ADSE vai verificar rendimentos de beneficiários familiares

Os requisitos de inscrição e manutenção dos beneficiários familiares na ADSE vão ser passados a pente fino. A medida consta do Decreto-lei de execução orçamental, publicado esta terça-feira.

A ADSE quer controlar de forma automática os rendimentos dos beneficiários que são familiares dos funcionários públicos e aposentados do Estado, de forma a reduzir as fraudes e a utilização indevida do sistema de assistência na doença.

Para isso, a ADSE irá celebrar nos próximos 30 dias um protocolo com o Instituto de Segurança Social e com a Agência de Modernização Administrativa.

Atualmente, para que um familiar de um funcionário público possa beneficiar da ADSE, não pode estar inscrito em outros regimes de proteção social, ou seja, só os familiares sem registo de remunerações ou pensões podem inscrever-se no subsistema de saúde dos atuais e antigos trabalhadores do Estado, explica o Diário de Notícias.

A medida, prevista no Decreto-lei de execução orçamental, publicado esta terça feira (e que entra hoje em vigor), define que estes requisitos sejam verificados de forma minuciosa.

Assim, no prazo de 30 dias, a ADSE, o Instituto de Segurança Social e a Agência da Modernização Administrativa deverão celebrar o protocolo que vai estabelecer os procedimentos necessários para que possa ser feita uma análise mais cuidada.

Uma das alterações previstas é que o sistema passe a verifica as faturas que “lhe são apresentadas para pagamento de cuidados de saúde prestados aos seus beneficiários quer em regime livre, quer em regime convencionado, no sistemas de e-fatura, junto da Autoridade Tributária e Aduaneira”. Este cruzamento irá permitir controlar se as despesas são mesmo efetuadas pelos beneficiários que as apresentam.

Além disso, o protocolo também deverá permitir à ADSE ter acesso a informação sobre “rendimentos, registo de remunerações, pensões do regime contributivo ou prestações sociais” dos beneficiários dos familiares.

A medida surge em resposta a uma recomendação do Conselho Geral de Supervisão da ADSE que tem alertado para a necessidade de reforçar a sustentabilidade financeira do subsistema, que conta com mais de 17 mil beneficiários diretos a que se juntam quase 3.500 familiares.

Através do decreto, o Governo define ainda que a partir desta quarta-feira os beneficiários do sistema a quem sejam pedidos documentos para justificar despesas tenham um prazo para fazer, que passa a ser de 60 dias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marido da nova ministra da Saúde renuncia a cargo que tinha no setor

O presidente do Conselho Nacional de Saúde, Jorge Simões, renunciou ao cargo invocando “motivos pessoais”, disse esta sexta-feira à agência Lusa fonte oficial do Ministério da Saúde. Numa resposta à Lusa, o gabinete da ministra da …

Ministério da Justiça tem “absoluta confiança” no sorteio da Operação Marquês

A Secretária de Estado da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, disse nesta sexta-feira que o Ministério tem "absoluta confiança" no sorteio de distribuição de processos aos juízes, reconhecendo, contudo, que é necessário averiguar as suspeições lançadas …

Fatura da eletricidade e do gás terá redução inferior a 2 euros

A redução do IVA na eletricidade e no gás natural prevista na proposta de Orçamento do Estado para 2019 deverá resultar numa diminuição da fatura mensal para as famílias inferior a dois euros, avançou hoje …

Cidade chinesa planeia criar uma lua artificial

As autoridades municipais de Chengdu, capital da província chinesa de Sichuan, anunciaram planos para a construção de uma lua artificial em 2020. Com um "brilho crepuscular", a nova lua iria iluminar a cidade num diâmetro …

Mineral ultra-raro descoberto em antiga cratera de meteorito na Austrália

Um mineral ultra-raro que apenas se forma quando rochas espaciais atingem a crosta terrestre com uma enorme pressão foi encontrado na Austrália. Até ao momento, só foram encontrados seis exemplares deste mineral, conhecido como reidite, …

Assange processa Equador por "violação de direitos fundamentais"

O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, exilado na embaixada do Equador em Londres desde 2012, lançou esta sexta-feira uma ação legal contra o governo de Quito, alegando violação dos respetivos direitos fundamentais. Assange “acusa o governo …

O fóssil humano mais antigo da América foi encontrado nos escombros do Museu Nacional do Brasil

O crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas, foi encontrado por investigadores nos escombros do Museu Nacional do Brasil, que foi assolado por um enorme incêndio no passado mês de setembro. O fóssil …

Nascer no código postal certo (e ter uma boa mercearia) aumenta a esperança de vida

Segundo um estudo sobre a esperança de vida nos EUA, o local de nascimento importa. Se uma pessoa nascer no Mississipi, provavelmente não chegará aos 75 anos. Por outro lado, um natural de Nova Iorque …

Arqueólogos revelam segredos da única múmia tatuada do Egito

Um grupo de arqueólogos acaba de concluir as análises realizadas na única múmia tatuada já encontrada no Egito. Os testes revelaram muitos dos segredos desta múmia milenar, principalmente sobre as suas misteriosas tatuagens. A múmia, com …

A Via Láctea pode estar a enviar vida de estrela para estrela

Um novo estudo sugere que toda a Via Láctea pode estar a emitir os componentes necessários para a vida por todo o Universo através de meteoróides, asteróides, planetóides e outros objetos. Conhecida como a teoria Panspermia …