Afinal, o bosão mais pesado que o de Higgs não existe

A descoberta de uma partícula seis vezes mais pesada do que o Bosão de Higgs deixou os cientistas perplexos. No entanto, afinal havia motivo mesmo para isso, já que fica agora provado que a descoberta foi apenas “uma flutuação estatística”.

Depois de os primeiros sinais de uma nova partícula sub-atómica terem surgido nas experiências do Grande Colisor de Hadrões (LHC), em Dezembro de 2015, físicos de todo o mundo procuraram explicar como é que esta nova descoberta poderia existir dentro do contexto da nossa actual compreensão das leis da física.

Centenas de estudos tentaram encontrar explicações, mas foi tudo em vão: tal partícula seis vezes mais massiva do que o Bosão de Higgs não existe.

Esta revelação foi feita pela Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) durante a Conferência Internacional de Física de Alta Energia (ICHEP).

CMS / CERN

Pares de fotões (a verde) produzidos nas colisões do LHC sugerem a existência de um bosão com massa de 750 GeV

Pares de fotões (a verde) produzidos nas colisões do LHC sugeriam a existência de um bosão com massa de 750 GeV.

“A acumulação de novos dados experimentais no CERN refuta a existência desta nova partícula. Trata-se de uma mera flutuação estatística“, explicou uma fonte do CERN ao site Hipertextual.

As experiências CMS e ATLAS, levadas a cabo no LHC, tinham registado um pico de actividade num nível de energia correspondendo a cerca de 750 giga eletrões-volts (GeV) – ou cerca de 750 mil milhões de eletrões volts.

Os cientistas do CERN mostraram-se, na altura, muito cautelosos com os resultados obtidos e o físico John Ellis, investigador da King’s College London, ex-chefe do departamento de teoria no CERN, o laboratório onde fica o LHC, confessou então, que não estava “muito optimista”.

Seria uma descoberta fantástica se fosse verdade, precisamente porque é inesperada e seria a ponta de um iceberg de novas formas de matéria”, salientou o físico.

Agora, sabe-se que “depois de recolher cinco vezes mais de dados que em 2015, o CERN demonstrou que os excessos observados pela experiência CMS e ATLAS desaparecem”, cita o Hipertextual.

“A ausência de sinal sobre esta hipotética partícula não causa surpresa, já que com o grande número de buscas realizadas é possível detectar, por vezes, meras flutuações”, conclui o CERN.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de tarântula pode ser benéfico no tratamento de dores viscerais

Uma equipa de investigadores australianos identificou dois peptídeos do veneno da tarântula, que podem ajudar a aliviar dores em órgãos do sistema digestivo. Há algum tempo que os cientistas investigam a funcionalidade do veneno em doenças, …

Cientistas propõem reciclar beatas de cigarro para fazer tijolos

Os cientistas afirmam que se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas as pontas de cigarro a nível global. Um grupo de investigadores da Escola …

Taxa de natalidade desce quase um terço em cidade chinesa

As autoridades chinesas reconheceram oficialmente que a taxa de nascimentos em Xinjiang, cidade situada no noroeste da China, desceu quase um terço em 2018, comparada com o ano anterior. De acordo com a CNN, o governo …

Dynetics revela o módulo lunar do programa Artemis (incluindo o interior)

A empresa norte-americana Dynetics revelou, no dia 15 de setembro, um modelo em escala real do módulo lunar especialmente projetado para levar os astronautas da NASA à Lua já em 2024, como parte do programa …

Polícia de Nova Iorque de origem tibetana acusado de espiar ao serviço da China

Um polícia nova-iorquino originário do Tibete foi acusado de espionagem pelas autoridades norte-americanas por, supostamente, ter recolhido para o Governo chinês informações sobre a comunidade tibetana em Nova Iorque. De acordo com a acusação das autoridades …

Football Leaks. PJ desconhecia acesso das autoridades francesas às provas

O inspetor da PJ, José Amador, revelou, esta terça-feira, que esta polícia não teve conhecimento do acesso das autoridades francesas às provas apreendidas a Rui Pinto durante a sua detenção na Hungria. Na quinta sessão do …

Aldeões ajudam tropas indianas que enfrentam militares chineses nos Himalaias

Cerca de 100 residentes da vila de Chushul atravessam o território indiano de Ladakh para chegar a um pico dos Himalaias conhecido como Black Top, a uma altitude de mais de 4500 metros, levando suprimentos …

Detido na Rússia líder religioso que diz ser a reencarnação de Jesus

O líder religioso, que diz ser a reencarnação de Jesus, foi detido, na Rússia, esta terça-feira, durante uma operação especial. De acordo com as imagens divulgadas pelo jornal The Guardian, vários agentes da polícia, armados e …

Covid-19: Universidade de Coimbra tem novo programa de rastreio aleatório para alunos e docentes

A Universidade de Coimbra (UC) preparou um Plano de Prevenção e Protocolo de Atuação para garantir o regresso às aulas em segurança para alunos, professores, docentes e comunidade. "Tendo em conta a situação pandémica que estamos …

Jogador substituído aos 14 segundos

Substituição insólita foi realizada na primeira divisão da Estónia. Jovem nem tocou na bola. Jogo da 21.ª jornada do campeonato nacional da Estónia, primeira divisão. O FCI Levadia recebe o JK Nõmme Kalju e vence por …