Adeptos do Nice entoaram cânticos a gozar com a morte de Emiliano Sala

faneitzke / Flickr

Emiliano Sala

Ultra do Nice entoaram cânticos a gozar a com a morte de Emiliano Sala num jogo da liga francesa, após o clube ter perdido na final da Taça contra o Nantes, a antiga equipa do argentino.

Esta quarta-feira, durante o jogo entre Nice e Saint-Étienne, referente à 36.ª jornada da Ligue 1, os ultras do Nice entoarem cânticos a gozar com a morte de Emiliano Sala, ex-jogador do Nantes que morreu vítima de um acidente de aviação.

“É um argentino que não sabe nadar bem… Emiliano continuas debaixo de água”, cantaram alguns adeptos do Nice.

O cântico surge depois de o Nice ter perdido a Taça de França para o Nantes, no sábado, por 1-0.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o momento durante a partida de ontem. “C’est un argentin qui ne nage pas bien… Emiliano sous l’eau”, ouve-se no estádio, pouco depois do início do encontro.

Na conferência de imprensa depois do jogo, o treinador do Nice foi o primeiro a reagir ao cântico, não contendo o sentimento de reprovação sentido.

“Às vezes diz-se que o que se vê no estádio é um reflexo da sociedade. Se esta é a nossa sociedade, então estamos na merda total”, disse Christophe Galtier. “De onde vêm os insultos a um jogador que já morreu?”.

Mais tarde, o Nice divulgou um comunicado nas redes sociais, salientando que foi uma pequena parcela de adeptos que entoou o cântico e que o clube não se revê nele.

“O clube não reconhece os seus valores ou os da família vermelha e negra nesta provocação impensável e abjeta, feita por uma minoria de adeptos. O Nice envia o seu apoio à família e aos amigos de Emiliano Sala”, lê-se no comunicado.

O avião que transportava o jogador argentino de 28 anos desapareceu dos radares em 21 de janeiro, pelas 20:00, quando o futebolista e o piloto David Ibbotson, de 59 anos, seguiam viagem de Nantes para Cardiff, onde o atleta era esperado no dia seguinte para treinar no seu novo clube.

Sala, que havia assinado por três anos e meio, foi a maior transferência já feita pelo clube galês.

O argentino iniciou a carreira nos portugueses do FC Crato e representou também o Bordéus, o Orleáns, o Chamois Niortais e o Caen. O atleta tinha sido treinado por Sérgio Conceição, atual técnico do FC Porto, no Nantes, no qual foi companheiro de Sérgio Oliveira, na altura emprestado pelos ‘dragões’.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE