“Não haverá acordo” se Londres não respeitar compromissos, avisa Michel Barnier

Mário Cruz / EPA

O negociador-chefe da União Europeia para o ‘Brexit’, Michel Barnier

O negociador europeu para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), Michel Barnier, sublinhou no domingo que “o tempo urge”, avisando que não haverá acordo se Londres permanecer nas posições anteriores.

“O Reino Unido deu um passo atrás, dois passos atrás, três passos atrás em relação aos compromissos que assumiu no início”, disse Michel Barnier em entrevista ao Times, citado pela agências France-Presse e Lusa no domingo.

Antes da retoma das negociações, na terça-feira, o diplomata francês referiu que a UE se lembra “muito bem do que negociou com Boris Johnson [primeiro-ministro do Reino Unido]”. “Nós queremos simplesmente que seja respeitado. À letra. Caso contrário, não haverá acordo”, advertiu o negociador.

O Reino Unido saiu oficialmente da UE em 31 de janeiro, mas as regras europeias continuam a aplicar-se no território durante um período transitório que dura até ao final de dezembro, necessário para se alcançar um acordo comercial entre as duas partes.

As negociações devem ser retomadas na terça-feira, depois de um ciclo de negociações em meados de maio marcado pela ausência de progresso. “O tempo urge”, advertiu Michel Barnier, mencionando que qualquer prolongamento do período transitório deve ser pedido antes de julho.

No entanto, Londres tem-se mostrado inflexível: não admite prolongar as negociações para lá de dezembro, afirmou na quarta-feira o negociador britânico David Frost, colocando risco sobre a possibilidade de um não acordo potencialmente devastador para a economia.

Para Michel Barnier, o ‘brexit’ é, de qualquer forma, uma situação de perda, mas caso não exista acordo, “isso terá ainda mais consequências que se juntarão às já muito graves da crise do novo coronavírus”, apelando à “responsabilidade comum” da UE e do Reino Unido.

É “do interesse das duas partes chegar a um acordo”, mesmo que o Reino Unido tenha bem mais a perder no quadro de um “no deal” [não acordo] que a Europa, estimou o negociador europeu.

“Estamos muito menos expostos do que eles porque só 7% das nossas exportações vão para o Reino Unido, enquanto 47% das exportações britânicas têm como destino a UE”, lembrou Michel Barnier.

Caso não haja acordo ou prolongamento das negociações, as trocas comerciais entre as duas partes seriam regidos pelas regras da Organização Mundial do Comércio (OMC), erigindo novas barreiras comerciais e causando custos avultados para as empresas importadoras dos dois lados, bem como atrasos nas fronteiras.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Será necessária declaração para deslocações entre concelhos

O Governo esclareceu que quem precisar de se deslocar entre 30 de outubro e 3 de novembro, quando estará proibida a circulação entre concelhos, necessita de uma declaração, sendo as exceções as mesmas que foram …

Cães conseguem detetar covid-19, mas não estão a ser usados. "Podiam salvar tantas vidas"

Um cão pode cheirar um pano que antes esteve no pulso ou no pescoço de alguém e identificar imediatamente se a pessoa contraiu o vírus até cinco dias antes do aparecimento de qualquer sintoma. Parece …

Noruega com poucos casos de infeções nas escolas. Medidas podem ser aliviadas

A Noruega mantém as escolas com o segundo nível das medidas para combate à pandemia. Contudo, pondera aliviá-las caso se confirme que as crianças não têm um papel acrescido na transmissão do vírus. As autoridades de …

Ex-SCUT com descontos para passageiros frequentes e transporte de passageiros

Os passageiros particulares frequentes e os veículos de transporte de passageiros vão ter descontos na passagem pelas portagens das antigas SCUT a partir de 1 de janeiro, anunciou esta quinta-feira o Governo. De acordo com a …

Situação "muito grave" leva a uma nova corrida ao papel higiénico na Alemanha

A Alemanha atingiu esta quinta-feira um novo máximo diário, com mais de 11 mil casos em apenas 24 horas. A nova vaga de infeções está a levar os alemães a um novo açambarcamento de papel …

Taça: todos os "grandes" defrontam equipas do terceiro escalão

FC Porto, Benfica e Sporting vão jogar em casa de formações do Campeonato de Portugal. Sporting de Braga estará na Trofa. Decorreu nesta quinta-feira o sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, a …

DGS vai comprar mais de 100.000 frascos de Remdesivir até março de 2021

A Direção-Geral da Saúde vai adquirir entre este mês e março de 2021 mais de 100.000 frascos do medicamento antiviral remdesivir, com a designação comercial Veklury, para tratamento de doentes com covid-19. A decisão foi tomada …

Utilizadores do PayPal vão poder usar criptomoeda para pagar a mais de 26 milhões de comerciantes

O PayPal anunciou que vai investir no mercado das criptomoedas, lançando um novo serviço que permitirá aos utilizadores da plataforma nos Estados Unidos comprar, guardar e vender moeda digital, já a partir de 2021. De acordo …

Escavações revelam sepulcro do final da Idade do Bronze em Oliveira de Frades

Escavações arqueológicas realizadas recentemente revelaram a existência de um sepulcro do final da Idade do Bronze na Cumeeira, junto à zona industrial de Oliveira de Frades, anunciou esta quinta-feira a autarquia. "Este sítio arqueológico era já …

Farmacêutica Purdue aceita declarar-se culpada em processo sobre analgésico opiáceo

A farmacêutica Purdue concordou em declarar-se culpada pela promoção agressiva do analgésico opiáceo OxyContin. O acordo foi anunciado pelo ministério da Justiça norte-americano e está avaliado em cerca de 8,3 mil milhões de dólares. A farmacêutica …