Adeptos voltaram aos estádios (racismo e violência também)

Jogo da Liga dos Campeões foi interrompido e adeptos entraram mesmo no relvado, na Colômbia.

A nova temporada começa e os estádios de futebol vão abrindo as portas aos adeptos em muitos países, incluindo Portugal. A festa e o barulho positivo regressam mas os episódios dispensáveis também já voltaram rapidamente.

Nesta terça-feira, na capital da República Checa, Sparta de Praga e Mónaco disputaram a primeira “mão” da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Um dos jogadores do Mónaco já tinha sido insultado frequentemente quando tocava na bola mas o cúmulo chegou no primeiro golo do encontro.

Aos 37 minutos, na sequência de um pontapé de canto, Aurélien Tchouameni inaugurou o marcador. Os jogadores do Mónaco, incluindo o português Gelson Martins, festejaram o golo e iam regressar ao seu meio-campo quando, no mesmo segundo, vários futebolistas do Mónaco começaram a chamar a equipa de arbitragem, a apontar para uma das bancadas no estádio e a perguntar aos árbitros se também estavam a ouvir sons que faziam lembrar os macacos.



A equipa de arbitragem rapidamente percebeu o que estava a acontecer e o jogo esteve parado durante alguns minutos. Repetiram-se conversas com o treinador do Mónaco, Niko Kovač, e pouco depois a partida foi retomada.

“Vencemos o jogo mas o mais importante é o que aconteceu depois do primeiro golo e também no final. Estamos desiludidos e enojados por ver que isto é algo que ainda acontece no século XXI. Tenho muitos jogadores enraivecidos no balneário e eu não os culpo, mas tive que lhes dizer que estávamos aqui para jogar futebol e eles reagiram muito bem. Vencemos o jogo, mas também vencemos contra o racismo”, disse Kovač, depois da partida.

Na segunda parte Kevin Volland fechou o resultado, o Mónaco venceu por 2-0 e está perto do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões.

Dois feridos graves na Colômbia

Na Colômbia, na jornada que assinala o regresso dos adeptos aos estádios de futebol, mais de 500 dias depois, houve cenas fortes de violência durante o intervalo do jogo entre Independiente Santa Fe e Atlético Nacional, um dos “clássicos” do futebol colombiano.

A partida da terceira ronda ficou marcada pela invasão de muitos adeptos do Santa Fe, que deixaram mesmo as bancadas e atravessaram o relvado para chegarem à zona do Estádio El Campín onde estavam os adeptos do Nacional – e onde as cenas de violência já tinham começado entre sectores vizinhos.

Múltiplas disputas físicas, muita confusão, cerca de 1.500 polícias sem conseguirem agir como queriam e duas pessoas com ferimentos graves, incluindo um traumatismo craniano.

O jogo ainda recomeçou e os adeptos do Santa Fe terão ficado ainda mais furiosos porque o Nacional marcou na segunda parte e venceu fora por 1-0.

 

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PCP insiste que Governo vá “mais longe” e baixe o preço da energia

O PCP insistiu esta terça-feira que o Governo não se deve ficar pelo “não aumento” dos preços da energia, mas sim ir “mais longe”, intervindo para baixar estes valores, apontando que o executivo tem instrumentos …

Amnistia Internacional acusa farmacêuticas de recusar aumento da oferta de vacinas

Quando faltam 100 dias para o fim de 2021, a organização não governamental apela às farmacêuticas que forneçam dois mil milhões de vacinas a 82 países com rendimento baixos e médio-baixos, no sentido de se …

Lituânia avisa cidadãos para não comprarem telemóveis chineses devido à censura dos dispositivos

A tensão continua a aumentar entre a Lituânia e a China. O país europeu está agora a recomendar aos cidadãos que não comprem telemóveis chineses porque os dispositivos censuram alguns termos. O Ministério da Defesa da …

Talibã nomeiam enviado afegão para a ONU - e pedem para falar com líderes mundiais

Os talibã pediram para falar com os líderes na Assembleia Geral das Nações Unidas, a acontecer esta semana em Nova Iorque, e nomearam o seu porta-voz, Suhail Shaheen, a viver em Doha, como embaixador na …

"Erros" no currículo. Raquel Varela perdeu "apoio" para bolsa de 4 mil euros e leva caso a tribunal

A investigadora Raquel Varela está envolvida numa polémica depois de ter perdido o apoio do Instituto de História Contemporânea, no âmbito de um concurso a fundos públicos, devido a alegados "erros" no currículo. A notícia …

Nem com a maternidade o PS segura Coimbra. Sondagem dá vantagem ao PSD, numa corrida apertada

Na semana das autárquicas, uma sondagem aponta para que o PSD consiga roubar a Câmara de Coimbra ao PS, apesar da corrida estar apertada. A corrida autárquica em Coimbra tem sido uma das mais quentes da …

Após gestos obscenos, ministro da saúde brasileiro testa positivo à covid-19 em Nova Iorque

Governante brasileiro ficará em isolamento em Nova Iorque, enquanto a restante comitiva continua com as reuniões bilaterais. Perante a notícia divulgada pelo governo brasileiro, espera-se, agora, uma reação dos porta-vozes dos países cujos líderes se …

FBI confirma que corpo encontrado é de Gabby Petito. "Homicídio", diz médico legista

O FBI anunciou que o corpo encontrado no domingo, num parque natural de Wyoming, nos EUA, é de Gabrielle Petito, a jovem cujo desaparecimento cativou a atenção do mundo. Análise preliminar confirmou que os restos mortais …

Maioria dos candidatos para Porto e Lisboa admite criar zonas com menos carros nas cidades

Um inquérito da associação ambientalista Zero apurou as propostas dos candidatos às autarquias de Lisboa e Porto sobre a redução do uso de carros e os incentivos à mobilidade sustentável. No âmbito do dia Europeu sem …

Racismo: Alonso não se ajoelha. "É adulto e tomou a sua decisão"

Treinador do Chelsea comentou a decisão do espanhol, que deixou de se ajoelhar antes dos jogos do campeão europeu. Há alguns meses que, antes de cada jogo da Premier League, todos os jogadores e árbitros se …