Linha de Fundo: Academia de sonhos e mexidas no pódio

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Um líder inquebrável. Dragões derrubam muralha algarvia. Benfica passa teste da Pedreira e alcança o pódio. Ainda o sonho do menino Essugo. Os números e frases da semana. E o duelo azul na Champions, visto da Linha de Fundo.

Mais uma noite feliz

  • Sporting CP (Gonçalo Inácio 44′) 1-0 Vitória SC

Mais um triunfo, o terceiro consecutivo do Sporting, que mantém os 10 pontos de vantagem na liderança da Liga, a 10 jornadas do final do campeonato.

Os leões deram mais uma prova de solidez e maturidade. A nota artística não foi alta, foi maior o pragmatismo, numa fase onde vencer é o mais importante… e este Sporting não pára de ganhar, assumindo a vertente resultadista.

Escrevendo mais uma página feliz de um percurso de sucesso, foi Gonçalo Inácio a marcar o golo da vitória, numa noite marcada pelas lágrimas de Dário Essugo. Com 16 anos e seis dias tornou-se o mais jovem de sempre a jogar pela equipa principal do Sporting. Acabou o jogo emocionado, saudado por toda a equipa, depois dos leões manterem a distância de dez pontos para o FC Porto a outras tantas jornadas de cortar a meta.

Numa primeira parte dividida, sinal mais dos leões, mas com o Vitória a conseguir incomodar e estar também perto do golo, foi Gonçalo Inácio a dar vantagem ao líder. Em vantagem, mais uma vez, a equipa é detentora do mérito de saber gerir o jogo, mantendo serenidade e confiança.

Mais uma jornada ultrapassada, mais uma vitória conseguida, mais um jogo sem saber o que significa a palavra derrota. O Sporting continua invicto no campeonato e frente ao Vitória, sem Sebastián Coates e Nuno Santos, o treinador Rúben Amorim alterou peças e a disposição tática, uma estratégia que trouxe resultados. Um líder que parece imparável. A equipa revela tranquilidade, sabe contrariar dificuldades, é paciente, existe convicção que consegue resolver cada missão. Nas últimas jornadas o fulgor parecia não ser o mesmo. Afinal trata-se apenas de uma questão de aparência.

Foi sofrida a vitória caseira com o Santa Clara, voltou a ser igual em Tondela. Mais uma vez pela margem mínima… missão cumprida. Este Sporting está em contagem decrescente para festejar o título.

Águia sobe de nível

  • SC Braga 0 – 2 SL Benfica (Rafa Silva 45+3′, Haris Seferovic 57′)

Teste superado. O Benfica ganhou em Braga, somou o quarto triunfo consecutivo e subiu ao terceiro lugar, por troca com o adversário. Mais uma vez a equipa de Jorge Jesus mostrou estar numa fase ascendente. Os golos de Rafa e Seferovic – os destaques do jogo – garantiram a conquista de três importantes pontos, alcançados de forma justa, sabendo aproveitar a expulsão de Fransérgio perto do final da primeira parte. Se o SC Braga já revelava dificuldades, tudo se tornou mais complicado para a equipa da casa.

Na primeira parte, com maior domínio das águias, as duas equipas encaixavam em sistemas táticos semelhantes. Jorge Jesus respondeu com a aposta na utilização de três centrais e laterais projetados no ataque. O Benfica esteve sempre mais confortável no jogo, mais audaz e maior capacidade ofensiva. Viu-se pouco Braga durante a primeira parte. A seis minutos do intervalo, momento marcante no jogo. Fransergio, o capitão dos guerreiros, foi expulso por acumulação de amarelos, mudando por completo o rumo da partida. Cresceu ainda mais o Benfica, chegando ao golo por Rafa, já nos descontos da primeira metade.

Na segunda parte, ainda antes de ampliar o resultado, foi o Braga a estar perto do golo do empate. Livre de João xeque-mate no jogo. Rafa isolou Seferovic – sociedade perfeita – para o suíço fazer o segundo dos encarnados e arrumar com a questão. O Braga tentou que fosse diferente, não conseguindo contrariar o adversário, revelando dificuldades em passar à pratica a ideia de jogo, que este campeonato já mostrou das mais atrativas. Esteve mais consistente o Benfica, rigoroso a defender, foi mais criativo e justificou a conquista dos três pontos.

Quarta jornada consecutiva a vencer do Benfica, com triunfos sem sofrer qualquer golo. Helton Leite está há quinhentos minutos ver a bola entrar na baliza, sendo esse um importante registo que comprova o bom momento da equipa de Jorge Jesus no campeonato.

Braga 0-2 Benfica | Rafa carrega águia ao pódio

Falhou a estratégia de bloqueio

  • Portimonense SC (Fali Candé 64′) 1-2 FC Porto (Lucas Possignolo 45′ p.b., Samuel Portugal 67′ p.b.)

Sem ter conseguido uma exibição de nível alto, o FC Porto jogou mais e melhor, sendo capaz de furar a estratégia super defensiva dos algarvios. Os dragões até podiam ter vencido por uma diferença maior mas acabou por fazê-lo por via de dois autogolos.

Perante um Portimonense em 5x4x1, valeu a paciência e insistência portista. A questão nem sequer era como entrar na área do Portimonense, mas como lá chegar. O jogo não foi nada bonito. As equipas mostraram vontades bem distintas. Sempre com mais bola, o FC Porto teve dificuldades na criação de lances de perigo.

O Portimonense mantinha a obstinação defensiva. A partida teve pouco brilho, qualidade baixa e interesse mínimo. Valeu a qualidade individual para arrombar a muralha algarvia. Corona, ele que tantas vezes procurou espaços que os seus colegas não pareciam querer pisar, inventou a jogada que terminou com um autogolo de Posignolo.

No regresso ao excelente relvado do Estádio Municipal de Portimão, surpreendeu a equipa da casa a conseguir chegar ao empate. Sem conseguir colocar a funcionar o ataque, o FC Porto também falhou defensivamente. A bola passou entre Manafá e Mbemba, Candé ganhou na velocidade e assistiu Beto. Diogo Leite não permite a oportunidade de remate a Beto, mas a bola voltou a encontrar Candé, que aproveitar para marcar e igual o jogo.

Começaram os problemas fora das quatro linhas, com troca de palavras entre os treinadores. Logo a seguir os dragões conseguiram marcar e voltar à vantagem, aumentando a confusão nos dois bancos de suplentes. Festejos intensos no banco portista pelo golo marcado por Sérgio Oliveira. Nova troca de palavras entre Paulo Sérgio e Sérgio Conceição, ambos expulsos por Rui Costa. Instalada a confusão junto ao túnel de acesso aos balneários, jogo parado durante três minutos. Nada bonito de se assistir.

Depois disso o FC Porto voltou a insistir e teve oportunidades para ampliar, enquanto que o Portimomense manteve como prioridade fechar a sua baliza, espreitando o contra golpe. Sem efeito. Foi uma justa vitória portista, por via de dois autogolos, sim, mas resultantes também de maior garra e querer.

Números da Semana

  • 16,6 – Dário Essugo tornou-se o mais jovem de sempre a jogar pela equipa principal do Sporting na Liga portuguesa (16 anos e 6 dias), batendo o registo de Santamaria, que a 23 de janeiro de 1999, num empate frente ao Desportivo de Chaves, se tinha estreado com 16 anos e 11 meses.
  • 500 – Helton Leite completou 500 minutos sem sofrer golos na Liga Portuguesa.
    É o melhor registo de um guarda-redes do Benfica desde Ederson em 2016/17 com 850 minutos sem sofrer.
  • 200 – Rafa Silva chega aos 200 jogos na Liga Portuguesa: (112 SL Benfica/32 golos)
    (88 SC Braga/13 golos). Estreou-se em 2013 pelo SC Braga e foi lançado por Jesualdo Ferreira a titular frente ao Belenenses.
  • 100 – Haris Seferovic completou o jogo 100 na Liga e sempre ao serviço do Benfica.
  • 100 – João Mário cumpriu o jogo 10 no campeonato português: (85 jogos pelo Sporting), e (15 jogos pelo Vitória FC). Estreia em 2012/13, lançado por Jesualdo Ferreira.
  • 50 – Chancel Mbemba chegou ao jogo 50 na Liga. A estreia aconteceu em Novembro 2018 frente ao Marítimo como suplente utilizado.
  • 50 – Marcus Edwards (Vitória SC) cumpriu o jogo 50 na Liga.
  • 8 – Equipas na Liga dos Campeões 2020/21: domínio inglês, ainda com 3 equipas em prova (Chelsea, Liverpool e Manchester City) e Portugal ainda representado (FC Porto). Das 8 equipas, só 2 nunca venceram a competição: o PSG e o Manchester City.
  • 4 – Pela primeira vez na história, quatro treinadores da mesma nacionalidade estarão presentes nos quartos de final da Champions: Edin Terzic (Borussia Dortmund), Jürgen Klopp (Liverpool), Thomas Tuchel (Chelsea) e Hansi Flick (Bayern Munique). As duas últimas edições da Liga dos Campeões foram vencidas por equipas comandas por treinadores alemães: o Bayern Munique de Hansi Flick na época passada e o Liverpool de Klopp em 2019.
  • 4 – Jogadores com 18 anos convocados por Fernando Santos para a Seleção A:
    Rúben Neves (2015), Gonçalo Guedes (2015), Renato Sanches (2016) e Nuno Mendes (2021).
  • 1 – João Palhinha chamado à Seleção A pela primeira vez: tem 18 jogos pelas camadas jovens – nenhum pelos Sub 21 (2 Sub-18, 14 Sub-19, 2 Sub-20).
  • 1 – Pedro Porro, jogador do Sporting CP, foi convocado pela primeira vez para a Seleção de Espanha. É o 3.º jogador na Liga portuguesa a ser convocado pela formação principal espanhola , depois de Javi Garcia e Iker Casillas.
  • 50 – Bernardo Silva cumpriu o jogo 50 na Liga dos Campeões: (18 Mónaco) (32 Manchester City). A estreia foi em 2014, lançado por Leonardo Jardim, no Mónaco.
  • 767 – Messi cumpriu o 768.º jogo pelo Barcelona e superou Xavi como jogador com mais jogos pelo clube catalão: 767 Xavi e Messi, 674 Iniesta, 617 Busquets, 593 Puyol.
  • 500 – Luis Suárez marcou o golo 500 na carreira. O Atlético de Madrid regressou às vitórias no campeonato, depois de dois empates. 1-0 sobre o Alavés, com o avançado uruguaio a marcar o único golo do jogo aos 54 minutos.
  • 150 – Antoine Griezmann chegou aos 150 golos na Liga espanhola (94 Atlético de Madrid, 40 Real Sociedad e 16 Barcelona). Griezmann é o 2.º jogador francês com mais golos no canpeonato de Espanha , depois de Benzema (184).
  • 39 – Mais de quatro anos e meio depois, Zlatan Ibrahimovic está de regresso à seleção da Suécia: o avançado de 39 anos (!!!) do Milan integra a convocatória do selecionador Janne Andersson para os jogos com a Geórgia, Kosovo e Estónia.
  • 6 – João Almeida terminou o Tirreno – Adriático na sexta posição, a 4m54s do vencedor, o esloveno Tadej Pogačar. Um desempenho que permite igualar o segundo melhor resultado de sempre de um português na prova italiana. Acácio da Silva foi segundo em 1985 e sexto no ano seguinte. Tiago Machado, sétimo em 2011, e Rui Costa, décimo em 2019, são os outros nacionais com presença nos dez melhores do Tirreno – Adriático.
  • 275 – O Manchester United anunciou que, na próxima época, entra em vigor um contrato com a empresa de eletrónica TeamViewer no sentido de esta passar a principal patrocinador da camisola do clube, substituindo assim a Chevrole. O contrato é válido por cinco épocas e ascende a um valor total de 275 milhões de euros, correspondentes, portanto, a 55 milhões de euros anuais. Este é o maior acordo celebrado durante a pandemia e será também o mais elevado da Premier League no que diz respeito a contratos que incluem apenas a camisola.

Frases da Semana

“Venho aqui para dar um grito de revolta. Infelizmente, o jogo terminou aos 40 e poucos minutos. Não consigo descortinar que um jogador dos ditos ‘três grandes’ fosse expulso como foi o Fransérgio, com dois cartões amarelos nas duas faltas que fez. Em Portugal, temos a perceção que os lugares de cima serão sempre para os ditos ‘três grandes’, mas isto vai ter que mudar. O Braga, e outros clubes, têm o direito e o dever de disputar esses lugares. Eu sei que é muito milhão que está em jogo, mas dentro de campo tem que haver o direito de igualdade.” António Salvador, presidente do SC Braga.

“É uma sensação indescritível e é algo que sempre ambicionei. Sonhei com isto. Poder ter alcançado isto e ser o jogador mais jovem da História a estrear-se pelo Sporting CP é um motivo de orgulho. Só tenho a agradecer a toda a gente que tornou isto possível: muito obrigado.” Dário Essugo, jogador do Sporting CP.

“Penso que depois de ter eliminado a Juventus, o FC Porto pode ir até à final da Liga dos Campeões e ganhá-la. É o meu desejo, a minha esperança e acredito que pode ser.” Pinto da Costa, presidente do FC Porto, em entrevista ao Porto Canal.

“O ponto atual é que o Sérgio Conceição tem contrato com o FC Porto até final desta época e é minha intenção e também dele renovarmos. Ele entendeu e já o disse publicamente que nesta altura quer estar focado na Champions, mas tenho a certeza que no final, ou antes do final da época, faremos novo contrato ou renovaremos contrato, ele é uma peça importante no meu projeto, quando pouca gente acreditava no seu sucesso e eu acreditava cegamente e continuo a acreditar que podemos fazer mais sob o comando técnico de Sérgio Conceição.” Pinto da Costa, presidente do FC Porto, em entrevista ao Porto Canal.

“O meu futuro passa por fazer a convocatória a seguir, tomar banho, porque também tomo banho, ir para casa e depois apanhar o avião para Portimão. Não comento as palavras do presidente. Ele sabe que estou focado nas competições que faltam, ele falou da Liga dos Campeões, eu acrescento a Liga e é nisso que quero pensar agora.” Sérgio Conceição, treinador do FC Porto.

“Temos muito para escrever nesta Champions. Confiança existe, vamos jogar com uma grande equipa, que tem vindo em grande recuperação com um novo treinador. Para mim o FC Porto é sempre favorito, seja contra quem for, vamos encarar com otimismo e vontade de passar.” Vítor Baía, vice-presidente do FC Porto.

“Claro que muita gente vai apontar-nos como favoritos contra o FC Porto. Isso não vai ajudar. Podem ir a Turim perguntar a opinião sobre isso, se ajuda ser favorito.” Thomas Tuchel, treinador do Chelsea.

“Nesta fase, todas as equipas são grandes equipas. O FC Porto é um adversário que respeitamos, que tem história na Liga dos Campeões e no futebol europeu. Estaremos preparados e prontos para jogar com o FC Porto.” Petr Cech, diretor técnico do Chelsea.

“O principal atributo do Rúben Amorim é ser muito frontal. Pede que cada jogador dê o melhor e depois é ele quem decide. Nunca critica erros. Chegou um treinador muito jovem com uma ideia interessante, que está a resultar. Por vezes no futebol os resultados mandam, mas para mim é mais importante o clube ser estável e ter um projeto a longo prazo.” Sebastián Coates, jogador do Sporting CP, em entrevista à ESPN do Uruguai.

