As abelhas obreiras matam a sua rainha se esta acasalar com dois machos

As abelhas rainhas sem ferrão correm um maior risco de ser executadas pelas abelhas operárias se acasalarem com dois machos em vez de um, revelou um estudo.

A investigação, conduzida por cientistas da Universidade de Sussex, no Reino Unido, e de São Paulo, no Brasil, revela que existem várias razões que podem levar a colónia a virar-se contra a rainha, mas a principal estará associada a uma baixa qualidade na descendência.

De acordo com a publicação, um fator determinante para a eventual morte da rainha estaria associado à genética da determinação do sexo e o risco de ocorrer um “emparelhamento correspondente” – situação que acontece quando o alelo sexual masculino é o mesmo que um dos dois alelos da abelha rainha, nota o Science Daily.

O espécime de um ovo de abelha pode tornar-se masculino ou feminino dependendo de uma posição genética, o locus da determinação sexual.

Os machos comuns surgem de um óvulo não fertilizado e só têm um conjunto de cromossomas da progenitora: ou seja, só possuem um alelo sexual. Caso o óvulo seja fertilizado, o espécime terá dois conjuntos de cromossomas, um de cada progenitor.

Os alelos sexuais são diferentes quando se trata de uma fêmea e, caso sejam iguais, trata-se de um macho diplóide – uma abelha que nemé obreira, nem se pode reproduzir. Na prática, estes machos diplóides são inúteis para a colónia.

A rainha, recorde-se, é a única na colmeia capaz de se reproduzir, as obreiras são inférteis.

Num “emparelhamento pareado”, 50% dos óvulos fertilizados com o espera de um macho podem ser machos diplóides e, se uma rainha estiver emparelhada com dois machos em simultâneo, é duas vezes mais provável que produza estes espécimes.

Quando aparecem machos diplóides, as obreiras de uma colónia percebem que algo não está bem e, por norma, acabam por matar a sua rainha pouco depois.

Os resultados da investigação foram esta semana publicados na revista científica especializada American Naturalist.

ZAP //

 

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

        • Pois… argumentos é que nem vê-los. Essa suposta autoridade moral de certos valores não basta por si mesma. E o amigo bem o demonstra com a falta de argumentos típica de quem come o que lhe dão.

          • Referi padrões morais, no entanto temos de ser melhor que os animais no que toca às acções, ou neste caso, punições.
            Ninguém está isento de, estando casado, desejar outra pessoa.
            Mas daí ao acto vai, como disse, um padrão moral.
            Os desejos passam, mas o matrimónio, e o alicerce familiar que ele representa, começando nas crianças que sofrem com más condutas dos seus pais, como a praga da infelidade, deve ser preservado.
            A sociedade cada vez mais defende, incentiva e normaliza a excepção à regra, e ridiculariza a monogamia.

            • Já agora, não defendo alguma punição severa para o adultério, como existem noutros países.
              Ele não consta crime no código penal português, mas creio que poderia haver um artigo no que respeita à Comunhão total de bens.

            • Está a ver que até conseguiu arguir bem a sua dama! O problema é que os valores familiares não são propriamente iguais nas diferentes culturas e o querer avaliar as culturas que nos são distantes pelos nossos próprios padrões tem um nome: etnocentrismo. É algo muito em moda como se fossemos donos da razão apenas porque os nossos valores são pretensamente superiores como resultado de se encontrarem mais generalizados nos países desenvolvidos. As culturas dos outros são como que algo marginal. Neste caso concreto acho que cada modelo de sociedade poderá defender o que bem entende e seja aceite pela maioria que a compõe. Afinal posso sempre fazer-lhe a pergunta: e se a abelha rainha andasse metida não com dois machos mas com outra fêmea?

  1. Seria interessante corrigir a reportagem, pois a ilustraram com uma imagem de APIS MELÍFERA e a reportagem oficial, cujo Link baseia a esta, trata de “ABELHA SEM FERRÃO” ou “MELÍPONAS”. São espécies totalmente diferentes, de comportamentos totalmente diferentes
    As “MELÍPONAS” são um conjunto extremamente diverso de abelhas nativas ou indígenas, típicas de cada região do Brasil, uma bem comum para ilustrar é a Jataí.

  2. É importante que se corrija as imagens que constam no texto pois as mesma sao de abelhas com ferrao do genero apis as sem ferrao sao do genero meliponas.

RESPONDER

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …