Afinal, as bactérias não esperam 5 segundos para infectar a comida no chão

left-hand / Flickr

-

Um grupo de investigadores americanos concluiu que a “regra dos cinco segundos” é, na verdade, um mito perigoso, porque a contaminação de um alimento que cai numa superfície com bactérias pode acontecer em menos de um segundo.

A “regra dos cinco segundos” é uma espécie de lenda urbana que defende que, se a comida ficar no chão apenas por alguns segundos, não acumulará germes que a tornem imprópria para o consumo.

Vários cientistas têm defendido esta teoria. Mas, agora, investigadores da Universidade Rutgers vieram confirmar que não existe um tempo tolerado para que a comida possa ficar numa superfície com bactérias, porque a contaminação é instantânea e aumenta conforme o tempo de contacto.

Segundo o estudo publicado na Applied and Environmental Microbiology, a transferência de bactérias começa assim que o alimento atinge o chão e, quanto mais tempo o alimento permanecer na superfície, mais bactérias poderão alcançá-lo.

Os cientistas defendem que a contaminação é influenciada pelo tipo de alimento – quanto mais húmida for a comida, mais rapidamente será infetada por bactérias.

As bactérias não têm pernas, movem-se com a humidade, e quanto mais húmida for a comida, maior é o risco de transferência”, afirmou Donald Schaffner, um dos autores do estudo.

Dos alimentos testados pela equipa, uma melancia foi contaminada por mais bactérias do que uma goma, ou seja, mesmo que nenhum alimento esteja 100% seguro depois de cair no chão, alguns apresentam vantagens sobre os outros.

Os especialistas descobriram ainda que o tipo de superfície também interfere na quantidade de bactérias que se infiltram na comida.

O aço inox parece ser a opção mais limpa mas, na verdade, os tapetes são a opção mais segura — em relação ao aço, cerâmica e madeira — provavelmente porque a textura minimiza o contacto com o chão.

De acordo com o especialista em germes Charles Gerba, da Universidade do Arizona, quando alguém come algo que caiu no chão “é como se estivesse a lamber as solas dos sapatos“.

“Mesmo que o chão esteja limpo ou a pessoa não use sapatos dentro de casa, não dá para ter a certeza de que não há quaisquer germes ali porque as bactérias são microscópicas e não conseguem ser vistas a olho nu”, adiantou.

Os especialistas afirmam que a maioria dos germes provavelmente não irá deixá-lo doente – mas é melhor pensar duas vezes antes de apanhar aquele alimento que caiu ao chão.

BZR, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Nem são 5 segundos, nem é 1 segundo. É instantâneo. É que fica logo lixeira agarrada à comida, poeira que está no chão, cabelos, cuspidelas secas, e muitas outras impurezas. Se deixar cair em casa, na cozinha uma bolacha, ainda penso em apanha-la e comê-la sem crise.

RESPONDER

Conquistas da seleção renderam 140 milhões em menos de 20 anos

As conquistas da seleção portuguesa renderam já mais de 140 milhões de euros à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em menos de 20 anos. Os números são avançados esta terça-feira pelo O Jogo, que dá …

Rosa Grilo acusa PJ de "agarrar em dois idiotas" para acusar de homicídio

A arguida acusou a Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, de "agarrar em dois idiotas que estavam a jeito", em alusão a si e a António Joaquim, para os incriminar da morte do marido, reiterando que …

Aeroporto de Lisboa encerra de madrugada entre janeiro e junho

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar para obras de alargamento da pista de janeiro a junho, entre as 23h30 e as 05h30 da manhã. De acordo com a TSF, o Aeroporto Humberto Delgado, em …

Fase de Instrução do processo Hells Angels começa no dia 27

A fase de instrução do processo Hells Angels vai começar no dia 27 deste mês, no Tribunal Central de Instrução Criminal, e já há sessões marcadas até 19 de dezembro. Fonte judicial referiu à agência Lusa …

Horacio Cartes, ex-Presidente do Paraguai, alvo de mandado de prisão no Brasil

Um juiz do Brasil emitiu esta terça-feira uma ordem de prisão contra o ex-Presidente paraguaio Horacio Cartes (2013-2018), num caso relacionado com a Operação Lava Jato, informaram fontes oficiais. A decisão foi tomada pelo juiz brasileiro …

Ex-futebolista Koke detido em operação contra tráfico de droga

O antigo futebolista espanhol do Sporting é um dos 20 detidos pelas autoridades espanholas numa operação contra o tráfico de drogas. Esta operação foi desencadeada com 11 buscas simultâneas em Sevilha, Málaga e Granada, envolvendo 150 …

Brasil. Técnica que esteriliza o mosquito do zika e dengue será aplicada em 2020

O Brasil irá usar a partir do próximo ano mosquitos estéreis da espécie 'Aedes aegypt' para controlar a reprodução deste agente que transmite doenças como dengue e zika, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU). A …

FC Porto encaixa até 50 milhões com novo adiantamento de receitas televisivas

A SAD do FC Porto encaixou 30 milhões de euros com uma nova emissão de obrigações pela Sagasta, envolvendo a cedência de receitas futuras de direitos televisivos, e podem entrar mais 20 milhões em janeiro. Em …

Verdes denunciam depósito ilegal de amianto em aterros para resíduos não perigosos

Os Verdes questionaram o Governo sobre casos de depósito de amianto em aterros para resíduos não perigosos. Esta é uma prática ilegal segundo a legislação portuguesa. O Partido Ecologista "Os Verdes" entregou na Assembleia da República …

Autarquias desperdiçaram 128 litros de água por dia em 2018

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros encabeça a lista de entidades gestoras que mais água desperdiçam diariamente: 538 litros diários por ramal. Em 2018, a média de perda de água em Portugal continental situou-se nos …