“Depois de todas as provas de comportamento irrepreensível e exemplar dos nossos adeptos, no pontual regresso aos estádios que lhes foi concedido, depois de todos os sacrifícios que temos feito e todas as dificuldades que estamos a ultrapassar, sem qualquer apoio governativo, não aceitaremos que o futebol profissional volte a ser discriminado. Não nos conformaremos com um tratamento discriminatório em relação aos demais espetáculos. E estaremos, como habitualmente, na linha da frente para lutar pelos nossos direitos, pelos nossos adeptos, pelas nossas sociedades desportivas.” Pedro Proença, presidente da Liga Portugal.

“Temos de pensar é agora. Ninguém vai preparar a fase final do Campeonato do Mundo sem estar apurado. Estarmos a contar que vamos lá estar é perigoso. O melhor é estarmos lá. Para já, só temos uma competição. Só falaremos do Europeu em maio. Agora é o apuramento para o Mundial. É a primeira vez que teremos três jogos oficiais para a qualificação para Mundial. Temos de focar-nos em preparar bem os jogadores. O campeonato da Europa não tem nada a ver com isto. Aí já lá estamos e no momento certo abordaremos essa questão. Obviamente que isto é uma anormalidade, mas não vale a pena encontrar desculpas, é o que é. Os jogadores sabem que só há um foco: a qualificação para o Campeonato do Mundo.” Fernando Santos, selecionador do Portugal.

“Tenho a certeza que o Cristiano, como sempre, vem super motivado, não tem a ver com ter marcado mais ou menos golos. Tem sempre uma pretensão extra muito grande quando representa a Seleção Nacional. E espero bem que venha, e vem, tenho a certeza absoluta, com a mesma ambição que sempre demonstrou, não pensando em objetivos pessoais, mas pensando em concretizar os objetivos da equipa nacional. Ele tem um sonho muito grande, isso eu sei, será determinante também, o sonho de participar no que nos propormos, no objetivo de poder participar no Campeonato do Mundo e poder vencê-lo. Esse é o objetivo principal, o resto tem de passar ao lado da Seleção Nacional, seguramente.” Fernando Santos, selecionador de Portugal.

“Esta será a última temporada na Juventus. Não sei se o o clube lhe vai propor a renovação, o que é certo é que Ronaldo não tardará muito em encontrar uma nova equipa. As críticas que recebeu foram excessivas, trata-se do melhor avançado do mundo. Pode ter um mau jogo. Talvez a Juventus tenha subestimado o adversário.” Totò Schillaci, antigo avançado da Juventus.

“Ronaldo? Já veremos.” Emilio Butragueño, diretor de relações institucionais do Real Madrid.

“Cristiano Ronaldo é uma lenda do clube. Será sempre bem-vindo.” Vinícius Jr., jogador do Real Madrid.

“Continua a marcar as diferenças, a ser um génio, um craque, é um homem formado em Madrid. Seria bonito o regresso de Ronaldo a Madrid.” Javier Tebas, presidente da La Liga.

“A Juventus é uma equipa vergonhosa, liderada por Cristiano Ronaldo. A Direção está a arruinar tudo. Despediram o Allegri para contratar o Sarri e, na temporada seguinte, também o despediram, porque o Ronaldo e os companheiros é que dirigem o espetáculo.” Pasquale Bruno, antigo jogador da Juventus.

“Pepe é de outro mundo. Há poucos jogadores que chegam a esta idade e continuam mais três ou cinco anos. É algo que vem de dentro deles. Eles não querem parar, querem ser bem-sucedidos. Às vezes, no Milan, olho para o Zlatan e penso para mim, como é que é possível que este tipo de 39 anos tenha tanta vontade como alguém com 20 ou 21? Ele já ganhou todo. Já fez tudo. Deixa-me maravilhado. Se ele tem 39 e faz isso todos os dias, porque é que eu não posso fazer o mesmo?” Diogo Dalot, jogador do AC Milan.

