LHC vê indícios de um bosão mais pesado que o de Higgs

azure_radiation / Flickr

Detalhe do LHC, Large Hadron Collider, acelerador de partículas do CERN

Detalhe do LHC, Large Hadron Collider, acelerador de partículas do CERN

O Grande Colisionador de Hadrões (LHC) esteve desligado por muito tempo para atualizações e voltou muito mais potente.

Os primeiros resultados das duas principais experiências do colisionador não trazem descobertas surpreendentes, mas indícios intrigantes: um possível fim da supersimetria e uma possibilidade remota de descoberta de uma nova partícula elementar.

Os detetores CMS e ATLAS lançaram os seus primeiros resultados significativos desde a grande atualização desta terça-feira, 15 de dezembro.

Ambas as experiências viram, nos escombros das colisões protão-protão, um inesperado excesso de pares de fotões que transportam cerca de 750 giga eletrão-volts (GeV) de energia combinados.

Isto poderia ser um sinal de uma nova partícula – um bosão, mas não necessariamente semelhante a Higgs – decaindo em dois fotões de massa igual. Tal bosão seria cerca de quatro vezes mais massivo que a partícula mais pesada conhecida até agora.

Em cada detector, no entanto, a significância estatística foi muito baixa: Marumi Kado da Universidade de Paris-Sud (França) disse que a sua experiência, ATLAS, viu cerca de 40 pares de fotões acima dos números esperados a partir do modelo padrão da Física de partículas; Jim Olsen, da Universidade de Princeton (EUA), informou que o CMS viu apenas dez.

Intrigante, mas não deve ser nada

CMS / CERN

Pares de fotões (a verde) produzidos nas colisões do LHC sugerem a existência de um bosão com massa de 750 GeV

Pares de fotões (a verde) produzidos nas colisões do LHC sugerem a existência de um bosão com massa de 750 GeV

Os resultados do CMS tiveram uma significância estatística de 2,6 sigma, perto do critério de 3 sigma para resultados “interessantes”, mas ainda muito longe dos 5 sigma necessários para reivindicar uma descoberta.

Depois de levar em conta o “efeito olhar noutro lugar” – a possibilidade de estarmos a ver um resultado ilegítimo devido ao grande número de possíveis eventos que estamos a analisar – reduziu o número para apenas 1,2 sigma.

O ATLAS teve resultados de 3,6 sigma, caindo para 1,9 sigma depois de uma análise mais aprofundada levando em conta o mesmo efeito. Por outras palavras, provavelmente não será nada.

É um pouco intrigante“, disse o porta-voz do ATLAS Dave Charlton, da Universidade de Birmingham (Reino Unido). “Mas pode ser apenas uma coincidência”.

Se esta acabar por se mostrar uma partícula real, no entanto, estaríamos perante algo muito inovador. Uma partícula muito mais pesada que o Higgs (seis vezes mais) iria abrir todo um novo capítulo na Física.

Em 2016, o LHC deve estabelecer conclusivamente se os resultados são apenas um erro estatístico ou uma nova partícula – uma conclusão que vai ser prioridade para a próxima ronda de testes, prevista para março.

Adeus supersimetria?

Enquanto isso, as experiências à procura das partículas previstas pela supersimetria, a extensão favorita dos físicos para o modelo padrão, não produziram nenhum resultado expressivo.

Para o físico teórico Michael Peskin, do Laboratório Nacional do Acelerador SLAC em Menlo Park, Califórnia (EUA), esse é o problema mais relevante as experiências recentes.

O fracasso em encontrar uma partícula supersimétrica chamada gluino na gama de possíveis massas até 1.600 GeV (muito maior do que o limite de 1.300 GeV testado anteriormente pelo LHC) empurra a supersimetria mais perto do ponto onde muitos físicos podem desistir completamente da teoria, o que teria consequências importantes para a área.

HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …

Bicicleta de Taremi vence prémio de Golo da Semana da Champions

O golo do avançado iraniano, marcado nos instantes finais do jogo contra o Chelsea, que ditou a eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, foi eleito o "Golo da Semana" na prova. "Este chuto espetacular …

Governo levanta suspensão de voos essenciais de e para Brasil e Reino Unido

O Governo levantou, esta sexta-feira, a suspensão de voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido, mas apenas para viagens essenciais.  Os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido vão …

A Liga dos Campeões vai mudar: mais equipas e um formato inédito

O comité de competições da UEFA reuniu-se esta sexta-feira para aprovar o novo modelo da Liga dos Campeões. O novo formato vai vigorar entre 2024 e 2027. Embora ainda não tenham sido avançadas informações oficiais, o …

Depois do Sofagate, agora é von der Leyen quem está a ser acusada de quebrar o protocolo

Diplomatas da União Europeia dizem que a presidente da Comissão Europeia quebrou o protocolo, uma vez que foi o seu chefe de gabinete que respondeu ao convite da Ucrânia para que marcasse presença na cerimónia …