/

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona a banca portuguesa.

O múltiplo a que transaciona a banca portuguesa é 0,45 vezes o price-to-book value. Assim, 45% da situação líquida do banco liderado por Fernando Teixeira dos Santos, que ronda os 600 milhões de euros, poria o preço por uma participação de 95% em 256 milhões (270 milhões por 100%).

De acordo com o Jornal Económico, que ouviu uma fonte próxima do processo o baixo preço oferecido reflete os danos reputacionais que o EuroBic tem sofrido com o caso Luanda Leaks, dado que a empresária angolana Isabel dos Santos tem 42,5% do banco.

O valor entra no intervalo noticiado este mês, em que se estimava que valor oferecido pelo banco espanhol Abanca por 95% do Eurobic oscilaria entre 230 e 260 milhões de euros. O valor da transação está ainda sujeito a alterações após a due diligence que está a cargo da EY Espanha e que já se iniciou.

O banco espanhol liderado por Juan Carlos Escotet e Francisco Botas comunicou, em meados de fevereiro, que essa auditoria ao EuroBic deverá demorar no máximo 40 dias. O Abanca espera ter a autorização final para a compra do EuroBic, no prazo máximo de três meses após a due-diligence.

Segundo o Jornal Económico, fontes revelam que o Abanca conta ter a auditoria concluída entre o final de março e o início de abril, de forma a fechar o negócio até ao fim do primeiro semestre. No entanto, outras fontes estimam que a venda do EuroBic fique concluída até ao fim de agosto.

Outra fonte revelou que a venda do EuroBic tem sido acompanhada, desde princípio, pelo Banco de Portugal, por imposição do Banco Central Europeu.

O Abanca em Portugal vai usar a licença bancária do EuroBic para passar a banco de direito português. Atualmente, o Abanca Corporación Bancária está presente em Portugal através de uma sucursal do banco com sede na Corunha, em Espanha.

O Abanca fechou o acordo para a compra de 95% das ações do banco EuroBic, após a empresária angolana Isabel dos Santos ter colocado a sua posição no banco à venda, na sequência do caso Luanda Leaks.

O banco espanhol já tinha admitido o interesse na entidade liderada pelo ex-ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos. Os espanhóis queriam controlar pelo menos 75% do capital. Agora, com o anúncio da compra de 95% do capital do banco, confirma-se que os outros acionistas da instituição, em especial Fernando Teles, parceiro de Isabel dos Santos que controlava 37,5%, também terão vendido as suas posições.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.