“A felicidade e o orgulho que sinto neste momento é algo inexplicável, mais do que um objetivo alcançado é um sonho de criança realizado. Representar o meu país e estar presente num lote de campeões europeus é algo que ainda me irá dar mais força e motivação para continuar a dar tudo dia para dia tal como sempre o fiz na minha vida! Obrigado.” João Palhinha, jogador do Sporting CP, numa mensagem publicada nas redes sociais.

“Estou muito contente por esta chamada. É um prémio para mim e para o Sporting CP por aquilo que tem feito com os jovens jogadores. É o cumprir de um sonho poder jogar com os jogadores de alto nível de Portugal, e do mundo. Vou desfrutar ao máximo.” Nuno Mendes, jogador do Sporting CP.

“Estou desapontado pela diferença de atitude entre uma e outra equipa. Lamento que a minha equipa tenha sido a equipa que não colocou em campo, não o elemento mais básico que há no futebol, mas na vida: respeito pelas nossas profissões e dar tudo. Houve uma equipa que decidiu deixar tudo em campo. Deixaram tudo, a camisola, a energia, sangue e até no final do jogo eles deixaram lágrimas de felicidade, muito humildes e comprometidos. Tenho de elogiá-los. Do outro lado, a minha equipa, eu repito, a minha equipa, não parecia que estávamos a jogar uma partida importante. E se para os jogadores não é um jogo importante, para mim é, pelo respeito que eu tenho pela minha carreira e pelo meu trabalho. Cada partida é importante para mim. Acredito que para todos os adeptos do Tottenham, todas as partidas também importam. É preciso outra atitude. Dizer que estou triste não é suficiente porque aquilo que eu sinto neste momento vai muito além da tristeza.” José Mourinho, treinador do Tottenham.

“Se fosse meu treinador e tivesse feito isto depois do jogo e após tudo o que se passou… Ficaria seriamente zangado. O que ele tem de fazer é ir ao seu próprio balneário e fazer o que tem a fazer mas com a porta fechada. Para mim, Mourinho está a representar para as redes sociais, está a representar um papel para se desvincular do que aconteceu. Devia estar no balneário a falar com os seus jogadores para se certificar de que percebem que o que acabou de acontecer é inaceitável. Por exemplo, jamais se viu algo assim a Alex Ferguson: ele teria falado com os seus jogadores e depois mostrado respeito pelo rival. Isto foi logo depois do jogo. Eu não teria gostado nada” Peter Schmeichel, antigo guarda-redes do Manchester United.

“Estamos todos mais do que desiludidos. Foi uma desgraça. Espero que toda a gente no balneário se sinta responsável por esta situação porque foi uma desgraça. O que é que eu posso dizer mais? O sabor da derrota desta noite é doloroso e somos todos responsáveis por isso. Tivemos bons momentos no passado porque confiávamos na união da equipa, hoje não sei, não tenho a certeza sobre disso.Hugo Lloris, guarda-redes do Tottenham.

“Logo no dia fiz uma publicação a dizer que era para o Lodi, mas vocês gostam de picar e gostam de falar de coisas que não sabem. Por isso cria-se às vezes polémica com nada. Como nasceu essa brincadeira com o Lodi? Começou antes do jogo. Nós damo-nos muito bem e ele estava a picar-me, a dizer que não faço golos a ninguém. Então quando marquei fiz aquilo para ele. A minha relação com o treinador é muito boa, ele tenta ajudar-me sempre, como é normal, e estamos aqui para nos ajudar um ao outro.” João Félix, jogador do Atlético de Madrid.

“João Félix é um jogador, como já disse um milhão de vezes, importantíssimo, que fez um arranque de temporada a um nível altíssimo, deu muita qualidade ao ataque da nossa equipa e precisamos desse jogador.Diego Simeone, treinador do Atlético de Madrid.

“É um grande talento, jovem e diferente. Encanta-me vê-lo jogar. O João Félix tem algo de especial.” Rudiger, jogador do Chelsea.

“Quando casei, levei três livros do Mourinho. A minha mulher perguntou o que é que ia fazer com os livros: ‘Não vai ter tempo para estudar ou ler…’. Ainda era jogador e levei para descobrir porque falavam tanto dele. Achava curioso. Comecei a ler tudo o que ele fazia.” Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, entrevista Sport TV Brasil.

