Agência Espacial Europeia quer erguer aldeia internacional na Lua

Dennis M. Davidson / NASA

Conceito artístico de uma base lunar, com astronautas e um rover lunar semelhante aos 3 usados nos programas Apollo da NASA

A Agência Espacial Europeia está a planear erguer na Lua uma espécie de “aldeia” que vai permitir ao Homem pousar, de novo, no satélite da Terra e partir daí para a descoberta de novos mundos mais distantes.

Será um projecto “progressivo”, a ser construído por etapas, inicialmente por robôs, que permitirá aos ser humanos não apenas regressar à Lua, mas criar bases para explorações espaciais para destinos mais longínquos.

Foi deste cenário que falou o novo director-geral da Agência Espacial Europeia (ESA), Johann-Dietrich Woerner, durante o 66.º Congresso Internacional de Astronáutica que decorreu em Jerusalém, Israel, na semana passada.

O porta-voz de Woerner, Franco Bonacina, confirma que “a ideia está em cima da mesa”, conforme declarações divulgadas pelo Libération.

“A expressão ‘Aldeia Lunar’ não quer dizer que vamos construir na Lua uma aldeia com escolas, igrejas, casas. É um conceito que prevê uma participação internacional para fazer missões diversas e variadas na Lua, possivelmente sobre a sua superfície escondida”, refere o representante.

Esta “Aldeia Lunar” não tem sequer, para já, um esboço em papel e o porta-voz do director da ESA frisa que se está na fase de “reunir e de associar ideias” e alerta que “todo o mundo pode contribuir” para este projecto.

“Haverá uma etapa de aldeia robótica. Depois, uma etapa de estação habitada”, explica ainda o líder do Grupo Internacional para a Exploração Lunar, Bernard Foing, também citado pelo jornal francês.

Será, portanto, “um plano progressivo” que vai começar com “missões orbitais” como a da cápsula norte-americana Orion, que tem a colaboração da ESA, e que prevê colocar quatro astronautas em órbita em torno da Lua, entre 2021 e 2023.

Desde que o primeiro homem pôs um pé na Lua, em 1969, no âmbito do programa espacial norte-americano Apollo, apenas por mais uma vez, em 1972, um ser humano voltou a pousar no satélite da Terra.

SV, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A afirmação “…apenas por mais uma vez, em 1972, um ser humano voltou a pousar no satélite da Terra.” está errada, pois nas missões Apollo 11,12,14,15,16 e 17 o homem esteve na Lua.

    Cumprimentos.

  2. Vão criar um refúgio para os políticos corruptos da UE pois quando isto rebentar não têm lugar por cá, nem a cadeia de Évora suporta tanta gente.

RESPONDER

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …

Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné-Conacri, que vitimou mortalmente 12 pessoas. "Tenho a honra de declarar o fim do Ébola na Guiné", disse …