Empresa de Weinstein próximo da falência. Mulheres juntam-se para a comprar

Franck Robichon / EPA

Harvey Weinstein e a mulher, Georgina Chapman

Depois do escândalo em torno do produtor Harvey Weinstein, mulheres de todo o mundo  ganharam coragem de denunciar assédios sexuais, estupros e agressões.

Mais de 100 mulheres, entre as quais várias atrizes de Hollywood, acusaram Harvey, um dos produtores mais conhecidos de Hollywood, de assédio ou abuso sexual, durante os últimos 40 anos.

Desde as acusações, os projetos da empresa The Weinstein Company – a produtora de Harvey – estão estagnados. Muitas das pessoas e empresas que trabalham ou trabalhavam regularmente com o produtor, passaram a evitar a empresa, que se ao que tudo indica se encontra já em dificuldades financeiras.

Entretanto, há agora dois grupos de investidores liderados por mulheres interessados na aquisição da The Weinstein Company.

À frente do primeiro grupo está a produtora independente novaiorquina Killer Content, que se juntou a Abigail Disney, realizadora e neta do fundador da Walt Disney Company, e à New York Women’s Foundation, para avançar com uma proposta de aquisição da empresa de Weinstein.

Apesar de estar próximo da falência, a The Weinstein Company detém um catálogo com mais de 100 filmes e séries de televisão bem sucedidos. Este grupo de investidores quer adquirir os ativos de cinema e televisão e doar parte dos lucros a organizações que apoiam mulheres vítimas de abusos sexuais.

Segundo a RFI, a segunda oferta será apresentada por Maria Contreras-Sweet, gestora do Gabinete de Pequenas Empresas durante a administração de Barack Obama.

Segundo a Deadline, numa carta dirigida ao conselho da TWC, Contreras-Sweet afirma que reuniu “um grupo de sócios financiadores, assessores e consultores de primeiro nível”, que podem oferecer 275 milhões de dólares pela empresa.

Contreras-Sweet afirma ainda ser essencial que seja um grupo liderado por mulheres a assumir a liderança da The Weinstein Company.

Mil artistas norueguesas denunciam assédio sexual

Mil artistas norueguesas denunciaram violações, agressões e assédio sexual, num manifesto publicado esta quinta-feira na imprensa local. A Noruega é considerado o segundo país mais igualitário do mundo.

A vergonha e o sentimento de culpa devem voltar ao seu lugar: aos que assediam e aos que os protegem”, afirmaram 295 cantoras norueguesas num artigo publicado no Aftenposte. Num outro artigo, mais de 700 artistas declararam não existir “nenhum motivo para pensar que o mundo da música é melhor na Noruega”.

 

Segundo o relatório do Fórum Económico Mundial (WEF), a Noruega ficou em segundo lugar entre os países que mais respeitam a igualdade de género. O relatório analisou as desigualdades salariais e o espaço dado às mulheres na política e na economia.

De acordo com a AFP, o Aftenposte publicou também um conjunto de testemunhos, todos eles anónimos, de artistas que foram vítimas de violência, pressões e humilhações de carácter sexual.

“Em Oslo, sofri uma agressão por parte de um conhecido, mas, à semelhança de muitas mulheres, pensei que era algo frequente e que não valia a pena denunciá-lo“, afirma uma artista.

“Durante toda a minha carreira, recebi comentários sobre a minha aparência e a minha sexualidade”, diz uma cantora. “Recebi um grande número de mensagens de colegas sobre a minha aparência física, mas nunca recebi mensagens sobre meu trabalho“.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “A vergonha e o sentimento de culpa devem voltar ao seu lugar: aos que assediam e aos que os protegem, afirmaram 295 cantoras norueguesas”

    Pois então comecem atribuir a Uma Thurman quota de culpa e de cumplicidade que ela tem no caso de Weinstein.

    Grupos de mulheres interessados em comprar a companhia de Weinstein??.. Aaahhh!.. Agora já percebo a verdadeira motivação de todo este ataque a este porco asqueroso!.. Se calhar tinha muito pouco a ver com o abuso sexual e muito mais a ver com uma jogada de bastidores para lhe sacar aquela que era provávelmente a produtora mais poderosa de Hollywood.

    • Concordo plenamente…não venham com tretas. o verdadeiro interesse é adquirir a empresa.
      Mas como a vida dá muitas voltas…pode ser que daqui a uns anos essas mulheres que provavelmente irão adquirir a empresa…também elas sejam acusadas de assédio, pelos homens que por lá trabalham.

  2. Eu achava que já tinham passado quase 17 anos no século XXI…
    .
    Pelos vistos, anda aí muita bicharada difícil de identificar!

Responder a DM Cancelar resposta

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …

Daniel Alves: uma camisola origina duas controvérsias

Internacional brasileiro vai defrontar o River Plate e apareceu com uma camisola do Boca Juniors. Poderá ter quebrado as regras da Conmebol. River Plate e São Paulo vão entrar em campo na próxima madrugada, para um …