Alemã de 87 anos condenada a prisão por negar Holocausto

cv KZ Kladderadatsch / YouTube

Ursula Haverbeck, alemã condenada a dez meses de prisão por negar a existência do Holocausto

Ursula Haverbeck, alemã condenada a dez meses de prisão por negar a existência do Holocausto

Uma alemã de 87 anos foi condenada a dez meses de prisão, por um tribunal de Hamburgo, por ter declarado que o genocídio dos judeus é “a maior mentira” da História, noticiou esta sexta-feira a imprensa alemã.

A alemã Ursula Haverbeck foi condenada na quinta-feira por “incitação ao ódio” depois de ter declarado em abril, durante o julgamento do antigo contabilista do campo de concentração de Auschwitz, Oskar Groning, que o Holocausto era “a maior e mais longa mentira” da História mundial.

Durante a audiência, a mulher de 87 anos qualificou a legislação alemã, que penaliza a incitação ao ódio e a negação do crime contra a humanidade, uma “lei destinada a perpetuar uma mentira”.

Ursula afirmou ainda que o campo de concentração de Auschwitz, símbolo da máquina da morte nazi, nunca foi um campo de extermínio.

A alemã, que vai recorrer da condenação, já tinha sido condenada por declarações semelhantes, mas esta foi a primeira vez que foi punida com uma pena de prisão.

Em 2009, a negacionista pagou uma multa de 2700 euros por ter ameaçado a então presidente do Conselho Central dos Judeus da Alemanha com “um novo ‘pogrom'”, noticiou o diário Bild, que identificou Haverbeck como “a avó nazi”.

Na sua página digital, Ursula Haverbeck apresenta-se como “uma representante do revisionismo histórico” e uma “combatente intrépida pela verdade”.

Ursula e Werner Georg Haverbeck, um militante de extrema-direita morto em 1999, fundaram, em 1963, em Vlotho, um alegado estabelecimento de ensino com a reputação de formar negacionistas. As autoridades proibiram a sua existência em 2008.

Cerca de 1,1 milhões de pessoas, incluindo um milhão de judeus, morreram entre 1940 e 1945 em Auschwitz-Birkenau, campos libertados no final de janeiro de 1945. No total, seis milhões de judeus foram exterminados pelos nazis.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Eu acho que o Holocausto Nazi ou qualquer outra forma de Genocídio como o de Estaline ou Pol Pot são crimes hediondos e imperdoáveis, que merecem a mais profunda condenção e repúdio por parte da Humanidade.

    Mas lamento que se prendam pessoas por dizerem o que pensam. É grave… É muito grave porque com políticas dessas aproximamo-nos mais desses regimes totalitários criminosos, que tanto queremos repudiar e não repetir. Não é restringindo a liberdade de opinião com prisão, que mostramos estar contra regimes como o Nazi.

    A velha é doida, é parva e é insultuosa da memória do sofrimento do Holocausto. Mas tem a liberdade de dizer o que pensa. Se esse nojo de velha acha que isso não aconteceu, tem a opinião mais estúpida que pode haver, mas o direito às opiniões estúpidas, está consagrado em democracia. E se na Alemanha não estiver… É grave.

    Por acaso alguém prende nos Estados Unidos, as pessoas que acham que as Torres Gemeas não foram atacadas pela Al-Qaeda, mas sim por Americanos?.. Que eu saiba até se fazem filmes sobre isso. Por muito que isso ofenda algumas pessoas, qualquer um pode dizer o que pensa.

    • Por alguma razão é que fizeram uma LEI que PROÍBE quem quer que seja de questionar por algum momento o Holocausto. Porque será, as pessoas não se questionam?
      E se alguém questiona, é logo apelidado de “nazi” ou “antisemita”, mesmo não o sendo, desviando assim atenções…
      As pessoas têm o direito de questionar SEJA O QUE FOR. Pensem nisto.
      Aconselho quem quer que seja a ler a obra do senhor Roger Dommergue de Menasce, que a quem interessar, é judeu e não tem vergonha nenhuma de questionar o Holocausto. O engraçado é que ele, como é judeu, pode bem dizer essas coisas, é claro que não lhe vão chamar “nazi”, mas abafam e bem as obras que ele já publicou…
      De qualquer maneira, a tragédia do Holocausto nunca deverá ser esquecida, assim como o 11 de setembro, que sirva de exemplo para nunca mais se repetir!

  2. É pena esta mulherzinha não ter estado num dos campos do extermínio, talvez assim já não ofendesse a memória de todos os que morreram ás mãos de assassinos ALEMÃES.

  3. Mais uma alemã entre tantos outros/as que negam o holocausto.
    Hitler e os nazis também não existiram… Deve estar senil a velhota.

    • Também há judeus que negam que o Holocausto se passou da forma como se descreve. Procure por Roger Dommergue de Menasce, judeu , p.ex. a carta que ele escreveu a Steven Spielberg(para tentar puxar um pouco pela curiosidade) e tentem perceber o porquê da velhota dizer aquilo.
      Se lhe apetecer, leia o resto das obras dele, tem muito para absorver.
      Procurem por vós próprios pela história, analisem e questionem TUDO. (Ah, é verdade, menos o Holocausto, pq se não fores judeu, vais preso como manda a lei).

    • – Oy vey! O goy Tugatento é tudo menos atento. Mas o que tem piada apesar de trágico é o embuste que é o Holocausto (TM) tal como nos vendem. Tem graça porque nem é preciso fazer grande esforço para verificar isso e compreender o porquê. Mas, caramba: primeiro que uma pessoa esteja disposta a questionar a propaganda a que estamos sujeitos há gerações é um enorme problema. Até há um par de anos recusava a aceitar essa possibilidade até que me dediquei a estuda a coisa. Procurem saber de onde vem o número de seis milhões de mortos. Já andava na imprensa anos antes da Primeira Guerra Mundial. Sim, da PRIMEIRA! E desde então repetido várias vezes. Depois temos as estimativas ditas oficiais. As polacas, por exemplo. A cada nova revisão são menos. E as Câmaras de Gás de Auschwitz, construídas no Pós-Guerra pelos soviéticos, para “ilustrar”? E “sobreviventes” mentirosos?
      O que o pessoal não fala é do genocídio do povo Alemão e Ucraniano que empalidece os números embusteiros do “Holocausto” (TM).
      A Segunda Guerra Mundial foi um embuste satânico destinado a minar a Europa e matar europeus, criar dívida para os banqueiros internacionais e justificar a criação do Estado de Israel.
      A História dará razão a Úrsula.
      Voltaire disse: “Para saber quem controla a tua vida, simplesmente procura descobrir quem não tens permissão para criticar.”
      Pois bem, aí está.
      Estudem antes de alinhar em propagandas. Eu também caí nesse erro. E saibam resistir à resposta dada em função do “feel good” e não da razão!

  4. É da idade.. a senhora já está meio xé-xé. Seja como for não é uma ideia incomum em pessoas ligadas á extrema-direita, como é o caso.

  5. Recordo a Catarina e os seus pares do Bloco de Esquerda, na AR, a protestar em favor do Luaty Beirão e contra a indignidade de se prender alguém por ler um livro. A Catarina tinha toda a razão. Eu gostava que ela também quisesse ter razão neste caso.

  6. Alguém me explica a razão pela qual os crimes do estalinismo podem ser negados à vontade, sem qq problema…o mesmo com o genocídio dos Arménios pelos turcos…e por aí além, infelizmente exemplos não faltam…E ESTE NÃO PODE SER NEGADO SENÃO VAI-SE PARA A PRISÃO ?? isto é que é a liberdade de expressão da democracia…?? Ora essa…!! Se acho que não, acho que não, ponto final – mas que tabu é este ?? Pelos judeus controlarem a alta finança mundial…??

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …