para 24 jogadores. Metade será de Alcochete

Com o intuito de reduzir custos, o presidente sportinguista, Frederico Varandas, diz que quer um plantel com 24 jogadores para a próxima época. Cerca de metade são produtos de Alcochete. Frederico Varandas pretende encurtar o plantel …