“Vou chegar mais gordinho aí. Como muito pão aqui em Portugal. Também gosto de um bom vinho maduro português, é muito bom.” Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, entrevista GloboEsporte.

“Eu tive muitos treinadores bons. É muito difícil. Mas coloco o Jorge Jesus no lote dos melhores treinadores que tive. Vou dizer quatro: Guardiola, Jupp Heynckes, Carlo Ancelotti e Jorge Jesus.” Rafinha, o jogador de 35 anos, está sem clube depois de ter deixado o Olympiakos.

“O regresso de Deus.” Zlatan Ibrahimovic, na rede social Twitter. Aos 39 anos, está de volta à Seleção da Suécia para o arranque da qualificação para o Mundial de 2022.

“O andebol joga-se com as mãos, mas temos os pés bem assentes na terra. Quando participamos em fases finais, vamos sempre com o objetivo de conseguir o melhor lugar possível. Aconteceu no Europeu e Mundial e vamos tentar fazer o mesmo nos Jogos Olímpicos. Respeitamos as outras seleções, mas com ambição conseguimos chegar o mais longe possível. Isto podia chamar-se a crónica dos bons malucos. Na vida, também é preciso a uma dose de loucura. Mas não é só loucura. Isto é trabalho e ambição e é essa mistura nos que faz chegar mais longe.” Miguel Laranjeiro, presidente da Federação Portuguesa de Andebol, entrevista Jornal O Jogo.

“O treinador Magnus Andersson ligou-me numa noite, por volta das 21h15, explicou-me o que tinha acontecido com o Alfredo e perguntou-me se queria juntar-me a este tremendo clube e a esta grande equipa. Eu disse imediatamente que sim. Quero ajudar o FC Porto nem que seja a jogar cinco minutos ou a chegar água.” Márton Székely, novo guarda redes húngaro da equipa de andebol do FC Porto.

“É uma notícia triste, mas um pouco esperada. É de lamentar a falta de público num evento tão prestigiado como o MotoGP. São as decisões do Governo que teremos de respeitar. O objetivo é lutar pelo título. Discutir o campeonato não é só o meu objetivo, mas também da marca. Não que isso nos crie alguma expectativa ou pressão, mas o que nos cabe fazer é capitalizar.” Miguel Oliveira, piloto da KTM.

Momento da Semana I: A semana de sonho do leãozinho Essugo

Seis dias depois de ter completado 16 anos, Dário Essugo entrou na história do Sporting ao tornar-se o jogador mais novo de sempre a vestir a camisola verde e branca.

A surpresa começou por aparecer na ficha de jogo, mas o melhor estava ainda para vir. Aos 84 minutos foi lançado para o meio-campo para substituir o seu ídolo João Mário, já com um cartão amarelo e a revelar desgaste. Essugo cumpriu e, no fim, não conteve as lágrimas, abraçado aos colegas, num dos momentos da noite.

Nascido em Lisboa e internacional jovem por Portugal, embora com raízes angolanas, Dário Essugo começou a jogar na União Desportivo e Recreativa de Santa Maria, de Odivelas, tendo chegado a Alcochete com nove anos.

No Sporting desde 2014/15, Dário Essugo faz parte a equipa sub-19 do Sporting, que nesta altura, à semelhança do que acontece com todas as equipas da formação, está sem competir devido à pandemia.

Na passada terça-feira, 16 de março, o médio de 16 anos tem contrato profissional com os leões. Foi a semana perfeita.

Momento da Semana (II) – O caminho para Istambul

O FC Porto recebe o Chelsea a 7 de abril, no Estádio do Dragão, na primeira mão da eliminatória. No dia 13, será a vez da equipa londrina receber a equipa treinada por Sérgio Conceição em Stamford Bridge.

As 2 equipas defrontaram-se por 8 vezes, com vantagem da equipa inglesa, que soma 5 vitórias, enquanto os portistas ganharam em 2 ocasiões.

O Chelsea gastou esta época 247 milhões de euros em reforços, com o recorde a pertencer a Havertz, com 81 milhões.

Quanto a títulos, os londrinos foram seis vezes campeões ingleses, cinco das quais desde a chegada de Roman Abramovich, o proprietário do clube. Foi com Mourinho e com a chegada de muitos jogadores portugueses que a Stamford Bridge voltou a ser feliz.

Na Europa, o Chelsea tem seis títulos, um dos quais na Champions, em 2011/12. Tuchel está na corrida pelo segundo. O treinador alemão chegou apenas em janeiro e esteve 13 partidas à frente da equipa, onde ainda não foi derrotado, somando nove vitórias e cinco.

Em caso de apuramento para as meias-finais da Champions League, os dragões vão defrontar Real Madrid ou Liverpool, adversários nos quartos de final. Boa sorte, FC Porto.

Teófilo Fernando Teófilo Fernando, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde
    Deveria ser corrigido a informação de que o João Palhinha é jogador do S.C Braga.
    Tal não é verdade.

RESPONDER

Biden prepara-se para reconhecer massacre arménio como genocídio

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, está a preparar-se para reconhecer formalmente os massacres arménios do início do século 20 como genocídio, cumprindo assim uma promessa que fez durante a sua campanha, decisão …

Football Leaks. Consultor de cibersegurança aponta para ataque único à Doyen

A intrusão no sistema informático da Doyen terá resultado de um único ataque conduzido por uma pessoa e não várias, defendeu na quarta-feira o consultor inglês de cibersegurança contratado pelo fundo de investimento, no julgamento …

Cavaco Silva volta a estar ausente das cerimónias do 25 de Abril

O ex-Presidente da República já informou que não vai marcar presença na cerimónia comemorativa dos 47 anos do 25 de Abril, este domingo, no Parlamento, por continuar "a respeitar as regras sanitárias". Fonte oficial do gabinete …

No dia da Terra, os líderes mundiais juntaram-se para "passar à ação"

A Casa Branca organizou uma Cimeira de Líderes sobre o Clima, que decorre de forma virtual e durante dois dias. Começou esta quinta-feira, dia em que se comemora o Dia da Terra, e junta cerca …

Detido em Itália homem que terá fornecido arma ao autor do atentado de Nice em 2016

Um homem que teria fornecido uma arma ao autor do atentado com um caminhão na cidade francesa de Nice, em 14 de julho de 2016, foi detido na Itália, anunciaram na quarta-feira vários veículos de …

"Invisibilidade" do LGBTI nos Censos é alvo de críticas

A Associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo e o Bloco de Esquerda estão a criticar os Censos 2021 devido à ausência de perguntas relacionadas com identidade de género, o que …

Rússia vai dar início à retirada de tropas perto da fronteira com a Ucrânia

A Rússia anunciou que vai iniciar, esta sexta-feira, a retirada das suas tropas concentradas perto da fronteira com a Ucrânia e na Crimeia anexada, referindo que os exercícios foram concluídos. "As tropas demonstraram a sua capacidade …

KPMG desconhecia problemas no BESA que justificassem reserva às contas

A KPMG Portugal afirmou, numa carta enviada à comissão de inquérito do Novo Banco, que desconhecia factos no BES Angola que pudessem levar a uma opinião com reservas às contas do BES. A KPMG Portugal desconhecia …

Ferro Rodrigues está "perfeitamente de acordo" com Marcelo sobre enriquecimento ilícito

O presidente da Assembleia da República (AR) concorda com o Presidente quanto à urgência de melhorar a lei contra o enriquecimento ilícito e diz que isso pode ser feito sem pôr em causa princípios constitucionais. Numa …

Índia regista subida drástica de infeções e mortes. EUA com 200 milhões de vacinas tomadas

O número de novas infeções pelo coronavírus dispararam na Índia, com a falta de preparação do Governo e a forma como a pandemia tem sido gerida apontadas como causas para a subida dos casos e …