“É como se estivéssemos amaldiçoados”. Clube perdeu nove playoffs em 14 anos

Adana Demirspor é um clube turco do segundo escalão que tem um historial que ninguém inveja: nos últimos 14 anos, a equipa perdeu nove vezes nos playoffs de promoção à Spor Toto Süper Lig, a primeira divisão da Turquia.

“Percebi que o Adana foi realmente deixado para trás, sem apoio. Queríamos voltar a dias melhores, tentamos acender uma luz, mas descobriu-se que o Demirspor já estava profundamente enterrado na escuridão. Obrigado a todos… talvez pela última vez”, disse o ex-presidente do clube, Bekir Çinar, pouco antes da sua morte.

Çinar suicidou-se em agosto de 2010, apenas um depois de se ter tornado presidente do clube. O empresário local queria levar o clube de volta ao primeiro escalão, mas acabou por não conseguir o apoio que procurava.

O Adana Demirspor é um clube do povo, da classe trabalhadora, muito ao estilo do Livorno, em Itália, e do St. Pauli, na Alemanha. O clube foi fundado em 1940 pela TCDD, a companhia ferroviária estatal turca.

Apesar de não jogar na primeira divisão há mais de 25 anos, o Demirspor consegue manter uma média de assistência nos seus jogos superior à de muitos clubes da Süper Lig, escreve o These Football Times.

Durante grande parte da sua história, o clube balançou-se entre a primeira e a segunda divisões. Em 2006, foi quando a maldição do Adana Demirspor começou.

O clube chegou à final dos playoffs de promoção, mas acabou por perder 5-1 com o Giresunspor. Na época seguinte, a mesma história, mas desta vez de uma forma ainda mais dramática, com um golo ao cair do pano que enviou o Güngören Belediyespor para o primeiro escalão. Feitas as contas, foram nove playoffs em 14 anos.

Em 2018, as finanças do clube melhoraram graças à chegada do atual presidente, Murat Sancak, e com ele, alguns nomes conhecidos juntaram-se também. O ex-Porto Anderson transferiu-se para o Demirspor em 2018. Em janeiro do ano passado, o clube esteve muito perto de trazer Wesley Sneijder, mas o negócio acabou por falhar.

https://twitter.com/FCPorto/status/1146753622799257600

“Aqueles que não conseguem marcar são os que devem ser eliminados, não há mais nada além disso. Eu tenho pena dos nossos adeptos. Embora não se devam preocupar muito, porque este não é o fim do mundo. Esperamos regressar à Süper Lig na próxima temporada”, disse Sancak no ano passado, após o clube ter voltado a falhar a promoção.

“É realmente doloroso. Não apenas o facto de termos perdido [nos playoffs] tantas vezes, mas a maneira como isso aconteceu. É quase como se estivéssemos amaldiçoados ou algo assim. Definitivamente, merecemos ser uma equipa da Süper Lig com a nossa história e seguidores, mas o facto de termos chegado tão perto tantas vezes e mesmo assim ter falhado torna tudo ainda mais doloroso”, disse ao These Football Times.

Agora, com os veteranos campeões turcos Aurélien Chedjou e Gökhan Inler, o Adana espera quebrar a maldição e chegar ao topo do futebol turco. Esta época, após oito jogos disputados, o clube ocupa o quarto lugar, a três pontos do líder.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …