“É como se estivéssemos amaldiçoados”. Clube perdeu nove playoffs em 14 anos

Adana Demirspor é um clube turco do segundo escalão que tem um historial que ninguém inveja: nos últimos 14 anos, a equipa perdeu nove vezes nos playoffs de promoção à Spor Toto Süper Lig, a primeira divisão da Turquia.

“Percebi que o Adana foi realmente deixado para trás, sem apoio. Queríamos voltar a dias melhores, tentamos acender uma luz, mas descobriu-se que o Demirspor já estava profundamente enterrado na escuridão. Obrigado a todos… talvez pela última vez”, disse o ex-presidente do clube, Bekir Çinar, pouco antes da sua morte.

Çinar suicidou-se em agosto de 2010, apenas um depois de se ter tornado presidente do clube. O empresário local queria levar o clube de volta ao primeiro escalão, mas acabou por não conseguir o apoio que procurava.

O Adana Demirspor é um clube do povo, da classe trabalhadora, muito ao estilo do Livorno, em Itália, e do St. Pauli, na Alemanha. O clube foi fundado em 1940 pela TCDD, a companhia ferroviária estatal turca.

Apesar de não jogar na primeira divisão há mais de 25 anos, o Demirspor consegue manter uma média de assistência nos seus jogos superior à de muitos clubes da Süper Lig, escreve o These Football Times.

Durante grande parte da sua história, o clube balançou-se entre a primeira e a segunda divisões. Em 2006, foi quando a maldição do Adana Demirspor começou.

O clube chegou à final dos playoffs de promoção, mas acabou por perder 5-1 com o Giresunspor. Na época seguinte, a mesma história, mas desta vez de uma forma ainda mais dramática, com um golo ao cair do pano que enviou o Güngören Belediyespor para o primeiro escalão. Feitas as contas, foram nove playoffs em 14 anos.

Em 2018, as finanças do clube melhoraram graças à chegada do atual presidente, Murat Sancak, e com ele, alguns nomes conhecidos juntaram-se também. O ex-Porto Anderson transferiu-se para o Demirspor em 2018. Em janeiro do ano passado, o clube esteve muito perto de trazer Wesley Sneijder, mas o negócio acabou por falhar.

https://twitter.com/FCPorto/status/1146753622799257600

“Aqueles que não conseguem marcar são os que devem ser eliminados, não há mais nada além disso. Eu tenho pena dos nossos adeptos. Embora não se devam preocupar muito, porque este não é o fim do mundo. Esperamos regressar à Süper Lig na próxima temporada”, disse Sancak no ano passado, após o clube ter voltado a falhar a promoção.

“É realmente doloroso. Não apenas o facto de termos perdido [nos playoffs] tantas vezes, mas a maneira como isso aconteceu. É quase como se estivéssemos amaldiçoados ou algo assim. Definitivamente, merecemos ser uma equipa da Süper Lig com a nossa história e seguidores, mas o facto de termos chegado tão perto tantas vezes e mesmo assim ter falhado torna tudo ainda mais doloroso”, disse ao These Football Times.

Agora, com os veteranos campeões turcos Aurélien Chedjou e Gökhan Inler, o Adana espera quebrar a maldição e chegar ao topo do futebol turco. Esta época, após oito jogos disputados, o clube ocupa o quarto lugar, a três pontos do líder.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O vulcão em erupção na Islândia está agora à venda

O vulcão no sudoeste da Islândia, na Península de Reykjanes, que entrou em erupção no final de março, está agora à venda (e já há várias propostas em cima da mesa). De acordo com o jornal …

Após críticas, Cravinho garante que cartões de Antigo Combatente já estão a ser enviados

O Ministro da Defesa garantiu hoje que os cartões de Antigo Combatente já estão a ser produzidos e alguns já foram distribuídos aos beneficiários, assegurando que o processo vai continuar. João Gomes Cravinho abordou o tema …

Palácio onde Churchill nasceu muda nome do "Quarto Indiano" (para afastar polémica sobre ligações coloniais)

O Palácio de Blenheim mudou o nome da sua “Sala Indiana” para evitar polémica sobre ligações coloniais numa nova exposição sobre Winston Churchill. Uma exposição intitulada "O Grande Britânico" no local de nascimento do líder do …

militares a cantar hino do Sporting na parada

Exército investiga vídeo de militares a cantar hino do Sporting na parada

O vídeo que mostra recrutas de um quartel do Funchal, na Madeira, a entoar cânticos de apoio ao Sporting durante uma parada militar está a ser investigado pelo Exército. O episódio terá acontecido depois de …

Autoridade Marítima diz que multas nas praias ainda não podem ser aplicadas

A Autoridade Marítima Nacional explicou hoje que a fiscalização das praias se vai pautar pela sensibilização para o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19, indicando que as coimas por incumprimento só podem ser aplicadas …

Trabalhadores das cantinas e refeitórios em greve na 2.ª feira por aumentos salariais

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados vão estar em greve na segunda-feira, por aumentos salariais, segundo a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (FESAHT). Além …

469 novos casos, 7 mortes e 386 recuperados em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, sete mortes atribuídas à covid-19 e 469 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde. O número de internamentos continua a descer. …

Limpeza, segurança e discrição. O Monte de Saint Michael procura um "rei" para o seu castelo

O Monte de Saint Michael, uma fortificação histórica na Cornualha, está a procura de um "rei". O trabalho inclui a responsabilidade pela segurança e proteção do castelo.  Abriram as inscrições para um "oficial do castelo" residente …

China cancela subidas ao Evereste por receio de casos vindos do Nepal

A China cancelou as permissões de escalar o Monte Evereste do seu lado do pico mais alto do mundo devido ao receio de importar casos de covid-19 do vizinho Nepal, noticiou a imprensa estatal. O encerramento …

Marcelo e Ferro repudiam identificação “inaceitável” de deputada em notícia da Lusa

O Presidente da República e o presidente da Assembleia da República condenaram a “lamentável notícia” da Lusa na qual se identificava a deputada do PS, Romualda Fernandes, de modo “a todos os títulos inaceitável”. A …