Abelhas estão a desaparecer em todo o mundo (menos em Portugal)

O desaparecimento de milhares de abelhas, em vários países do mundo, está a preocupar a comunidade científica, até porque não há uma explicação única para esse facto. Mas em Portugal, pelo contrário, o número de colmeias tem vindo a crescer.

“O efectivo nacional [de colmeias] passou de 566 mil colónias de abelhas em 2013 para 619 mil em 2015”, refere à revista Visão Manuel Gonçalves, presidente da Federação Nacional de Apicultores de Portugal.

Um aumento que tem muito a ver com a “adesão de um número elevado de jovens com projectos apícolas”, financiados por fundos comunitários, explica também o professor Paulo Russo, do departamento de Zootecnia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Em contraponto com esta realidade nacional, os Estados Unidos perderam, no último ano, quase metade das colmeias do país (exactamente 44%), de acordo com a revista.

Em França, a produção de mel também tem caído consideravelmente, um fenómeno que se verifica igualmente noutros países europeus.

Já Portugal apresenta a sétima taxa de mortalidade mais baixa das abelhas entre 16 países da União Europeia analisados pelo programa EPILOBEE, da Comissão Europeia, com perdas de colmeias inferiores a 10%.

O clima, os pesticidas, a vespa asiática e a contaminação das abelhas pelo ácaro Varroa são apontados como os factores que podem estar a contribuir para este decréscimo no número de abelhas, em vários países do globo. Mas não se sabe explicar o que justifica a imunidade de Portugal, face a estas circunstâncias.

Certo é que o decréscimo no número de abelhas tem reflexos em toda a cadeia alimentar, animal e humana, já que a ausência de polinização, de que são as grandes obreiras, afecta as plantas que alimentam vários insectos e frutos como a cereja, o melão e a maçã, tão apreciados à mesa de tantos portugueses.

ZAP

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Está visto que estão a emigrar para Portugal.
    Queira Deus que não choquem com as vacas voadoras que rondam S. Bento.

  2. É pena o título ser desmentido pelo próprio texto.
    “ABELHAS ESTÃO A DESAPARECER EM TODO O MUNDO (MENOS EM PORTUGAL)”, mas logo a seguir diz que “Portugal apresenta a sétima taxa de mortalidade mais baixa das abelhas entre 16 países da União Europeia”. Já lia pouco o ZAP e vou ler ainda menos.

  3. Vão investigar tudo o que é químico que é posto nesta terra fora.
    Herbicidas incluídos, cujas marcas já sabemos e que ninguém tem coragem de proibir.

  4. As abelhas estão a desaparecer em Portugal! Pode ser em ritmo menor que noutros países mas nos últimos anos tem sido impressionante a redução do número de abelhas e da produção de mel. Todas as pessoas que conheço que produzem abelhas, e são algumas, referem uma redução na produção em cerca de 10 vezes menos nos últimos 8 anos devido à diminuição do número de colmeias. Estou a falar abelhas e de mel natural e não de cristais com sabor a mel, que nada tem a ver com aquilo que as abelhas produzem e que muitos consomem por engano a pensar que é mel!

  5. O número de colmeias em Portugal pode ter aumentado no entanto o número de habitantes por colmeia tem diminuído e as doenças de que se fala também têm afectado as abelhas em Portugal, portanto não estamos imunes ao problema.

  6. É incrível, como se pode dizer tanta asneira num artigo?!
    Vejamos …” milhares de abelhas em vários países do Mundo”… pois!, ou milhões de milhões. Este articulista não tem noção de quantas abelhas tem uma colmeia…
    …”o decréscimo no número de abelhas tem reflexos em toda a cadeia alimentar”… e depois fala da polinização da maçã, cereja, etc…
    É bom que se saiba que a coisa é muito mais grave do que o artigo diz: todas as flores necessitam de serem polinizadas para darem frutos e, que eu saiba, só a figueira dá fruto sem flor! E que eu saiba é a abelha o maior polinizador da Terra seguida do vento…
    Portanto meus caros, das abelhas e da sua existência depende a Humanidade. Há estudos muito precisos sobre isto só que o articulista preferiu fazer um artigo de faz-de-conta sobre um assunto da maior gravidade.
    Como diz um dos leitores, “qualquer dia deixo de ler isto” mas, só não o faço, para dar porrada nestes parôlos.

  7. Viva.
    O pessoal cá interessa-se e faz muito para proteger as poucas colmeias que tem. Poderá ser isso? Tenho algumas colmeias e alguns amigos também. O gasto é maior que o que obtemos mas todos compramos remédios e tomamos medidas contra a varroa. Quanto às abelhas asiáticas tem sido pior… mas tudo o que se vê disso, queima-se se bem que já tivemos problemas com isso. São mais agressivas tanto com as abelhas como quem lá vai…

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …