Adeus ervas daninhas. Robô autónomo usa lasers para destruir 100 mil plantas por hora

As ervas daninhas podem ser um problema para quem trabalha com agricultura ou possui jardins. Agora, a Startup Carbon Robotics lançou uma máquina autónoma que tem essas plantas incómodas na mira, usando uma combinação de visão computacional e lasers de alta potência para as eliminar.

Os avanços na robótica abriram algumas possibilidades interessantes no campo do controlo agrícola, onde as soluções tradicionais tendem a envolver trabalho manual intensivo ou o uso de produtos químicos que podem ser caros e apresentar riscos ambientais.

Ao prover máquinas automatizadas com o equipamento necessário para detetar plantas invasoras indesejáveis, a esperança é que esse processo possa poupar tempo e dinheiro.

Assim, a Carbon Robotics construiu um robô de quatro rodas, e de 4.300 kg, que usa GPS e visão computacional para percorrer as plantações em busca de ervas daninhas.

O dispositivo conta com um supercomputador integrado e câmaras de alta resolução para identificar plantas indesejadas. Possui oito lasers de 150 W que operam simultaneamente para as matar com energia térmica. O robô consegue alcançar uma taxa de mais de 100.000 ervas daninhas por hora.

A máquina totalmente autónoma funciona a diesel e pode operar durante 24 horas, cobrindo cerca de 6 a 8 hectares por dia, enquanto os seus lasers deixam o solo circundante intacto para preservar sua microbiologia.

A empresa considera o Weeder, uma solução económica para melhorar a produtividade das colheitas, especialmente para produtores orgânicos e todos os que adotam práticas agrícolas regenerativas de modo a garantir a sustentabilidade do solo.

“A inteligência artificial e a tecnologia estão a criar eficiências numa variedade de setores e estamos entusiasmados em aplicá-las à agricultura”, disse o fundador e CEO da Carbon Robotics, Paul Mikesell.

“Os agricultores, e outros elementos da cadeia global de abastecimento de alimentos, estão a inovar mais do que nunca para manter o mundo alimentado. O nosso objetivo é criar ferramentas que abordem os seus problemas mais desafiantes”, explicou.

A Carbon Robotics tem vindo a desenvolver os robôs autónomos desde 2018, e já vendeu todos os seus modelos de 2021. Contudo, as encomendas da linha de 2022 já estão abertas, escreve o New Atlas.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 1-0 Boavista | “Leão” bate “Pantera” e é campeão!

O Sporting é campeão nacional. Dezanove anos depois e à boleia de um golo de Paulinho, os leões conquistaram o seu 19.º campeonato. O Sporting é o campeão nacional época 2020/21. A formação de Alvalade conquistou …

Nave da NASA começou a viagem de regresso à Terra (e vem com a barriga cheia de amostras do asteróide Bennu)

Osiris-Rex, a nave espacial da NASA que tem voado em redor do asteróide Bennu desde 2018, iniciou a sua viagem de regresso à Terra (e vem carregada de amostras espaciais). A nave espacial da NASA coletou …

Negacionistas ponderam vir a usar máscara (para se protegerem dos vacinados)

Uma nova teoria da conspiração argumenta que os vacinados vão "verter" certas proteínas prejudiciais para os não vacinados. A solução passa por usarem máscara e cumprirem o distanciamento social. Embora o uso de equipamento de proteção …

Falcon 10 X: o jato executivo com a maior cabine do mundo

Na semana passada, a Dassault Aviation anunciou mais um elemento da família Falcon, que tem a ambiciosa meta de ser a nova referência no mercado de aviação executiva. O Falcon 10X está agora entre os jatos …

Pandemia "roubou" habitantes a Nova Iorque, mas a cidade está a renascer novamente

A pandemia de covid-19 "esvaziou" cidades norte-americanas, que mostram agora possíveis sinais de renascimento, de acordo com uma análise que sugere que os deslocamentos do ano passado terão sido temporários. Os dados da Unacast, uma empresa …

"100% confirmado". Naufrágio perto de Malta é do submarino HMS Urge

Mergulhadores confirmaram a identidade de um submarino britânico que foi afundado por uma mina alemã perto de Malta, em 1942, pondo fim às especulações de que tinha naufragado por culpa de aviões de guerra italianos, …

Confrontos entre polícia e adeptos do Sporting junto ao estádio

Na noite da festa leonina, viveram-se momentos de grande tensão. Polícia e adeptos envolveram-se em confrontos junto ao Estádio de Alvalade, esta terça-feira. Adeptos do Sporting e elementos das forças de segurança entraram em confronto nas …

Tribunal não encontra credores do Banif no estrangeiro

Alguns credores do Banif que estão no estrangeiro ainda não foram notificados, segundo o anúncio de citação de credores residentes no estrangeiro, datado de 06 de maio. Caso não seja possível encontrá-los, em breve todos …

Novas reações nucleares nas ruínas de Chernobyl. São como "brasas numa churrasqueira"

Nas profundezas das ruínas da Central Nuclear de Chernobyl, 35 anos após o pior acidente nuclear da História, as reações de fissão nuclear começaram a surgir novamente. Uma equipa de cientistas do Safety Problems of Nuclear …

A moeda digital da China pode ser o futuro do dinheiro, mas levanta preocupações

A moeda digital da China pode ser o modelo do futuro do dinheiro, mas levante preocupações relativamente à estabilidade da economia mundial. A China está a registar um progresso promissor com os testes do yuan digital. …