O alfabeto da vida duplicou. Cientistas criaram ADN sintético com oito letras

Millie Georgiadis / Universidade de Indiana

Estrutura da dupla hélice construída com quatro bases naturais G (verde), A (vermelho), C (azul), T (amarelo), e quatro bases sintéticas, B (ciano), S (cor-de rosa), P (roxo), e Z (laranja)

O ADN Hachimoji é a nova forma de ADN sintético, feito em laboratório, com o dobro dos blocos que existem no ADN natural e pode ter várias aplicações.

Cientistas criaram em laboratório o ADN HachimojiHachi significa “oito” e moji quer dizer “letra” em japonês. Trata-se de uma nova forma de ADN sintético, que contém o dobro dos blocos que existem no ADN natural. Não, não se trata de vida alienígena: este “produto” não sobrevive fora de um ambiente controlado.

“O ADN Hachimoji não consegue ir a lado nenhum sem escapar do laboratório”, garantem os investigadores. Aliás, não configura sequer uma ameaça. Pelo contrário, este novo sistema genético pode vir a ser muito útil em aplicações biológicas sintéticas, como o diagnóstico de doenças, monitorização de vírus, armazenamento de informação e terapias inovadoras.

A Biologia diz-nos desde sempre que o nosso ADN é feito com quatro letras – A, T, G e C, as iniciais das bases químicas adenina, timina, guanina e citosina. Além de codificar as informações necessárias para criar vida, o ADN tem a capacidade de armazenar, copiar e expandir a informação genética.

As combinações destas quatro letras, que escrevem o nosso código genético, não acontecem por acaso. Desta forma, e porque não se devem cometer erros de ortografia, há duas combinações possíveis: o par de bases A-T e o par de bases C-G.

Mas se com quatro letras já se faz tanto, o que seria capaz de se fazer com o dobro? Os cientistas, ambiciosos, quiseram responder a esta questão.

Assim, em 2012, um grupo de cientistas norte-americanos publicou um artigo científico no qual mostra que o ADN sintético de seis letras que havia sido criado podia ser copiado e transcrito com sucesso em ARN, uma molécula com várias funções biológicas importantes como a codificação genética, explica o Público.

Dois anos depois, uma equipa de investigadores do Instituto Scripps, nos Estados Unidos, anunciou que tinha criado células com seis letras, adiantando que o aperfeiçoamento desta técnica poderia abrir a porta a um novo mundo de novidades, como a criação de células sintéticas usadas para produzir proteínas.

Agora, foi dado mais um passo neste sentido: mas em vez de seis, oito. Num laboratório, também norte-americano, os cientistas conseguiram criar um novo ADN sintético com o dobro das letras do ADN natural – o ADN Hachimoji.

O ADN hachimoji pode fazer tudo que o ADN natural faz para sustentar a vida. Faz pares de maneira previsível e há regras que tornam possível prever a sua estabilidade. O ADN de Hachimoji pode ser copiado para produzir ARN Hachimoji, é capaz de orientar a síntese de proteínas”, adianta o comunicado de imprensa sobre o estudo.

Por esse motivo, e apesar de se tratar de um ADN sintético, os cientistas recusam o rótulo de “vida alienígena”, uma vez que para merecer essa designação precisaria de ser auto-sustentável. O ADN Hachimoji precisa de um fornecimento estável de “matéria-prima” criada em laboratório e que não existe fora desse ambiente.

Quanto a aplicações práticas, o estudo, publicado recentemente na Science, esclarece que pode ser útil no campo da biologia sintética aplicada: diagnósticos melhorados, alternativas ao silício para armazenamento de informações, proteínas com aminoácidos extras e novos tipos de fármacos, por exemplo.

LM, ZAP // Live Science

PARTILHAR

RESPONDER

Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula. Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos …

Gabinetes dos novos membros do Governo custam 71 milhões de euros

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último. O primeiro-ministro, António Costa, …

Fim do cessar fogo na Síria. Turquia ameaça que milicianos curdos no terreno serão abatidos

O período de cessar-fogo de 120 horas acordado entre a Turquia e os Estados Unidos (EUA) para permitir que as milícias curdas saiam do nordeste da Síria termina esta terça-feira, pelas 19:00 (20:00 em Lisboa), …

Ministro adjunto cabo-verdiano encontrado morto no gabinete

O ministro adjunto do primeiro-ministro de Cabo Verde para a Integração Regional, Júlio Herbert, foi encontrado morto, esta segunda-feira, no seu gabinete, no Palácio do Governo, na Praia, confirmou fonte governamental. Elementos da Polícia Nacional cabo-verdiana …

"Risco de desvio significativo" nas contas do Governo. Bruxelas com reservas sobre esboço do OE2020

A Comissão Europeia (CE) pediu esta terça-feira ao Governo português que apresente uma versão atualizada do projeto orçamental para 2020 “tão cedo quanto possível”, observando que o ‘esboço’ recebido aponta para o risco de um …

Goldman Sachs. Funcionário acusado de divulgar informação em troca de dinheiro

Bryan Cohen, vice-presidente de um dos departamentos do Goldman Sachs, foi acusado de tirar proveito de um esquema que gerou alegadamente cerca de 2,3 milhões de euros em lucros ilegais. Nos últimos 18 meses, dois funcionários …

Encontrada carruagem romana milenar com restos fósseis dos cavalos

Uma equipa de arqueólogos do Museu da Cidade de Vinkovci e do Instituto da Arqueologia de Zagreb, na Croácia, encontrou uma carruagem romanda de duas rodas com os corpos fossilizados de dois cavalos. Os especialistas consideram …

Caos no Chile. Governo anula aumento do preço do metro que iniciou protestos

O Governo do Chile anulou esta segunda-feira o aumento do preço dos bilhetes do metropolitano, depois de a medida ter provocado violentos protestos que se generalizaram no país. Esta terça-feira, com apenas uma linha do metro …

Deputado do PSD apela a Marcelo a que não dê posse a Cabrita até bombeiros receberem pagamentos em atraso

O deputado do PSD Duarte Marques, que costuma tratar dos assuntos da Proteção Civil, apelou esta segunda-feira ao Presidente da República par não dê posse ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, enquanto o Estado …

Cientistas "ressuscitaram" o gene que fez nascer a malária

O gene ancestral que fez nascer a doença mais mortal da História foi "ressuscitado" por cientistas, para que lhes fosse possível perceber a série de eventos que levou o parasita da malária a infetar humanos. A …