Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter.

Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives Matter continuam. Todas as semanas, vários manifestantes saem às ruas em protesto contra os afro-americanos mortos por polícias. Perante esta situação, vários negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde. A revelação surge após uma sondagem feita pela National Shooting Sports Foundation.

“O ponto principal é que nunca houve um aumento sustentado nas vendas de armas de fogo como o que estamos a ver”, diz Jim Curcuruto, diretor de investigação e desenvolvimento de mercado da fundação. Em julho, um recorde de 10,3 milhões de transações de armas de fogo foram processadas em todo o país.

De acordo com o OZY, a National African American Gun Association (NAAGA) viu o seu número de membros anuais crescer até cerca de mil novos membros por dia, no auge em maio, até cerca de 35.000 pessoas. O número de seguidores nas redes sociais chegou a três vezes esse número.

O presidente e fundador da organização, Philip Smith, diz que as pessoas temiam “o colapso social e as tensões raciais” durante a pandemia de covid-19.

Milícias de cidadãos negros norte-americanos aumentaram em número e armamento. O fundador da milícia Not Fucking Around Coalition (NFAC), Jay Johnson, liderou uma marcha pela morte de Breonna Taylor, em julho, na qual disparos foram feitos acidentalmente, ferindo três membros da NFAC.

“Somos proprietários de armas cumpridores da lei”, disse Johnson, acrescentando que o ressurgimento do racismo e dos tiroteios policiais nos EUA fez com que os membros da NFAC se sentissem compelidos a agir.

Um dos problemas é que os afro-americanos que andam armados são frequentemente vistos pela polícia como uma ameaça, embora o direito esteja previsto na Segunda Emenda norte-americana.

Todavia, Philip Smith defende que seria errado não andar com uma arma por receio. “A pior coisa que podemos fazer como um povo é minimizar a nossa existência agindo como se o facto de termos uma arma estivesse errado”, disse o presidente da NAAGA. “Nós, como povo, não precisamos de nos deixar intimidar”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ryanair vai investir 253,4 milhões de euros no aeroporto de Lisboa com reforço da frota

A companhia aérea Ryanair revelou esta quinta-feira que vai investir 300 milhões de dólares (253,4 milhões de euros) no aeroporto de Lisboa, onde irá alocar mais três aeronaves a partir de novembro como parte da …

Responsabilidade por redução da população "é única e exclusivamente dos Governos dos últimos 40 anos"

A responsabilidade pela redução da população “é única e exclusivamente dos Governos portugueses dos últimos 40 anos”, considera o investigador Manuel Villaverde Cabral. “Se há uma coisa que é muito mais importante do que a política …

Prémio da assiduidade vai para IL, PEV e deputadas não inscritas. Chega e PAN "reprovam" por faltas

Dos 91 plenários decorridos na Assembleia da República nesta sessão legislativa, registaram-se 749 faltas. Dos 230 deputados, só 46 nunca faltaram. O jornal Inevitável fez um levantamento das faltas dos deputados, depois de terminada a …

PAN foi o único partido sem irregularidades nas autárquicas de 2017. Movimentos cívicos são dos que menos cumprem

Depois da notificação da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos, o Ministério Público fica agora encarregue de aplicar as coimas por violação da lei do financiamento dos partidos políticos e das campanhas eleitorais. As informações reveladas …

Jesus terá acusado Taarabt de ter adormecido em campo no Spartak-Benfica

O treinador benfiquista, Jorge Jesus, terá acusado Adel Taarabt de ter adormecido em campo no encontro entre o SL Benfica e o Spartak Moscovo. Com o Benfica já a vencer por 2-0 diante do Spartak Moscovo, …

Sistema de avaliação da Função Pública em stand by

As negociações em torno da revisão do sistema de avaliação de desempenho dos funcionários públicos estão paradas. A última vez que o Governo se reuniu com os sindicatos foi em maio. Nessa altura, o Governo falhou …

Central do Pego. Governo acusado de leiloar um bem que não lhe pertence

O Governo está a ser acusado de querer leiloar a Central do Pego, um bem que, segundo a Trustenergy, não lhe pertence. Em outubro de 2019, o primeiro-ministro anunciou que o Governo estava preparado para encerrar …

Portugal é dos países mais atrasados na vacinação dos jovens

Numa altura em que cerca de 90% das pessoas nos grupos etários acima dos 60 anos já estão completamente vacinadas contra a covid-19, Portugal é dos países com menor percentagem de adultos dos 18 aos …

Sporting pode pagar até 12,5 milhões de euros por Ugarte

O negócio da venda de Manuel Ugarte ao Sporting pode chegar até aos 12,5 milhões de euros por 80% dos seus direitos desportivos. Sporting CP e FC Famalicão continuam a negociar os moldes pelos quais se …

Insolvência da Groundforce não cessa contratos e salários vão ser pagos

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa declarou a Groundforce insolvente quase três meses depois de o pedido ter dado entrada. O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) esclareceu esta quarta-feira que a insolvência …