Alba, o orangotango albino, está de volta à natureza

Alba, o único exemplar de orangotango albino conhecido no mundo, está de volta à natureza depois de um processo de recuperação e adaptação ao seu habitat natural.

De olhos azuis e cabelo branco, Alba foi resgatada no ano passado pela Borneo Orangutan Survival Foundation (BOS). O único exemplar de orangotango albino foi encontrado em maio de 2017 numa jaula colocada no terreno de um homem que dizia ser seu dono e que aguardava a sua venda.

A fêmea de orangotango vivia numa aldeia indonésia da ilha de Bornéu e foi resgatada antes de ser vendida como uma espécie rara. Nessa altura, o animal, com cinco anos de idade, estava abaixo do peso, a sofrer de desidratação, stress, infeção por parasitas e outras doenças.

A fêmea de orangotango albino rapidamente se tornou uma sensação na Internet, depois de a fundação ter pedido sugestões de nomes. Acabou por ficar conhecida como Alba, que significa “branco” em latim e “amanhecer” em espanhol.

Depois de pesar os prós e os contras da sua libertação, os investigadores da Fundação BOS e da Agência de Conservação de Recursos Naturais do governo local decidiram libertar Alba na natureza. Uma das principais preocupações era o facto de os outros orangotangos poderem não aceitar a fêmea.

Alba não tem qualquer complexo de inferioridade. Ela está muito confiante em comparação com os outros orangotangos”, disse o veterinário Agus Fathoni à Associated Press.

“Acho que a verdadeira ameaça são os humanos. O que nos preocupa é a caça furtiva. A sua condição especial faz dela um alvo”, continuou, citado pela NPR.

Alba vai ficar num parque natural do município de Katingan, na Indonésia, onde existem “limites amplos e naturais” e onde se pode vigiar uma população de 200 orangotangos. A fêmea precisa de ser vigiada devido ao seu albinismo e tem de estar protegida dos caçadores de espécies raras.

O orangotango albino foi libertado juntamente com Kika, um orangotango também resgatado que é um ano mais velho do que Alba e que exibiu “comportamentos selvagens e uma firme antipatia pela presença humana”. Ambos os animais foram libertados e, em poucos minutos, subiram para o cimo das árvores.

Nos próximos seis meses, a equipa da fundação irá assistir de perto à adaptação de Alba, já que a sua condição exige cuidados especiais.

“Os sintoma do albinismo – a falta de melanina no cabelo e na pele – podem levar a sérias complicações de saúde, como uma visão debilitada, deficiência auditiva e cancro de pele, além de a tornar mais vulnerável à caça ou predação”, adianta a fundação.

De acordo com o La Vanguardia, a população de orangotangos de Bornéu reduziu em 148.500 unidades entre 1999 e 2015, devido à caça e a plantações, especialmente o óleo de palma, segundo um estudo publicado na Current Biology.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A crise climática vista do Espaço. Vídeo da NASA revela degelo dos glaciares no Alasca

https://vimeo.com/379314673 Um vídeo publicado recentemente pela NASA mostra o derretimento dos glaciares do Alasca visto do Espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos. O nosso planeta está a caminhar a passos largos para uma situação …

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …